.
9.7

Análise do jogo "Outlast" para PC escrito por GamesBrasil

Escrito por GamesBrasil, nota 9.7 de 10, enviado por GameVicio,
[t2]Introdução[/t2] Terror, puro terror , essa seria a expressão perfeita para definir o surpreendente Outlast mas podemos ir MUITO além disso o game possui um nível de terror muito sofisticado por conta da imersão proporcionada, Nessa análise eu irei abordar tudo o que torna Outlast a experiência de Terror que você sempre esperou. Como fazer para se diferenciar dos games de Terror/ suspense atual ? Para começar você monta uma equipe de desenvolvimento composta de profissionais diferenciados e que já trabalharam em grandes estúdios e então você dá toda a liberdade para que possam criar/ desenvolver sem nenhuma pressão ou limitação, ou seja fora dos grandes estúdios e com foco no mercado indie, feito isso é só você lembrar quais são os alicerces básicos do terror/horror: Causar medo e ansiedade utilizando o ambiente, a iluminação, os efeitos sonoros e uma trilha trilha sonora aterrorizante, o personagem ou telespectador não pode ser + forte ou poderoso que o inimigo ele precisa somente ser capaz de evitar o confronto direto com os monstros ou o que quer que seja que o esteja atormentando, ou seja você não é um lutador ou nenhum super herói você precisa ser como quem está do outro lado da tela comum, normal para existir uma identificação. E você deve estar se perguntando se o game cumpre esses requisitos não é ? – E sim Outlast cumpre todos esses requisitos e com louvor . Agora vamos ao jogo em si, irei analisar cada aspecto do jogo separadamente por tópicos a seguir: Jogabilidade ( Nota : 10) : Muita gente compara o game com Amnesia e outros jogos de terror mas eu acho que ele está mais próximo de um fps sem o lado do shooter pois é tudo muito fluido e você consegue correr e desviar de objetos( ou pular obstáculos ) quando está correndo sem nenhuma dificuldade , mas por outro lado quando você precisa ter uma abordagem mais "stealth" no ambiente em que se encontra o jogo facilita muito por não ser tão travado como outros jogos do gênero, vale deixar frisado que em momento algum você combate os "inimigos" você deve sempre evitar que eles te vejam e te persigam e te espanquem até a morte ou pior, arranquem o seu torso enquanto seguram a sua cabeça e você assiste tudo sem poder fazer nada , para evitar tudo isso você deve saber usar com muita sabedoria a sua valiosa câmera / gravadora que possui uma visão noturna, a regra é a seguinte os ambientes na sua maioria são completamente escuros e para se movimentar você muitas vezes precisa estar com a sua câmera ligada, mas é o seguinte se você pode ver os "monstros" eles também podem te ver então é um risco e você deve usar o seu autocontrole para não fazer uso da câmera o tempo todo. Os controles são os clássicos wasd para movimentação e o mouse para câmera e todos controles podem ser remapeados pelo menu do jogo ( ponto positivo para a desenvolvedora ). [img]hide:aHR0cDovL2kwLndwLmNvbS93d3cuZ2FtZXNicmFzaWwuY29tLmJyL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDEzLzA5LzIwMTMtMDktMTdfMDAwNTQuanBn[/img] No curso do jogo você vai encontrar pilhas para a sua câmera e documentos que explicam um pouco mais da estória para você compreender em que tipo de inferno você se meteu ao entrar no Hospicio(manicômio ) Gráficos Nota 9,5: você não precisa de gráficos como o de Battlefield 3 ou até mesmo Far cry 3 para causar uma ótima impressão no gamer , principalmente quando falamos de um game de terror que se passa em um ambiente mais fechado( apesar de imenso ), na verdade você precisa é de uma arte gráfica bem feita, texturas convincentes, efeitos de luz muito bons e caprichar nos detalhes dos ambientes para tornar a ambientação quase perfeita, talvez o único ponto negativo seja o fato de que você vai passar um bom tempo utilizando a câmera com o