.
9

Análise do jogo "Mario & Luigi: Bowser's Inside Story" para DS escrito por GameHall

Escrito por GameHall, nota 9 de 10, enviado por Giordano Trabach,
Se você possui um Nintendo DS aqui está um jogo recomendado por nós para você pedir para o bom velhinho neste Natal: Mario & Luigi: Bowser's Inside Story. Lançado em fevereiro no Japão, é o terceiro game da série, seguindo Mario & Luigi: Superstar Saga para o GBA e Mario & Luigi: Partners in Time do DS. Assim como New Super Mario Bros. Wii, Mario e Luigi 3 (ML3) é um jogo que apresenta todas as características que se espera de um jogo Mario, com gráficos incríveis, diálogos criativos, uma boa dose de humor, uma excelente fusão entre o estilo RPG com o estilo plataforma e claro, muita diversão garantida que fazem desse título uma opção respeitável para a plataforma. Como já era de se esperar, Bowser tem um plano para raptar a princesa Peach e conquistar o seu reino de cogumelos, certo? No, no, no, a história aqui é um pouco diferente (finalmente!). Uma misteriosa infecção chamada "The Blorbs" está se espalhando pelo Reino de Cogumelos. A infecção, de origem desconhecida, faz com que os Toads inflam como bexigas e rolem por aí como gigantescas bolas descontroladas. Um conselho é feito no castelo para discutir a doença, quando então Bowser aparece para raptar a princesa. Mario chuta Bowser pra fora do castelo. Desiludido com mais uma derrota, Bowser se encontra com Fawful (assistente do vilão de Superstar Saga) que lhe entrega um vacuum mushroom, que o transforma numa espécie de aspirador, sugando tudo que vê pela frente. Bowser volta ao castelo da Peach e suga todos que estavam lá, enquanto Fawful domina o Reino dos Cogumelos. E assim mais uma louca aventura começa, onde Mario e Luigi têm de sobreviver dentro de Bowser e trabalhar juntos para deter os planos de conquista de Fawful. ML3 pode não se destacar por um enredo inspirado ou complexo, mas os seus personagens coloridos e diálogos com muito bom humor, com referências a jogos clássicos da Nintendo, vão garantir várias horas de jogo. A principal novidade no game está na sua jogabilidade, agora muito mais imersiva, com um sistema de batalha que coloca Bowser contra vários inimigos diferentes na superfície, enquanto que ao mesmo tempo Mario e Luigi exploram o mundo visceral (eca) dentro de Bowser. Ou seja, você joga em dois "espaços", controlando Bowser na superficie e os irmãos italianos em seu interior. Esses dois mundos se afetam mutuamente, conforme as ações tomadas de ambos os lados. Se Bowser engolir água, por exemplo, Mario e Luigi terão que passar por uma fase aquática em seu interior, ou se você estimular os músculos de Bowser com Mario e Luigi, ele ficará mais forte para levantar obstáculos ou destruir paredes. Esse tipo de interação permite destrancar ou fechar novas áreas e derrotar inimigos, dependendo da situação, exigindo uma sincronia de ação dos três personagens. Enquanto na tela superior você tem o controle de Bowser, na tela inferior você comanda Mario e Luigi em missões obrigatórias e missões extras, batalhas no sistema clássico de turnos e resolvendo puzzles. Há várias opções de ataques, como o básico e clássico pular em cima dos inimigos e ataques especiais variados, algo que chama a atenção é que a interatividade nas batalhas com o jogador é requisitada a todo o momento. Há ainda batalhas em que você vai precisar girar o seu DS ou que assopre no microfone para fazer Bowser cuspir fogo. As personagens ganham níveis e assim podem evoluir seus atributos, como em qualquer RPG. Podem comprar novos equipamentos como luvas, calças e botas. Bowser também pode ser equipado com carapaças, aneis e pulseiras. Os gráficos são no estilo 2D e apesar de serem bem simples, tiveram uma atenção especial ao visual em geral, que está muito bem animado, detalhado e colorido, sempre com o universo de Mario como plano de fundo. Algumas batalhas são simplesmente fenomenais, especialmente quando Bowser cresce. As músicas e os sons de efeitos sonoros são bastante familiares ao universo de Mario, com alguns retoques ao estilo RPG. Há alguns remixes dos jogos anteriores e temas novos muito bem apropriados. Dependendo de quem você joga ??? Mario, Luigi ou Bowser ??? a trilha sonora muda de acordo. De maneira geral o jogo não é muito difícil, mas há uma grande variedade de inimigos e as batalhas exigem estratégias e respostas rápidas, até encontrar a forma mais eficiente de derrotá-los. A medida em que se avança, os inimigos e o jogo fica mais desafiador, com uma média de 30 horas de jogo. [t2]Conclusão:[/t2] Mario & Luigi: Bowser's Inside Story traz muitas inovações e surpresas que irão agradar aos fãs do bigodudo. Utiliza bem a tecnologia e os recursos do DS em uma produção de muito bom gosto que coloca em primeiro lugar a diversão do jogador. Um RPG inteligente, com elementos clássicos dos jogos de plataforma de Mario, diálogos criativos cheios de humor e momentos de interatividade incríveis. Você vai ver Bowser de uma maneira diferente, não apenas o seu interior, literalmente, mas vai conhecer aspectos da sua personalidade, como nunca mostrados antes em outro jogo. Certamente esse é um título que vai chamar a atenção dos fãs de RPG e dos fãs dos jogos Mario e que vai figurar entre os melhores jogos do Nintendo DS.
Fonte: GameHall
Giordano Trabach
Enviado por Giordano Trabach
Membro desde
23 anos, Espírito Santo
label