.
93

Análise do jogo "Final Fantasy X" para PS2 escrito por E-Zine/MyGames

Escrito por E-Zine/MyGames, nota 93 de 100, enviado por Anônimo,
Quando um videojogo consegue lançar dez versões repletas de magia, é porque os seus criadores sentem o poder dos seus trabalhos, principalmente o efeito que eles oferecem, a milhares e milhares de jogadores, à volta do mundo. A série Final Fantasy, é uma das séries de videojogos mais mágicas, que podemos encontrar na indústria dos jogos, e hoje, passado mais de dois anos do seu lançamento, resolvemos oferecer-lhes uma pequena análise do seu décimo jogo. Em Final Fantasy X, os jogadores vão descobrir um mundo novo, controlado por Sin, uma força quase indestrutível que aterroriza o mundo de Tidus e Yuna. Seguindo uma estrutura que pouco difere de todos os outros videojogos, os jogadores têm de lutar com inteligência, manipulando os diversos poderes que os nossos amigos possuem. A história de Final Fantasy X inicia-se logo após a destruição da terra de Tidus, quando este se encontrava a jogar o seu desporto favorito, o blitzball. A nossa personagem é na verdade, uma autêntica estrela, e montes de fãs perseguem-no, na esperança que ele lhes dê um autógrafo. De repente, uma onda gigante provocada por Sin, destrói tudo à sua volta, e Tidus vê-se envolvido numa estranha situação, onde tem de salvar a sua pele, acompanhando Auron, um lendário guardião que dez anos antes, conseguiu derrotar Sin numa feroz batalha.
Fonte: E-Zine/MyGames
label