modo noturno ativado e nesse modo as texturas ficam com um aspecto bem ruim, como na vida real mesmo é como se fosse um filtro que realça os tons mais claros então nesses momentos a parte grpáfica perde um pouco mas aí que está o segredo pois o jogo não é nenhum conto de fadas como Diablo 3 e todas as cores do arco íris, Outlast traz tudo aquilo que tem de + podre sujo e asquereso em nossa mente e isso não pode ser alcançado com gráficos coloridinhos… Tecnicamente o jogo suporta todas as resoluções mais usadas atualmente , possui controle da qualidade da textura , sombra efeitos, Vsync e pode ser jogado em modo janela também, abaixo segue um screenshot do menu de configuração gráfica dentro das opções: [img]hide:aHR0cDovL2kwLndwLmNvbS93d3cuZ2FtZXNicmFzaWwuY29tLmJyL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8yMDEzLzA5LzIwMTMtMDktMTdfMDAwNjUuanBn[/img] Multiplayer – Inexistente jogo focado somente no single player, sem nota. Sons ( nota 10 ): os efeitos sonoros são tão realistas que chegam a ser medonhos , quando o seu personagem está apavorado você ouve a respiração ofegante ( de medo ) e quando você corre alucinadamente de algum perigo a respiração ofegante de cansaço é diferente só para citar um exemplo do nível de detalhamento do jogo. Os sons do ambiente são assustadores você ouve correntes sendo arrastadas pelos "monstros " vidro quebrado sendo pisado , trovões , gritos , e a trilha sonora, o que dizer dela ? muito bem composta ela te envolve completamente e te deixa apavorado até mesmo depois que já sai do jogo, um show à parte. Estória ( nota 10 ): Nem a pau que vou soltar spoiler sobre a estória , o que você precisa saber é que vc é um mero jornalista(Miles Upshur) que está indo investigar um antigo manicômio abandonado a muito tempo . sem estragar nada a estória é uma perfeita mistura entre ciência e religião e cabe a você descobrir os segredos desse lugar. Informações da empresa que desenvolveu o game retiradas do site oficial do game : "Red Barrels is a video game studio focused on single player downloadable games. Our vision is to create interactive experiences in which the player goes on an emotional and unforgettable journey. Red Barrels is an independent company based in Montreal. The co-founders are: Philippe Morin: Game designer on Prince of Persia: Sands of Time, Assassin's Creed & Uncharted: Drake's Fortune David Chateauneuf: Lead level designer on Prince of Persia: Sands of Time, Assassin's Creed & Splinter Cell: Conviction Hugo Dallaire: Art Director on Splinter Cell & Army of Two" Requisitos mínimos: OS: Windows XP / Vista / 7 / 8 – 64 bits * Processor: 2.2 GHz Dual Core CPU Memory: 2 GB RAM Graphics: 512 MB NVIDIA GeForce 9800GTX / ATI Radeon HD 3xxx series DirectX: Version 9.0c Network: Broadband Internet connection Hard Drive: 5 GB available space Sound Card: DirectX Compatible Requisitos Recomendados: OS: Windows Vista / 7 / 8 – 64 bits Processor: 2.8 GHz Quad Core CPU Memory: 3 GB RAM Graphics: 1GB NVIDIA GTX 460 / ATI Radeon HD 6850 or better DirectX: Version 9.0c Network: Broadband Internet connection Hard Drive: 5 GB available space Sound Card: DirectX Compatible ConclusãoNota final ( 9,87) : Outlast se tornou um fenômeno entre os fãs do gênero desde que foi divulgado o 1º trailer em 2012, e não é a toa não pois o game prometia muito e cumpriu à risca, se tornando um dos + vendidos no Steam na semana do seu lançamento no dia 4 de setembro de 2013, Depois de muitos sustos e uma imersão como poucas vezes eu experimentei em um game Eu posso dizer com todas as Palavras que o game é digno da Master Race e que vai se tornar um marco para o gênero. Recomendo que se você não acredita na minha palavra experimente o game e dê o seu veredito nos comentários( isso se você sobreviver ao game é claro ) .
Fonte: GamesBrasil
GameVicio
Enviado por GameVicio
Membro desde
31 anos, Curitiba
label