GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Metroid: Other M para Wii de Portal dos Games

por Anônimo, fonte Portal dos Games, data  editar remover


Metroid: Other M toma uma direção diferente ao que estamos acostumados a ver em outros jogos da série. E esta nova abordagem voltada à ação remove muitos elementos que são fundamentais para a série, mas a falta desses elementos foi preenchida com uma mecânica de batalha que torna cada luta uma emoção diferente.

O jogo também tem um sistema de combate que força o jogador a obter movimentos precisos para se manter vivo e os chefes de fase são gigantescos, onde tudo funciona em um ritmo frenético e apesar de pequenos defeitos gráficos, o jogo se mantém no controle para trazer mais uma vez uma aventura que vai agradar tanto aos fãs da série como também os recém chegados.

Confira os fatos!

Em mais uma viagem pela galáxia em seu foguete, Samus recebe um sinal de socorro vindo das proximidades. Todo o enredo começa a ser contado a partir desse ponto em uma introdução com mais de cinco minutos que não pode ser interrompida. Mas apesar de longo é bem interessante e temos a oportunidade de rever o final do jogo anterior todo em três dimensões.

No entanto, tudo começa a melhorar quando a ação começa e dessa forma, assumimos o controle de Samus em terceira pessoa com controles nada tradicionais. Você move Samus com o Remote na horizontal sem nenhum tipo de controle básico ou algum tipo de apoio ao nunchuk, porém como alguns ambientes são em 3D o direcional ajuda sua locomoção.

Mas o aspecto mais interessante deste esquema de controle é a implementação de uma perspectiva em primeira pessoa. Quando você aponta o controle na tela, sua perspectiva muda de modo que você olha através do visor de Samus. Isto permite olhar livremente em torno do ambiente ou até disparar mísseis, embora o único problema seja que você não pode se mover ao redor do cenário.

A aventura se passa dentro de um navio abandonado, onde tudo é bem medonho e também bem trabalhado. Durante sua exploração não se surpreenda se der de cara com um inimigo e ele lhe atacar primeiro. Agora Samus tem um novo movimento que permite se esquivar para os lados e se livrar dos ataques. Se você estiver segurando o botão de tiro no momento da esquiva, sua arma recebe uma carga completa, o que lhe permite enviar um contra-ataque.

Alguns inimigos exigem que você salte sobre sua cabeça para matá-los, o que é difícil devido ao sistema de controle, mas também é bem divertido.

Fora isso, suas ações são incrivelmente suaves e ao contrário dos outros jogos da série, os inimigos não deixam cair power-ups quando morrem. Sendo assim, você pode recuperar um pouco de energia, concentrando por alguns segundos quando estiver em um estado crítico, mas para encher toda a barra você deve utilizar sua salvaguarda.

Outro destaque no jogo é em relação aos chefes de fase, que são gigantes e que povoam este abandonado navio espacial. Há uma abundância de encontros intensos espalhados por toda a aventura, e eles exigem que você use todos os truques que aprendeu ao longo do caminho para serem derrotados.

Após uma batalha contra um chefe, seu próximo destino é sempre demonstrado no mapa e é muito fácil descobrir para onde você deve ir em seguida. Esta progressão linear funciona muito bem e não tira a sensação de estar perdido num mundo completamente estranho. Isso porque também é bem divertido perder um tempo no jogo para explorarmos vários locais deste navio.

Metroid: Other M também oferece alguns quebra-cabeças bem inteligentes, que vão forçá-lo a pensar um pouco para conseguir progredir, por isso, mesmo que você saiba o local que você deve ir, nem sempre é óbvio o caminho de como chegar lá. Além disso, ainda há muitos itens espalhados que vão desde mísseis, tanques de energia, e também aceleradores de carga, e isso pode facilmente desviar seu caminho por horas enquanto você procura por todos os objetos perdidos.

Apesar de concordar que a melhor parte do jogo é explorar o navio, iremos encontrar cenários fantásticos e infelizmente alguns nada atraentes, com poucos detalhes e texturas mal acabadas. A trilha sonora também é bem similar aos jogos anteriores e todas sofreram um retoque mais atual para dar clima durante a ação. A única ausência que notamos é o famoso jingle que toca quando coletamos um item, que praticamente é marca registrada em todos os jogos da série. Apesar de ser um jingle estranho, é mais estranho coletar itens e não ouvi-lo.

Podemos concluir que Metroid: Other M é um jogo muito interessante que vai tomar cerca de 12 horas de seu tempo para sua conclusão, isso se você não estiver disposto a explorar detalhadamente os ambientes existentes no jogo. ?? um grande jogo da série que chega ao Wii e sua nova abordagem mostra que a franquia ainda tem muito a ser explorado.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Portal dos Games
8.5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Anônimo

Reviews da crítica

8 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio