.
9

Análise do jogo "Counter-Strike: Global Offensive" para PC escrito por Eurogamer

Escrito por Eurogamer, nota 9 de 10, enviado por Anônimo,
[t1]Análise de CS: Gobal Offensive[/t1] [img]hide:aHR0cDovL3d3dy5leHBnYW1lcy5jb20uYnIvaW1hZ2Vucy9leHBnYW1lcy5jb20uYnIvcHJvZHV0b3MvQ291bnRlcl9TdHJpa2VfR2xvYmFsX09mZmVuc2l2ZS9DYXBhX2NvdW50ZXItc3RyaWtlLWdsb2JhbC1vZmZlbnNpdmUuanBn[/img] Eu sou oque vocês podem me chamar de um terrorista ''aposentado''. Há uma década atrás, você iria me encontrar andando por celas de vinho italianas com uma AK-47, ou me agachando atrás de reféns, numa sala de conferencia que era assistida pela SWAT. Eu não era exatamente um servidor brilhante para a causa - algumas de minha ''manhas'' fizeram com que o homem-bomba parecesse um profissional, como dar head-shots em um de meus colegas no time com uma granada enquanto ele checava uma escadaria - mas eu era dedicado. Não importa quantas vezes eu iria entrar em batalha, faca na mão para uma movimentação mais rápida, mas somente para ficar cego por causa de uma Flashbang e então morrer para um tiroteio, eu sempre estaria no próximo round, preparado para dedicar minha vida para a vitória. [img]hide:aHR0cDovL2NkbjIuY3NvZmZlbnNpdmUuY29tLy9wdWJsaWMvc3R5bGVfaW1hZ2VzL3dhcnJpb3IvX2Jncy9URVJST1JJU1QuanBn[/img] \\\\autor da review//// ( claro que joguei como um contra-terrorista, mas meu coração estava no lado dos terroristas). Eu não posso me lembrar porque parei de jogar Counter-Strike, mas eu estou imediatamente de volta para minha casa em Global Offensive, a mais nova versão de um jogo da Valve e Hidden Path, que originalmente foi uma modificação para o Half-Life feito por Jess Cliffe Minh Le's. O principal objetivo do game, que está presente no modo mais jogado, se baseia em terroristas tentando plantar uma bomba enquanto contra-terroristas tentam elimina-los ou desarmar a bomba, ou nos contra-terroristas de Counter-Strike tentando resgatar os reféns e ao mesmo tempo sendo atacados por homens-bomba. Dinheiro ganhado de Mortes feitas pelo jogador deixa com que ganhe novas armas antes de cada Round, e esses modos de jogo te levam até um dos melhores mapas para um FPS já feitos: Dust, Italy, Nuke, Train, Dust 2, Aztec, Office e Inferno. Você é recompensado com coisas superficiais e pontos MVP, mas fora isso não existe um nivel de escala e XP, classes ou montagens-customizadas, e uma vez morto, não tem como dar ''Respawn'' no mesmo Round, então a vida é um pouco mais valioso doque em outros Shooters. É um simples game baseado em habilidade, então, se você prosseguir para o modo núcleo de Counter-Strike vai saber que todos já estão bem habilidosos,. Até mesmo no modo Casual, em que não há fogo amigo e todos conseguem um pouco mais de proteção, o normal da jogatina ainda é muito alto - a referencia ao ''Casual'' tem mais haver com quão rápido o mapa repete. Eu provavelmente já joguei o game por centenas de horas no total, e esses não são mapas novos, então eu conheçe cada ponto estratégico, atalhos, físicas, truques e outros pontos de vantagem, mas eu ainda estava lutando para continuar vivo quando voltei a jogar. A pessoas que não percebem que é preciso agachar e atirar pausadamente vão serem regaçadas. Muito. Outro FPS onde novos jogadores tendem a ficar horas falhando até chegar em algum lugar, não? Bem, sim e não. Se você começar com os modos principais, tanto faz no modo Casual ou Competitivo, será morto diversas vezes até que conheça o doce ar de estar no topo da pontuação. Mas hoje em dia você poe pratica em um modo Off-line com Bots, que não vão abusar quando o jogador falhar, mas ainda irão lhe dar um belo desafio - Tanto, que o game os usa para encher partidas online com times totalmente desbalanceados, e ninguém liga. [img]hide:aHR0cDovLzEuYnAuYmxvZ3Nwb3QuY29tLy1raV9JMFQyZnYtUS9UcFVlUVVvUlZQSS9BQUFBQUFBQUJBQS9wLWJOb000cTdFZy9zMTYwMC9DUytHTytUZXJyb3Jpc3QrR0lHTi5qcGc=[/img] Tem mais, como novos modos. Arms Race e Demolição - que fazem como uma melhor introdução. Eles foram retirados do Gun Game, que talvez você se lembre da opções de partida de COD: Black Ops, mas que ganharam vida a partir de uma modificação de Counter-Strike, e tem a ideia básica de que toda vez que você mata um adversário, ganhará uma nova arma. Em Arms Race, é tecnicamente um Mata-Mata entre times, mas é na verdade um Vale-Tudo, onde metade dos caras no jogo estão atirando em você, e tem de abrir caminho com rifles, espingardas, pistolas e atirando em todo mundo com uma Sniper para chegar a uma faca dourada. O vencedor é o primeiro a registrar uma morte com tudo. Respawn é rápido e furioso e existem poucos, pequenos e rápidos mapas para esse modo que devem bastante aos Quake's e COD's do mundo, em becos e ruas que te deixam totalmente exposto. O outro modo, Demolição, é meu favorito. É uma mistura do objetivo de desarmar a bomba de CS com regras inspiradas em Gun-Game, em que o jogador irá receber uma arma nova em cada Round que você registrar uma morte( ao invés de cada vez que você derrubar alguém ), e as armas vão ficando progressivamente mais fracas, começando por exemplo com uma M4A1 e finalizando com uma pistola fraca e espingardas. Isso pode não ser tão bom se está jogando nos mapas clássicos e de grande escala, mas existem excelentes campos de batalhas em pequenos mapas de Demolição, onde uma bomba fica no centro. Cada time pode encarar o outro dentro de 5-10 segundos, e tem um baixo tempo limite nos rounds individuais, então até uma morte rápida pode te colocar no banco pode vários minutos no jogo. [img]hide:aHR0cDovL3d3dy5jYWRyZWQub3JnL0ltYWdlcy9BcnRpY2xlcy81YzI1ZWMzY2U3NDY0Y2Q1NDc3ZWJkM2I3MTIzYWZjZC5qcGc=[/img] Algumas outras adições pensadas nos Consoles e ajustes também deixam um pouco mais fácil para se acomodar ao game. Um novo menu para comprar armas entre cda round pode causar alguns resmungos dentre os jogadores de PC - é ótimo para analógicos mas não faz sentido se estiver usando teclas para certos comandos - mas você se acostuma com isso. A adição de um Sistema de balanceamento nas partidas e um sistema de Lobby é beneficiário para ambos sistemas, e jogadores no PC podem voltar ao velho sistema de Server Browser se quiser jogar em um server que não seja da Valve ou em mapas customizados. ( O Console não recebe está facilidade ). Dentre esses ajustes e a adição de Arms Race e Demolição, CS: Global Offensive deveria encurtar a distancia para gratificação de novos jogadores. Nos novos modos, revezamento rápido e a infusão mandatória de um sistema de armamento toda vez que você registra uma morte significa que irá ver muito mais ação e irá aprender sobre como o jogo funciona se é novo a série. Para o resto de nós, são fantásticas adições ao game, como novos mapas apertados. O outro ajuste na Interface fizeram o game mais simples em algum jeito ou provaram largamente benignos. As outras grandes mudanças vão mais profundas, mas já estão boas. Tem algumas mudanças de Layout em alguns mapas - mais notável é a adição de uma escada no sistema de túnel de Dust - e eu imagino que foram baseadas em anos de telemetria em que os desenvolvedores souberam que jogadores estavam evitando ou favorecendo certos locais por percebido desbalanceamento. Mudam a dinâmica dos mapas, mas somente muito tempo irá te dizer se isso afeta negativamente ou positivamente. Enquanto isso, é mais fácil fazer julgamento das novas granadas - o coquetel Molotov causa chamas em certos ugares, bom para bloquear o caminho de jogadores e uma nova granada boa para confundir o inimigo. [img]hide:aHR0cDovL21wMXN0LmNvbS93cC1jb250ZW50L3VwbG9hZHMvMjAxMi8wMy9DUy1Hby02MDB4MzY4LmpwZw==[/img] Esse é Counter-Strike para todo mundo então? Potencialmente. Julgando pelos murais de mensagens da Steam, onde jogadores dedicados estavam ajudando a testar o game desde o último ano, nem todo mundo está amando o tratamento da Valve e Hidden Path, como por exemplo certas reclamações, como as balas não estarem penetrando madeira tão facilmente como antigamente, ou pelo fato de muitos acharem o modelo da Desert Eagle simplesmente grande demais. Eu, pessoalmente, tenho algo a dizer: Sem mapas novos para o ''jogo-base''? Sério? Global Offensive está sendo lançado simultaneamente para MAC, PC, PS3 e X360. Mas é fácil dizer que ele existe porque a Valve quer que os atuais usuários de Console tenham acesso a ele, e não porque os jogadores de PC queriam. É uma preocupação em que é frustante de dizer, já que é exatamente oque eu disse sobre CS: Source em 2004. Esses Designs são clássicos por uma razão; cada ajuste e balanceamento para criar uma tremenda variedade situante e prevenir na dominação especialista. Você irá encontra ums mistura de corredores apertados, linha de visão longa e mercados, varandas e estações de trem perfeitas para o tiroteio de média distancia. Global Offensive e seu avanço gráfico modesto não poem em perigo aquele balanço e alguns ajustes só são uma reação por meio de estudo profundo de anos de jogatina. Talvez a a enfase de um design para jogadores de console , mas não é somente nostalgia que me dá o prazer em jogar; é o nível de design e sua magia. Shooters modernos se tornaram um cliché, cheio de ideias e mapas que iremos esquecer em menos que um ano, ou a frenesi em um mata-mata ao estilo arcade de COD ou a movimentação e correria em Battlefield. O núcleo de CS: GO é uma lembrança de qualidade que pode ser permanente, ao invés de passageira, e as novas adições nos dão novas razões para pegar interesse e esperançosamente outra abertura para aqueles que estão preparados para algo diferente. NOTA FINAL: 9/10 - BY [url=hide:aHR0cDovL3d3dy5ldXJvZ2FtZXIubmV0L2FydGljbGVzLzIwMTItMDgtMTctY291bnRlci1zdHJpa2UtZ2xvYmFsLW9mZmVuc2l2ZS1yZXZpZXc=]EUROGAMER[/url] [color=red]FEITO SEM GOOGLE TRANSLATOR, ERROS CORRIGIDOS E QUALQUER INCONSISTÊNCIA COM A ANÁLISE ORIGINAL É SÓ REPORTAR :)[/color] Att Dalenhill
Fonte: Eurogamer
label