.
8

Análise do jogo "X-Men Origins: Wolverine" para PS3 escrito por Tecmundo Games

Escrito por Tecmundo Games, nota 8 de 100, enviado por Giordano Trabach,
Um jogo animal, assim como seu protagonista. Ninguém pode negar que Wolverine é o mais interessante dos X-Men. Tanto é que após a trilogia inicial da franquia, o primeiro filme a surgir foi do mutante de garras afiadas. E se nos cinemas já se esperava uma super-produção, nos video games a expectativa era de mais um daqueles famosos jogos que acompanham filmes mas não chegam nem perto de seu sucesso. Mas não desta vez. A equipe da Raven conseguiu desenvolver um game que, embora não seja perfeito, traz a sensação de realmente ser um produto que retrata o herói ??? ou anti-herói, como preferirem ??? de forma brutal. A experiência toda consiste de combates e exageros épicos bem ao estilo do protagonista. Antes de passarmos à análise propriamente dita, devemos ressaltar que a versão que testamos foi a chamada ???Uncaged???, que possui algumas modificações em relação à tradicional. [t1]Fiel ao filme, mas nem tanto[/t1] O jogo tira sua inspiração, obviamente, do filme que representa. Isto se reflete nos modelos de personagem, nos cenários, nos inimigos e nos nomes dos envolvidos. No entanto, a história e os poderes de grande parte dos que aparecem através do game são consideravelmente diferentes do que se vê nas telonas. [t1]Hugh Jackman fez Wolverine crescer um pouco[/t1] Normal, poderíamos dizer casualmente. Afinal de contas, estamos acostumados a uma montanha de títulos adaptados de filmes que são uma verdadeira... porcaria. O que geralmente se deve a mudanças muito drásticas na história ou no estilo dos personagens. Mas não há com o que se preocupar aqui. Tais mudanças são aceitáveis ao considerarmos o jogo como um todo, que é bastante sólido. [t1]Brutalidade do início ao fim[/t1] Se descontarmos alguns pequenos momentos de quebra-cabeças ??? que existem e até que são bem-feitos para um game de ação ??? a pancadaria rola solta vinte e quatro horas por dia. Já ao iniciar sua partida, você irá se deparar com um acidente de helicóptero envolvendo o protagonista e alguns de seus companheiros em uma selva na África. Mas espere! Você não irá se segurar como puder até o veículo atingir o chão: afinal de contas, você é Wolverine! Com o helicóptero caindo, você pula e pode controlar a queda de um lado para o outro até atingir o chão. Eu disse chão? Perdão, até atingir um pobre coitado que está tentando atirar em você e que acaba levando seis garras no peito e sendo afundado um metro para baixo do solo. A sequência inicial já dá o tom da trama, e a partir daí as coisas não param. As cenas vistas no trailer acima, embora em alguns momentos sejam controladas automaticamente pelo game, geralmente são realizadas por você ??? incluindo a que você pula em um helicóptero, soca através do vidro, agarra o piloto e o decapita na hélice, antes de dispensar seu corpo inerte. Uma das primeiras coisas que se percebe, devido à ação constante, é que você deixa marcas nos corpos dos oponentes, antes mesmo de matá-los. O sangue não é lá essas coisas, possuindo partículas que parecem plástico, mas ao eliminar um inimigo... as possibilidades são inúmeras. Logan, vulgo Queijo Suíço Embora se tenha pouco controle de como será seu ???fatality???, algumas combinações de golpes causam certos resultados com mais frequência. ?? possível decapitar, arrancar braços e pernas, dividir os coitados ao meio ou até mesmo furá-los até que pareçam um queijo suíço. Tudo muito pouco sutil, bem ao estilo Wolverine. Falando em machucados, também se nota rapidamente que o próprio Logan exibe as feridas que recebe em decorrência dos diversos tipos de ataques absorvidos. Se levar tiros, existirão buracos em seu corpo; se levar facadas, cortes; se explodir um barril muito próximo a si, grandes buracos aparecerão e suas costelas ficarão à mostra. Com o tempo estes ???arranhões??? ??? para o padrão dele, pelo menos ??? irão se curar, graças a seu fator regenerativo. Isto proporciona um nível bastante grande de imersão, pois se tem a sensação de realmente estar jogando com um personagem que pode aguentar qualquer coisa, contanto que possa parar para respirar por alguns minutos e deixar as feridas fecharem. Mesmo com todos os fatores acima, a melhor parte