GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

AMD anuncia FX-9590 o primeiro processador com 5 GHz de fábrica

por mckagan, fonte Tecnoblog/Net, data  




A AMD aproveitou a feira de games E3 para anunciar dois novos processadores da família FX, com microarquitetura Piledriver. Entre eles está o FX-9590, chip de oito núcleos que a fabricante apresenta como sendo o primeiro processador de 5 GHz disponível comercialmente. De acordo com a AMD, o FX-9590 é voltado para pessoas que exigem bom desempenho em games e multimídia.


É claro que diversos entusiastas conseguem ultrapassar facilmente a barreira dos 5 GHz com outros processadores aplicando overclock, mas a AMD realmente é a primeira empresa que conseguiu colocar o número impressionante nas especificações de fábrica.

Entretanto, vale lembrar que 5 GHz é o clock máximo, quando o modo turbo entra em ação. Quando um aplicativo demanda processamento intenso e não está otimizado para múltiplos núcleos, o processador automaticamente eleva o clock de um deles para melhorar o desempenho. Quando os oito núcleos estão ativos, o FX-9590 opera com frequência padrão de 4,7 GHz, o que ainda é bem alto.


Além do FX-9590, a AMD anunciou um modelo mais barato. O FX-9370 também possui oito núcleos Piledriver, mas eles possuem clock de 4,4 GHz e chegam a 4,7 GHz no modo turbo. A AMD lembra que os dois chips são desbloqueados para overclock, então você poderá aumentar ainda mais a frequência, caso tenha coragem suficiente. O FX-8350, por exemplo, tem oito núcleos de 4 GHz, mas alcançou 8,67 GHz em competições de overclock.

FX-9590 e FX-9370 estarão disponíveis inicialmente para fabricantes de PCs entre junho e setembro, em todo o mundo. A AMD ainda não divulgou o preço sugerido dos chips, nem quando eles serão vendidos nas lojas de hardware e nem quanto essas belezinhas consomem de energia.

Como clock alto não significa desempenho alto, temos que esperar o FX-9590 ser lançado oficialmente para tirarmos conclusões. O FX-8350, antigo topo de linha da AMD, não impressionou tanto: nos benchmarks, ele ficava entre o Core i5-3570K e o Core i7-3770K, que possuem a metade dos núcleos e clock inferior. Pelo menos a AMD cobrou o preço certo.

É estranho como a AMD mudou nos últimos anos. Na década passada, a Intel sofria para acompanhar o Athlon 64 e aumentava exageradamente o clock do Pentium 4, que dissipava muito calor, consumia bastante energia e não possuía desempenho por clock tão atraente. Agora, enquanto a Intel está tranquila com os novos Core de quarta geração e sem concorrência no mercado topo de linha, a AMD é quem está apelando para a guerra dos GHz.

por mckagan, fonte: Tecnoblog/Net
||
Ver mais comentários
Ajuda | Sobre nós | Feeds | Termos de uso | DMCA | Anuncie conosco | Fale conosco

©2014 GameVicio