.
8.9

Análise do jogo "Grand Theft Auto: Liberty City Stories" para PS2 escrito por GameVicio

Escrito por GameVicio, nota 8.9 de 10, enviado por simiscuka,
Grand Theft Auto Liberty City Stories é uma reedição do GTA III, feita inicialmente para o PSP, mas foi adaptado para PS2. A cidade permaneceu-se basicamente a mesma, os gráficos e efeitos especiais estão baseados nos do GTA San Andreas, o mais recente trabalho da Rockstar Games até aquele momento. Além da nova roupagem, o game recebeu uma nova história. [t1]História[/t1] Grand Theft Auto Liberty City Stories conta um pouco do passado de Liberty City. O passado tumultuado, com guerra de gangs mafiosas italianas, e muita violência. Você perceberá isso ao controlar Toni Cipriani, que esta de volta a Liberty, após ter matado um criminoso importante na cidade. Toni esta pronto para o acerto de contas, e vai precisar do poder de Salvatore Leone para concluir seus objetivos. A cidade está diferente. Ao voltar, Toni vai estar em meio a policiais corruptos, e familias italianas mafiosas. Até mesmo sua mãe, que não se da bem com Tony por ele ter entrado no mundo escuro e sujo das gangs de Liberty City. Assim Tony vai enfrentar grandes obstáculos, mas não chineses ou colombianos dessa vez (cartéis que controlam a cidade), mas sim italianos e sua própria mãe, que vem joga-lo em armadilhas e perigos com objetivo de matar e se livrar do seu próprio filho. [t1]Gráficos[/t1] Em 2001 o game GTA III fez um grande sucesso e conquistou milhares de fãs, agora a Rockstar faz uma reedição deste jogo para PSP e PS2, vamos ver o que melhorou nos gráficos em relação ao antecessor. A Liberty City ficou basicamente a mesma, algumas edificações ainda estão em construção pois o game se passa antes de GTA III, algumas melhorias de sombras podem ser notados, e agora foi adaptado o mesmo sistema de velocidade de GTA SA. Os carros ganharam os mesmos brilhos dos carros do GTA SA, mas não são tão bons quanto. As as características físicas dos personagens são bem parecidas, mas ainda são desengonçados e sem muitos detalhes. A água permaneceu quase a mesma, ainda é escura gelatinosa como no GTA III. As armas são sem detalhes e são semelhantes ao do seu antecessor. Houve uma melhoria quanto a distancia em que os objetos de cenários são carregados, agora podendo ver de mais longe. Um novo modo de neblina foi colocado, bem mais realista dando ao ver apenas luzes ofuscadas de longe. [img]hide:aHR0cDovL2ltYWdlLmdhbWVzcG90Y2RuLm5ldC9nYW1lc3BvdC9pbWFnZXMvMjAwNi8xNTUvOTMxMjc1XzIwMDYwNjA1Xzc5MHNjcmVlbjAwMy5qcGc=[/img] [t1]Jogabilidade[/t1] A jogabilidade é basicamente é a mesma, as missões tanto da história quanto dos serviços para ganhar dinheiro, roubos de carros, barcos, aviões e helicópteros enfim tudo é muito parecido e pouco mudado. Embora tenha um novo enredo, ainda se prendem a jogabilidade, e do que foi feito antes tornado tudo aquilo passado, repetitivo e dando um sinal de que esse sistema que antes parecia tão inovador ficou desgastado neste titulo. Os comandos são uma simples cópia do que se foi visto antes, só foi um pouco aprimorado, mas nada que chame muito atenção. Agora em relação ao GTA III existem coisas que melhoraram, e inovaram a versão original, como a inclusão de um mapa como do GTA SA, e existem alguns novos carros e motos. [img]hide:aHR0cDovL2ltZzE2LmltYWdlc2hhY2sudXMvaW1nMTYvNTEzMC85MzEyNzUyMDA2MDYwNTc5MHNjcmVlbi5qcGc=[/img] [t1]Áudio[/t1] As radios fictícias ainda estão presentes, isso é algo que não se deve ser retirado. As melhores musicas de 1998 fazem presença, são musicas de rap, black, rock, eletrônica ou até mesmo uma rádio voltada para musicas italianas. Voltaram os sonzinhos analógicos de derraparem dos carros do original isso não é bom. [t1]Comparação em relação ao GTA III[/t1] Os gráficos melhoram, os carros não tem mais aquele brilho fosco de antes que é trocado com um efeito de reflexo semelhante ao do GTA SA. O asfalto foi refeito e parece mais brilhante, quando estiver chovendo vai ganhar um belo reflexo. O interno dos carros tem a mesma aparência dos do GTA III. Um novo personagem principal que usa terno em gravata. As missões são novas e em maior numero que no original, somavam pelo menos 50, e agora passam das 70 missões. A jogabilidade foi o que mais melhorou, ficou bem mais leve tendo influencias diretas do seu antecessor San Andreas. Os videos estão mais bem trabalhados e bem articulados, diferentemente dos diálogos contínuos do GTA III. [img]hide:aHR0cDovL2ltZzgyNC5pbWFnZXNoYWNrLnVzL2ltZzgyNC81MTMwLzkzMTI3NTIwMDYwNjA1Nzkwc2NyZWVuLmpwZw==[/img] [b]Prós:[/b] - Um novo enredo; - Carros inéditos; - Uma leve melhoria na jogabilidade; - Recicla o GTA III muito bem. [b]Contras:[/b] - Não inova em quase nada tecnicamente, esse é o maior problema com certeza.
Fonte: GameVicio
simiscuka
Enviado por simiscuka
Membro desde
23 anos, Osasco,SP
label