GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Gears of War 3 para X360 de GameTV

por Anônimo, fonte GameTV, data  editar remover




Já se passaram quase cinco anos desde que vimos os Locusts emergirem no E-Day em Gears of War. Na época os jogadores foram surpreendidos com gráficos belíssimos e uma jogabilidade de correr-se-proteger-atirar. Gears of War 2 trouxe um pouco mais de conteúdo e profundidade para a história, mas sem tirar o foco da sede dos fãs por sangue Locust. Gears of War 3 é o desfecho da trilogia, e, por incrível que pareça, conseguiu superar os outros dois jogos de todas as maneiras possíveis.


Marcus Fenix está andando pela Raven’s Nest, uma embarcação na qual os sobreviventes de Jacinto adotaram como casa depois que quase tudo foi destruído pela inundação e pelos ataques com o Hammer of Dawn. Já se passaram 18 meses desde o episódio de Jacinto e agora todos estão tentando seguir a diante com as suas vidas.

Marcus entra em um dos quartos da Raven’s Nest e encontra o seu amigo de infância, e leal companheiro de batalha, Dominic Santiago. Ele está cultivando uma horta improvisada e podemos observar que ele não é mais o mesmo. Ostentando uma barba cheia, cabelos mais compridos e uma atitude mais introspectiva, fica visível que o personagem ainda está se recuperando dos acontecimentos de Gears of War 2.

Logo em seguida a ação começa e não para mais até o final do jogo. Marcus descobre que o seu pai ainda está vivo e possui uma solução para o problema com os Lambets, uma nova raça de inimigos que são diferentes tipos de Locusts infectados por Imulsão. O protagonista parte em busca dele e a história toma diferentes rumos durante as suas 10 horas de jogo.

Apesar de oferecer diferentes modos multiplayers, o grande foco de Gears of War 3 está mesmo na campanha principal. Se no passado a série foi criticada por não dar muita ênfase à história, ou, quando dava, exagerava demais na dramaticidade, aqui o jogo acerta em cheio.


Repleto de momentos que emocionam, o jogo intercala cenas memoráveis com ação frenética o tempo todo, de modo que o jogador não consegue desviar a atenção em momento algum. O ritmo nunca cai, nenhuma sequência é chata ou repetitiva, e a todo momento são apresentados inimigos novos e cada vez mais bizarros.

Também vimos diferentes cenários que trazem mais cores ao universo tão cinza de Gears of War. Não cabe aqui dizer especificamente os lugares que você vai explorar com o esquadrão Delta para não estragar a surpresa, mas você ficará muito satisfeito em ver os novos locais retratados na Unreal Engine.

Os Lambets também trazem um brilho especial ao jogo, já que toda vez que você trucida um monstro ele explode em uma gosma brilhante. O jogador também é incentivado a usar todas as diferentes armas. Cada uma possui uma finalização diferente; Basta chegar perto do seu inimigo caído no chão e apertar um botão do controle para ver cenas violentas de execução.



Uma das grandes novidades de Gears of War 3 é o sistema de “nível” que deixa registrado absolutamente tudo que você faz durante o jogo. Quais armas já foram usadas, quantas mortes foram executadas com cada arma, quais finalizações você fez, quantos inimigos você matou, quais inimigos, quantos de cada raça, enfim, absolutamente tudo.

Sem dúvidas esse é um grande incentivo para os jogadores explorarem todo o conteúdo ao invés de se prenderem apenas a determinadas armas ou simplesmente matar os inimigos de longe ao invés de os executarem. É um jogo que tem altas chances de ser explorado mais de uma vez devido ao altíssimo fator replay.

A inteligência artificial do Esquadrão Delta também foi melhorada significativamente. Agora quando você cai durante uma batalha, sempre há alguém prontamente ao seu lado para te reanimar. Caso não haja ninguém por perto, você tem alguns segundos para rastejar até o seu colega mais próximo para pedir ajuda.

Já os seus inimigos parecem ter perdido um pouco da inteligência. As vezes você ficará ao lado deles e eles vão continuar aturando contra os outros membros do Esquadrão Delta ao invés de lidar com você. Algumas vezes é possível perder um tempo recarregando a arma bem ao lado deles porque eles simplesmente não vão fazer nada contra você pois estão muito ocupados com os seus companheiros.

Algumas vezes também é possível atravessar o cenário correndo e serrar os seus inimigos ao meio, já que eles continuam escondidos sob a cobertura de suas proteções vendo você chegar. Mas a ação vem de todos os lados, não são poucos os inimigos que você tem que lidar e isso não tira o brilho da experiência.

Ao apertar o botão “LB” do controle, o jogador pode ver qual é o seu objetivo atual, onde estão os seus colegas de equipe e para onde deve ir. São detalhes simples mas que fazem toda a diferença e incentivam principiantes a querer jogar.

Os jogadores brasileiros também possuem a opção de jogar com legendas em português brasileiro. Todo o conteúdo foi traduzido e o serviço foi muito bem feito. O linguajar meio agressivo dos marmanjos (inclusive das mulheres) não sofreu edição e todos os palavrões e frases grosseiras foram traduzidos. Os diálogos foram traduzidos com fidelidade e a adaptação ficou muito boa.

Batalha de Lancers

Gears of War também é conhecida por ser um jogo extremamente divertido no modo cooperativo, e em Gears of War 3 é possível jogar co-op local com outro jogador em tela dividida ou em até 4 pessoas no modo online.

Caso você não tenha experiência com a série, é possível jogar no modo Casual, mas do contrário o modo Normal está bem acessível e, apesar de prover um pouco mais de desafio, não chega nem perto de ser impossível. O modo Difícil foi feito justamente para os fãs que gostam de desafios mais pesados. Quando o jogador termina o modo Difícil pode destravar o Insane, e aí sim vai vir uma chuva de balas, inimigos, roncos de serra elétrica e o escambau pra cima de você sem dó nem piedade.

No modo Horda 2.0 você e o seu time enfrentam ondas de inimigos que vão ficando cada vez mais fortes, e a cada três ondas o grupo enfrenta um chefão. A grande novidade é que agora os jogadores podem acumular dinheiro como recompensa e comprar equipamentos para auxiliar na batalha.


A Epic notou que em Gears of War 2 os jogadores roubavam Boom Shields dos Boomers, quando estes eram abatidos, para tornar algumas áreas do mapa mais seguras. Por conta disso agora os jogadores podem bolar a sua própria estratégia e investir em cercas farpadas, morteiros, armadilhas e outras traquitanas para equipar o seu campo de batalha.

No Horde 2.0 todas as estatísticas dos jogadores são registradas, de modo que mesmo estando no mesmo time, você vai querer competir com os seus companheiros para ver quem se sujou mais de sangue inimigo.

Outra novidade é o modo Besta, no qual você joga na pele dos inimigos. Este modo é extremamente divertido. Você pode escolher lutar como um pequeno e irritante Ticker ou como o grandalhão Boomer. Cada personagem possui um ponto forte, por exemplo, os Tickers passam despercebidos pelo cenário e conseguem chegar mais perto dos seus rivais justamente por não chamar atenção, mas morrem assim que tomam algum dano.

Já os Boomers possuem grande resistência e poder de fogo, mas são extremamente lentos e demoram muito para se locomover. São detalhes que farão os jogadores terem curiosidade para experimentar todas as classes até escolher a sua preferida.

Além destes modos também há o Capture the Leader, no qual um jogador é escolhido como líder para ser caçado pelos outros participantes, Execution, no qual os jogadores precisam se eliminar somente através de execuções brutais, King of the Hill, onde os times que competem um contra o outro precisam dominar diferentes pontos do cenário, Wingman, onde até quatro times com duas pessoas cada precisam se eliminar, Team Deathmatch, que é um mata-mata entre equipes e Warzone, um Team Deathmatch mais frenético e sem respawn, ou seja, se o jogador foi morto, não tem mais nenhuma chance.

Os modos multiplayer estão muito mais práticos, de forma que os novatos que quiserem experimentar já vão saber logo de cara qual é o objetivo, o que é necessário fazer, comprar e como lutar.

Irmãos até o fim

Gears of War 3 é um dos grandes títulos do ano. A história conta o desfecho da trilogia e responde questões que foram deixadas em aberto, além de prover momentos memoráveis e muito emocionantes. O ritmo do jogo não cai em momento algum. Toda hora você é surpreendido com novos inimigos, novas armas, novos cenários e novas reviravoltas.

O modo multiplayer provém muitas horas adicionais de diversão e está muito bem estruturado. Qualquer jogador pode pegar o controle e se divertir. O modo co-op também traz uma perspectiva diferente ao jogo, já que você está o tempo todo de olho nos seus colegas e ao mesmo tempo correndo para realizar mais mortes do que eles.

Um jogo memorável, cheio de momentos fantásticos e ação frenética, Gears of War 3 não irá decepcionar os fãs da franquia e com certeza vai conquistar os novatos que ainda não experimentaram o gosto de sangue Locust.


7 comentários

||
GameTV
10/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Anônimo

Reviews da crítica

9 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio