.
8

Análise do jogo "ATV Offroad Fury" para PS2 escrito por Eurogamer

Escrito por Eurogamer, nota 8 de 10, enviado por ekans,
Cerca de um ano e alguns meses após o seu lançamento em território Americano, ATV Offroad Fury 4 chega finalmente ao velho continente, e ainda que despido de algumas opções este é sem dúvida alguma o jogo mais completo dentro do género. A primeira coisa que nos chamou a atenção ao iniciar o jogo foi a sua localização em Português, todos os menus e opções estão traduzidas na nossa língua bem como os diálogos dos intervenientes que contam com legendas localizadas para o território lusitano. ?? certo que o jogo tem um vasto leque de opções, podem contar com o modo carreira, com o modo clássico, corridas de objectivos, corridas para ganhar patrocínios ou até jogar entre amigos. No entanto uma das opções que mais poderia interessar foi retirada na versão Europeia, o modo online. Ainda assim todas as outras opções deverão manter qualquer um entretido durante largas horas. Podem contar com 4 tipos diferentes de veículos, os buggys, os ATV, as pick-ups e as motas. Cada um destes veículos tem os seus pontos fortes e fracos, mas para começar o melhor é dedicarem-se ao modo treino para conhecer algumas das manhas de cada veículo. O treino pode ser feito em diferentes classes, desde os veículos mais leves até aos mais pesados e para concluir o modo treino o jogador deverá cumprir algumas tarefas propostas. Uma das novidades de peso são as corridas P2P (Point to Point), nas quais começamos num ponto da pista e vamos acabar noutro ponto qualquer sem passar duas vezes pelo mesmo sítio. Pelo meio existem muitos atalhos, e mais do que opcionais, estes atalhos revelam-se obrigatórios. Nestas corridas existem corredores aos molhos (cerca de 50, por vezes), mas só serão apurados os que chegarem até determinada posição, o que Um dos pontos fortes do jogo é definitivamente o grafismo, algumas pistas são enormes e usam o detalhe como trunfo. Para além disso os efeitos de partículas e afins têm um aspecto fabuloso. Existem pormenores que tornam este grafismo brilhante e irão com certeza fazer com que os fãs da série fiquem entusiasmados com uma possível ingressão da série da PlayStation 3. Outra coisa que não podemos deixar de realçar é o som. Como já foi dito o Voice Acting das personagens é horrível, mas aparte disso tudo está impecável. A banda sonora é um mimo, podem contar com bandas como 30 Seconds to Mars, Audioslave ou até Rise Against. Não só temos quantidade como também qualidade, o que é essencial. Durante as corridas o som dos veículos é também ele notável pois permite que tenhamos a percepção daquilo que acontece enquanto corremos. Um abanão, uma curva apertada, a suspensão a ranger ou o aproximar do adversário são fenómenos completamente perceptíveis.
Fonte: Eurogamer
ekans
Enviado por ekans
Membro desde
label