ainda está por vir. As habilidades especiais do personagem - que podem geralmente ser combinadas com os botões de agarrar, ataque rápido e ataque pesado ??? dão um sabor muito melhor a toda a experiência de jogo. Elas são várias, mas as básicas são: Lunge, um pulo com as garras em riste direto para cima do inimigo; Berserk, um poder que aumenta a potência de seus ataques; Claw Spin, um golpe em que Wolverine gira com as garras esticadas retalhando todos em seu caminho; e outros dois poderes que podem ser desbloqueados mais para o fim do game, que não tivemos a oportunidade de testar. [t1]Bloqueia essa então, rapá![/t1] No início, os golpes são fracos e leva-se um tempo razoável para limpar as áreas de oponentes. Porém, o jogo possui um sistema de níveis ??? como se fosse um mini-sistema RPG ??? que permite ao jogador comprar novas habilidades e melhorar as já existentes, assim como aumentar sua vida e fúria. Isto realmente começa a transformar toda a experiência, principalmente a partir dos níveis oito em diante. Os golpes realmente começam a doer, e você dizima os safados como se estivesse cortando uma folha de papel. Mas isto não quer dizer que o jogo é inteiramente monótono e fácil. Existem em inúmeros pontos do jogo inimigos mais fortes que necessitam de táticas específicas para serem derrotados. Algumas simples, como esperar que ele ataque e abaixe a guarda para pular em sua cabeça e enfiar suas garras nela; ou então pular por cima de sua cabeça e aplicar um golpe em suas costelas para em seguida arremessá-lo; e outras mais complexas, como apertar o botão de bloqueio logo antes de um míssil acertá-lo de forma a refleti-lo de volta ao remetente. O único problema são os chefes de cenário, que são todos EXATAMENTE iguais, o que os torna completamente chatos e dispensáveis. Pular na cabeça, enfiar a garra, pular para longe para evitar ser atingido. Repetir ???ad nauseam??? e voilà. Nada que um macaco treinado não possa fazer de forma igualmente eficiente. Mesmo assim, eles não são suficientemente incômodos para tirar a diversão toda de furar, cortar e retalhar soldadinhos aos pedaços das mais variadas formas possíveis. A coisa toda lembra de forma vaga um tipo de Diablo 3D, em que você olha para tela com uma cara de maníaco enquanto ri de forma sádica ao ver os corpos no chão. Não que nossa equipe seja assim... Ah, antes que esqueçamos. Suas garras não são a única forma de derrotar os oponentes. Existem diversos objetos espalhados pelos cenários que também podem ser usados para empalá-los, o que irá, na imensa maioria dos casos, matá-los instantaneamente. O que faz com que os inimigos tenham ainda mais opções na hora de morrer! Em suma, o ponto forte do game é a variedade de golpes e finalizações, que tornam combates que geralmente seriam bastante monótonos e repetitivos consideravelmente interessantes. Isto, juntamente com o carisma e a excelente sensação de controlar Wolverine, salva o jogo que possui gráficos inconsistentes e sons que muitas vezes nos fazem duvidar se realmente são os atores que estão provendo as vozes. Se você é um fã de James ??? você deve imaginar quem é esse ??? com certeza irá apreciar este game ao estilo God of War. E se está apenas indo na onda do filme, também poderá achar divertimento se fizer algumas concessões no quesito repetitividade. De qualquer maneira, o jogo é sólido e merece uma conferida. [t2]Prós:[/t2] Jogabilidade simples e com grande variedade de golpes e finalizações, o que permite ao jogador escolher a forma como irá dizimar seus oponentes. Além disso, Wolverine pode levar inúmeros tiros e continuar avançando, realmente dando a impressão de que não pode ser contido. Os ferimentos, tanto de Logan como de seus inimigos, são aparentes e totalmente brutais. A pancadaria do jogo também é freada em alguns momentos por quebra-cabeças que dão uma variada na jogabilidade. [t2]Contras:[/t2] O jogo pode ser repetitivo às vezes, principalmente para os que não estão familiarizados com o personagem. A história é fraca e confusa e pode fazer você se perder em vários momentos. Os gráficos alternam entre bons e ruins indiscriminadamente, com alguns elementos sendo muito bem-feitos enquanto outros são claramente ruins.
Fonte: Tecmundo Games
Giordano Trabach
Enviado por Giordano Trabach
Membro desde
23 anos, Espírito Santo
label