GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de The Witcher 2: Assassins of Kings para PC de E-Zine/MyGames

por deadyou, data  editar remover


Apesar de ter sido um grande esforço por parte da CD Projekt, o primeiro The Witcher, não passou de um bom jogo, dedicado aos fãs de RPG mais hardcore ou de nicho. Mas tal não impediu que os esforços da companhia polaca fossem canalizados para um novo jogo, um sucessor que fosse capaz de chamar a atenção de todos, sendo ainda maior e melhor e não há sombra para dúvidas, que The Witcher 2 Assassin???s of Kings é esse jogo.

Em The Witcher 2 Assassin???s of Kings, vocês voltam a tomar controlo do Witcher com o nome Geralt, outrora campeão do rei, este começa prisioneiro numa masmorra, na qual vão poder reviver alguns dos acontecimentos que levaram à história do segundo jogo. Ao fim de alguns flashbacks que servem como tutorial, rapidamente vão conseguir ir além dos calabouços, para visitar todo um mundo, carregado de criaturas fantásticas e personagens extravagantes.

Qualquer semelhança que possam encontrar entre The Witcher 2 Assassin???s of Kings e outros jogos do mesmo estilo, como Dragon Age e Dungeon Siege é meramente visual, ou no caso de Dragon Age, sexual, pois além de partilharem batalhas altamente sangrentas e uma jogabilidade assente no combate Hack and Slash em tempo real, The Witcher 2 Assassin???s of Kings também está carregado de cenas de cariz sexual,
e do mais explícito que vi nesta indústria em jogos vendidos em loja.

A história de The Witcher 2 Assassin???s of Kings está cheia de intriga e traição, mas também de personagens cómicas e levianas que oferecem sempre linhas de diálogo divertidas/ridículas, e situações no mínimo curiosas.
Ao bom estilo dos RPG ocidentais actuais, vão escolher entre várias respostas ou abordagens, que influenciam a reacção das pessoas com as quais falam.
A verdade é que isto altera de forma bastante forte e evidente algumas das reacções e eventos que sucedem mais tarde,
ao ponto de mudar de forma evidente as missões seguintes, algo que nem sempre se sente nos jogos deste género, com tanta força.

O mundo de The Witcher 2 Assassin???s of Kings é baseado no mundo de fantasia criado pelo autor polaco Andrzej Sapkowski, e isso é notório à medida que avançam na história. Mesmo que tenham jogado o primeiro jogo, sentem sempre que fazem parte de um universo maior e a informação chega ao nível de enxurrada, com elementos que vão certamente agradar aos conhecedores deste universo, mas vai deixar outros tantos algo confusos com a velocidade a que a informação é descarregada.
Cliquem aqui para ver mais imagens de The Witcher 2 Assassin's of Kings
Percorrer o mundo de Temeria é bastante simples, sendo fácil dar com os caminhos correctos, mesmo assim, a exploração é amplamente recompensada, havendo zonas adicionais para explorar e items especiais para recolher, além de mais monstros para matar, ou NPC para conhecer.
Existem várias missões para fazer, mas é aconselhável que experimentem fazer as missões secundárias que valem bastante a pena, e oferecem mais detalhes sobre o mundo de The Witcher 2 Assassin???s of Kings.

No que toca à acção no terreno, The Witcher 2 Assassin???s of Kings funciona como um RPG de acção e combate na terceira pessoa, mas não esperem que seja um desafio fácil, a jogabilidade foi claramente inspirada na dificuldade oferecida no castigador Demon's Souls, por isso, preparem-se para morrer algumas vezes ainda antes de perceberem quais as melhores formas de preparar as vossas personagens, e de evoluir as suas habilidades para combate.

Geralt pode evoluir de várias formas e existe toda uma árvore de talentos para dissecar.
A evolução pela mesma permite que sejam melhores em combates directos com espada, troquem as armas pela magia, façam armadilhas engenhosas que dão uma grande vantagem, ou criem poções que melhoram as vossas habilidades.
A evolução na árvore de talentos é essencial se querem ???sobreviver??? a The Witcher 2 Assassin???s of Kings, e à medida que desbloqueiam novas habilidades, vão notar que tudo começa a parecer bem mais acessível.

Além das situações normais de acção e combate, The Witcher 2 Assassin???s of Kings tenta oferecer alguma variedade de forma ocasional, e uma dessas formas são as situações de acção furtiva. Isto não faz com que Geralt se transforme num Solid Snake ou Sam Fisher, mas oferece alguns bons momentos adicionais de tensão.

Visualmente, este é daqueles jogos que puxam, e bem, pelas capacidades do vosso computador, com paisagens incrivelmente detalhadas, personagens e roupas cheias de pormenor e efeitos visuais de encher o olho.
?? verdade que algumas personagens parecem mais estranhas que outras a nível gráfico, e até fazem alguns movimentos, no mínimo, bizarros, mas o pior de tudo, são os movimentos dos globos oculares que parecem pouco reais, levando a crer que as personagens estão a olhar mais vezes para o vazio do que umas para as outras.
Mas estes pormenores não impedem que a apresentação visual seja visualmente de arromba e ideal para explorar as capacidades do vosso PC.
Cliquem aqui para ver os vídeos de The Witcher 2 Assassin's of Kings
A música de The Witcher 2 Assassin???s of Kings também está a um nível de qualidade bastante elevada, com as melodias típicas, mas bem construídas deste género. As vozes são outro ponto digno de louvor, especialmente para um projecto saído de uma equipa com tão pouca experiência e orçamento como a CD Projekt.
?? mais que notório que o esforço empregue aqui, e está ao nível dos grandes blockbusters triple A das outras grandes companhias.

The Witcher 2 Assassin???s of Kings é também um jogo bastante longo, especialmente tendo em conta que o destino da história pode ser alterado por diversas vezes, levando a vários desfechos da trama. Apesar de longo e divertido, não deixa de ser notório que o jogo começa a arrastar-se um pouco pelo meio, antes de começar a ganhar velocidade perto do último quarto de jogo.
A jogabilidade também sofre de alguns problemas, especialmente a nível de movimentação da personagem, pois em alturas de maior aperto, a mistura entre o rebolar/defender,
o rato e o teclado não funcionam da melhor forma, exigindo alguma habituação para algo que podia ser bem mais simples.
Por fim, tanto os menus, como a evolução da personagem podiam ter sido mais afinados, sendo moroso percorrer os menus para realizar escolhas básicas.
Quanto à evolução de Geralt, é fácil ficar demasiado poderoso rapidamente, apenas ao investir na mesma árvore de talento, o que retira algum do desafio a médio prazo.

Mesmo com alguns problemas e algumas falhas de equilíbrio, esta é a altura em que os jogadores de PC podem vangloriar-se novamente, pois além de terem a melhor plataforma para correr FPS e RTS, tem agora The Witcher 2 Assassin???s of Kings, que é apenas o melhor RPG's deste ano, e por agora, um exclusivo de PC.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
E-Zine/MyGames
92/ 100
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de deadyou

Reviews da crítica

9 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio