.
85

Análise do jogo "Ikaruga" para GC escrito por E-Zine/MyGames

Escrito por E-Zine/MyGames, nota 85 de 100, enviado por Anônimo,
Primeiro que tudo, este jogo não é para quem quer: é para quem pode. Se querem dar uns tiritos e recordar os velhos tempos dos good old shoot'em'ups da década de 80/90, então esqueçam! Claro que o podem fazer, mas Ikaruga é um shoot'em'up tão bom por um lado, e tão difícil por outro, que os fãs hardcore de shoot'em'up vão adorá-lo, enquanto que os outros vão detestá-lo. Por isso mesmo, este jogo é só para quem pode, pois a sua dificuldade e complexidade não torna Ikaruga um jogo ao alcance de todos. Não é um daqueles "mainstream games" que todo o público domina ao fim de 15/30 minutos. Não. Longe disso. Ao fim de 15/30 minutos ainda estamos nós a aprender a verdadeira essência do jogo, e passado algumas horas à frente do jogo, ainda estamos nós a morrer... a morrer... a morrer... [img]hide:aHR0cDovL20ubXlnYW1lcy5wdC9nNC9pbWFnZXMvcmV2aWV3cy9zaG90XzNfMTU1LmpwZw==[/img] Depois desta breve apresentação sobre Ikaruga, vamos lá falar o que é, e no que consiste exactamente Ikaruga. Ikaruga é um jogo que foi inicialmente criado para a Dreamcast pela Treasure, o qual teve um enorme sucesso nesta, assim como foi um dos últimos grandes jogos da consola da Sega. Muitas pessoas não se recordarão deste título na Dreamcast, mas a verdade é que muitos se recordarão de Ikaruga na Gamecube. Talvez devido à Dreamcast ter tido uma "morte anunciada" enquanto que a Gamecube está muito longe disso. Aliás este jogo está ainda melhor que o da versão Dreamcast, fazendo desta versão de Ikaruga, o melhor shoot'em'up dos últimos tempos em qualquer consola. Ikaruga, não é definitivamente um título para as "massas" (mainstream), mas sim um título para os grandes viciados de shoot'em'ups que na década de 80 passavam horas nas Arcades de modo a conseguir incluir o seu score em 1º lugar na lista de High Scores. Foi neles que a Treasure pensou quando criou Ikaruga. Mas chega de apresentações ao jogo. Falemos da mecânica de Ikaruga. Definitivamente, é aqui que Ikaruga marca pontos, e é aqui que aumenta a dificuldade e complexidade do jogo. Para começar, Ikaruga é o nome da nossa nave, que resumidamente não tem muita história... Aliás é a típica história de "somos a última esperança da humanidade". [img]hide:aHR0cDovL20ubXlnYW1lcy5wdC9nNC9pbWFnZXMvcmV2aWV3cy9zaG90XzlfMTU1LmpwZw==[/img] Em Ikaruga, ao contrário da grande maioria dos shoot'em'ups, não existem power-ups para serem apanhados ao longo do jogo, levando a que nós utilizaremos a mesma arma através dos 5 capítulos do jogo. Mas se pensam que isto assim já é difícil estão muito enganados. É que Ikaruga baseia-se em polaridades, que bem podem ser branca ou preta. A nossa nave pode mudar a cor de branco para preto (e vice-versa) e isso afecta todo o jogo, pois também existem dois tipos de inimigos: os de polaridade branca e os de polaridade preta. Assim, se infligimos dano com a nossa nave na polaridade branca numa nave de cor branca, o dano é normal, e se destruirmos essa nave, esta deixa para trás tiros de cor branca que com a nossa nave na polaridade branca não nos afecta: aliás aumenta a nossa barra de energia para ataques especiais. Mas se pelo contrário a nossa nave estiver na polaridade preta a infligir dano em naves de cor branca, o resultado é completamente diferente. Para além de infligimos o dobro do dano na nave inimiga, esta não deixa para trás tiros aquando da sua destruição, o que por um lado é bom porque não nos atinge (pois a nave só absorve energia/tiros da mesma polaridade, exemplo: nave em polaridade branca absorve tiros de cor branca, mas se um tiro de cor preta a atingir esta explode), mas por outro lado é mau porque não enche a nossa barra de ataques especiais, impedindo assim que o utilizemos. Mas se calhar o melhor é utilizar polaridade branca contra branca, e polaridade preta contra preta, pois aquando da sua destruição se tivermos na polaridade oposta, lá vai "vida"! E só temos no máximo 5 por cada continue! Existem fases em que temos de estar constantemente a trocar de polaridade de 0,5 em 0,5 segundos, o que nos faz perder a cabeça tamanha é a dificuldade... Mas como vos disse, na introdução a esta crítica: este jogo não é para quem quer, é para quem pode. Por falar em ataques especiais ou combos, estes até são fáceis de fazer, visto que "só" é preciso encher a barra de energia da nossa nave. Quando utilizados, estes ataques atingem todos os inimigos no ecrã (consoante o nível da barra de energia) causando sérios danos ou mesmo destruindo. Claro que isto dá-nos mais pontos, e é essa a essência de qualquer shoot'em'up: maior score possível! Por isso, se quiserem chegar ao topo dos tops, vão ter de suar muito... Por falar nisso, o top também funciona na Internet contra outros adversários. É que no modo Challenge, ao completarmos certas etapas dos 5 capítulos teremos oportunidade de receber um código e inserimo-lo no site do jogo de modo a mostrar a todo o mundo que somos uns verdadeiros ases do pad! Ou talvez não... [img]hide:aHR0cDovL20ubXlnYW1lcy5wdC9nNC9pbWFnZXMvcmV2aWV3cy9zaG90XzJfMTU1LmpwZw==[/img] Falando agora mais tecnicamente, Ikaruga é um shoot'em'up de scroll vertical com gráficos inteiramente em 3D bastantes bons, que sofrem uns pequenos slowdowns quando existe uma grande explosão dum boss ou algo semelhante. Nada de muito preocupante é verdade, mas também não é aqui que este tipo de jogos marca pontos... Em relação à sua jogabilidade, acho que foi tudo dito: a sua mecânica é simplesmente divinal como também é muito, mas mesmo muito difícil! E foi por isso que o adorei! No que toca à sonoridade, esta não irrita mas também não é das melhores. Aliás, que é que isso interessa neste tipo de jogos? Claro que não é nada do tipo "beep-beep", mas as suas músicas não fazem mal a ninguém! Acompanham bem o jogo, ponto final. Finalmente em relação aos extras, isso depende de cada um. Se quisermos acabar somente o jogo nos diferentes capítulos vai demorar algum tempo... Mas se quisermos acabar o jogo, fazer os melhores scores possíveis, enviar os scores para o site oficial do jogo de modo a ser dos melhores jogadores do mundo... Ora isso vai dar água pela barba, fazendo de Ikaruga um jogo que não largue a nossa Gamecube durante muito, muito tempo. Resumidamente, adorei Ikaruga e aconselho-o a todos os fãs de shoot'em'ups que gostam de jogos difíceis e desafios bem puxados. Essencial! Sem dúvida alguma. Os outros não deverão gostar assim tanto... De qualquer forma, experimentem e partilhem connosco a vossa opinião. [b]Pontos Positivos[/b] [list] O melhor shoot'em'up dos últimos anos Dificuldade e complexidade [i]"Only for true hardcore gamers"[/i] [/list] [b]Pontos Negativos[/b] [list] Para os casuals gamers: muito difícil [/list]
Fonte: E-Zine/MyGames
label