.
70

Análise do jogo "Tekken 3D: Prime Edition" para 3DS escrito por E-Zine/MyGames

Escrito por E-Zine/MyGames, nota 70 de 100, enviado por Anônimo,
[img]hide:aHR0cDovL20ubXlnYW1lcy5wdC9NZWRpYUNlbnRlci9tZWRpYS9pbWFnZXMvZXppbmU0L3Rla2tlbi0zZC1tZy1hbmEtaW1nMS5qcGc=[/img] Entre todos os jogos de luta que existem no mercado, se há um que me dá mais gozo jogar e que até nem jogo nada mal, esse jogo é Tekken. A sua jogabilidade mais lenta e algo realista é para mim bem mais apelativo que um Street Fighter ou Marvel Vs Capcom, embora reconheça que esses e outros também consigam roubar a minha atenção. Por isso mesmo, e embora Tekken não seja uma novidade no que toca a consolas portáteis, foi com grande contentamento que recebi finalmente a versão Nintendo 3DS de Tekken 3D Prime Edition, uma espécie de compilação dos melhores lutadores e cenários da série, com jogabilidade ao estilo Tekken 6 que tem feito a delicia de muitos nos últimos anos e ainda a inclusão do filme Tekken Blood Vengeance totalmente em 3D. Será que Tekken 3D Prime Edition é um bom aperitivo enquanto aguardamos por Tekken Tag Tournament 2? Tekken 3D Prime Edition pode parecer à primeira vista um jogo com várias opções e muito conteúdo, tendo em conta que é vendido como um jogo e um filme tudo num só, mas tal como aconteceu com Tekken Hybrid, este é um pacote menos profundo e vasto do que parece. Começando pelo jogo, embora seja uma compilação de alguns dos melhores momentos e personagens da série, Tekken 3D Prime Edition não é nada mais do que um acumular de modos simples, fracos e com pouca variedade. Não existe um modo história ou um modo Arcade para seguir nem personagens para desbloquear ou finais especiais para ver para cada lutador. Tudo o que Tekken 3D Prime Edition oferece são três modos de combate, uma galeria de imagens e acesso às opções e perfil. Quando começam a jogar, são convidados a construir o vosso perfil de jogador, com acesso ao vosso nome, escolha de personagem favorita e às estatísticas de jogo, que revelam quantas Tekken Cards já acumularam, quantas partidas venceram, o ranking máximo, entre outros. O perfil é algo importante, pois quase todo o jogo vai girar em redor dele, e cada vez que lutam com uma personagem, as estatísticas ficam guardadas na mesma. Os modos de jogo são tão simples como o Special Survival, uma sequência de combates em que precisam de sobreviver com apenas uma barra de vida que regenera um pouco após cada combate, o Quick Battle, que coloca o jogador em combates sucessivos contra o computador, e o Practice mode, que não é mais que isso, um teste totalmente livre e sem ajudas para as personagens. A ideia de Tekken 3D Prime Edition passa por manter o jogador agarrado a estes modos de forma a subir o ranking de cada personagem através de escalões que vão do Kyu ao Dan, algo que pode demorar horas, mas que perde todo o valor não havendo nada para desbloquear pelo caminho além de cartas com ilustrações. Não existe uma loja onde podem comprar nem roupas, nem acessórios como nas consolas e o que podem mudar na aparência das personagens não vai além das cores. Felizmente, Tekken 3D Prime Edition não falha no que é mais importante, ou seja, a jogabilidade em combate. A versão 3DS de Tekken funciona tal e qual como nas consolas, conferindo cada um dos 4 botões principais aos pés e às mãos, porém, cada uma das personagens tem direito a atalhos no ecrã inferior que podem usar para determinados combos ou ataques. Jogar com o D-Pad ou com o analógico é um direito à escolha que vai agradar a gregos e troianos, e embora não seja tão preciso como o comando da PS3 ou um Arcade Stick, acaba por servir bastante bem. Cliquem aqui para ver mais imagens de Tekken 3D Prime Edition Praticamente todas as personagens que surgiram em Tekken 6 estão presentes nesta versão e nenhuma viu os seus ataques reduzidos ou alterados em Tekken 3D Prime Edition, o que o torna imediatamente reconhecível para os veteranos. Por isso mesmo, Tekken 3D Prime Edition funciona melhor quando estão a lutar com amigos através do modo versus que funciona tal e qual como seria de esperar. Resumindo, não é um sistema de combate que seja recomendado para entrar num torneio, mas no que respeita a recriar a jogabilidade de Tekken em numa portátil, está muito bem conseguido. Para manchar isto há o modo online, que podia ser o grande salvador de Tekken 3D Prime Edition, mas acaba por ser mais um modo pouco convincente devido a todo o lag que afecta as partidas, parecendo que estão a lutar em câmara lenta. É vos dada a hipótese de jogar partidas amigáveis ou para Ranking, mas nada que tenha a organização e funcionamento de um Mario Kart 7, o que é uma pena. Além do problema do lag, o online está extremamente vazio e mesmo com a definição ligada para todo o mundo, a procura por um lutador pode demorar vários minutos, e salas para entrar criadas por outros jogadores são uma raridade. Um autêntico tiro ao lado. Para uma consola portátil como a Nintendo 3DS, recriar gráficos de nova geração é algo difícil de atingir, mas Tekken 3D Prime Edition não se mostra envergonhado. É verdade que as texturas e o trabalho feito nas personagens estão claramente inferiores aos das consolas HD, mas mesmo assim, consegue ser um joga bastante impressionante na Nintendo 3DS. Os cenários por seu lado levaram o rombo típico deste estilo de jogos, perdendo as animações de fundo, por isso, nada de ovelhas a pastar em vosso redor ou porcos a "voar" no cenário da Asia. O 3D acaba por não fazer muito para ajudar e a sua utilização é limitada devido ao movimento da consola cada vez que estão em combate por isso, enquanto em jogo, recomendo jogar com o 3D desligado. O som está de acordo com os padrões de qualidade da série, e a decisão de importar tanto as músicas como sons de Tekken 6 foi uma forma de jogar pelo seguro, mas da mesma forma, garantir que este ponto não iria sofrer algum percalço pelo caminho. Ou seja, tanto as vozes, como as músicas dos cenários são as mesmas que conhecem, salvo algumas arenas inéditas. Quanto ao filme, podem sempre colocar ou desligar as legendas, mas as vozes estão exclusivamente em inglês. Falando no filme, Tekken Bloodline Rebellion, acaba por ser um bom atractivo para quem nunca o viu, mas caso já o tenham visto antes ou venham a ver na Nintendo 3DS, não vão sentir uma grande vontade de visualizar novamente, a não ser para mostrar os efeitos 3D aos amigos ou família. De qualquer forma, ver o filme em Blu-Ray e ver na Nintendo 3DS é algo diferente pois a versão 3DS sofre de alguns desfoques, algo que acontece até nas cinemáticas de outros jogos. Nada que seja incomodativo, mas é notório. Tekken 3D Prime Edition é bem menos do que todos estavam à espera, falhando em vários pontos que acabam por prejudicar o que está bem feito. É verdade que o combate está quase idêntico às consolas e funciona muito bem após algum tempo de habituação, mas com modos de jogo fracos e pouco profundos, ausência de grandes extras, elementos de personalização realmente interessantes e um modo online que não funciona bem, é impossível recomendar este Tekken mesmo aos fãs da série. Se procuram um bom jogo de luta para a Nintendo 3DS decidam entre Dead or Alive Dimensions ou Street Fighter IV 3D Edition que são opções bem melhores.
Fonte: E-Zine/MyGames
label