GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Dead Space Extraction para Wii de GameTV

por Anônimo, fonte GameTV, data  editar remover




Terror em primeira pessoa

Bonito, assustador, intrigante, surpreendente e às vezes um tanto quanto nojento. Dead Space foi tudo isso quando chegou às lojas em 2008 e deu uma moral renovada à Electronic Arts, presa no bom e velho ciclo de FIFAs, Needs e Sims. Mas quando Extraction, a versão do Wii, foi revelada, a pergunta que ficou foi: será possível transportar tudo isso de uma forma decente para um game de tiro sobre trilhos? Justo um game de tiro sobre trilhos?

Mas depois de passar algum tempo desvendando os mistérios e sobrevivendo ao terror da estação Ishimura e sua equipe de escavação, dá para dizer que sim ??? como um bebê zumbi voador que te agarra pelas costas sem você perceber, a Visceral Games surpreendeu com um game que não perde (quase) nada para a aventura de Isaac Clarke.

O Dead Space de Wii se passa antes da história original, quando o pesadelo dos Necromorphs ainda está só começando. Mas é interessante notar que a palavra ???começo??? aqui é usada no sentido mais literal possível: você está lá presente, testemunhando o exato momento em que tudo começa ir para o espaço em um prólogo que cumpre perfeitamente o papel de deixar o jogador de olhos arregalados, respiração ofegante e segurando o controle remoto do Wii com toda a força. Desde o primeiro momento você sabe que não vai conseguir levantar do sofá tão cedo.

Sobreviver ao terror aqui é quase como combater terroristas, zumbis ou seres mutantes num Time Crisis ou House of the Dead: a câmera anda e você aponta o controle para a tela, atirando em qualquer coisa que pensar em se mexer. Mas se a base é a mesma, a aplicação é totalmente diferente.

Em comparação ao Dead Space original, a única coisa que você não faz em Extraction é andar. Atirar, interagir com painéis, resolver quebra cabeças, abrir portas, escolher caminhos ??? todo o resto fica na mão do jogador. E mesmo sendo um grau de liberdade limitado, as opções são tantas que até dá para esquecer que você não está controlando de verdade os movimentos do personagem. Os movimentos da câmera ainda passam realmente a sensação que você está dentro da cabeça de alguém, vendo o que ela vê e esperando que ela fuja rápido o suficiente daquele corredor escuro.


Nova experiência

A interação com o mundo se dá principalmente pelo poder de telecinese dos protagonistas ??? algo que Isaac já possuía no game anterior. Não é possível puxar virtualmente tudo para perto como o bravo engenheiro fazia antes, mas munição, diários de áudio e outros objetos estão entre os possíveis alvos. Caixas de itens podem até ser arremessadas como projéteis. O único problema é que às vezes tudo acontece tão rápido (e os movimentos tão bruscos) que fica fácil perder alguns segredos escondidos nos cantos escuros do espaço. ?? fácil simplesmente não perceber ou perceber tarde demais, e aí já não dá mais tempo de mirar e puxar.

Além dessa habilidade sobrenatural, as armas e habilidades do primeiro Dead Space também estão presentes aqui ??? com munição própria, upgrades (que surgem como itens escondidos em cada capítulo) e todos os efeitos exatamente como os das versões originais. Para o modo de fogo alternativo, basta girar o controle remoto do Wii de lado ??? e aí você tem lâminas laser horizontais, granadas e outros métodos para tirar os mutantes espaciais do seu caminho. Há, inclusive, alguns armamentos inéditos como a rebitadeira laser (!) e uma pistola, dentre outros. O raio de êxtase, bem útil para imobilizar inimigos mais apressados, também está de volta mas dessa vez com uma recarga lenta e automática. Também no combate a experiência aqui é completa.

Talvez o único ponto contra do jogo seja, justamente, a falta total de liberdade. Todas as mecânicas estão lá, a narrativa está lá, a história está lá e até os gráficos ??? uma pedra no sapado da maioria dos games de Wii ??? estão quase lá, e por isso fato da aventura ir se guiando por si só nem incomoda tanto. Mas ainda assim não é o mesmo de ter os herois totalmente nas suas mãos.

Então, se você sentir que está na hora de levar uns sustos no pequeno e simpático console da Nintendo, Dead Space: Extraction é uma excelente pedida ??? que merece, com louvor, todos os adjetivos do seu antecessor.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GameTV
8.5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Anônimo

Reviews da crítica

9 / 10
Finalboss
4.5 / 5
Uol Jogos
©2016 GameVicio