GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de F1 2010 para PC de GameTV

por Raziel619, fonte GameTV, data  editar remover



O logotipo da Codemasters que aparece quando o game é iniciado não deixa dúvidas: estamos diante de um verdadeiro simulador de corrida, uma experiência para poucos e bons jogadores. F1 2010 marca a estreia do estúdio britânico na maior categoria do automobilismo mundial - o game do ano passado foi produzido pela Sumo Digital - e faz isso com uma riqueza de detalhes impressionante.

Mas, mais do que um simulador de corrida, F1 2010 propõe-se a ser um simulador da carreira de piloto. Você começa escolhendo uma equipe de menor expressão, como a Force India ou a Toro Rosso, e tem objetivos condizentes com sua condição de novato, como terminar a qualificatória em décimo-quinta lugar.

Escolhido o nome e apelido do seu piloto virtual (não, você não joga com os famosos da vida real, apesar de todos eles serem seus adversários), é hora de partir para o primeiro fim de semana como profissional da Fórmula 1, com direito a treino livre e classificatório.

O game permite que o jogador mexa em todas as variáveis possíveis para melhorar o desempenho do seu monoposto: altura e rigidez da suspensão, angulação do aerofólio (para permitir mais ou menos "downforce"), cambagem e alinhamento das rodas, relação de marchas e tudo mais. Para os não iniciados em engenharia mecânica, o jogo oferece sete modelos pré-definidos, com acertos para carros mais rápidos, só que menos estáveis (para pista seca) e até uma opção mais "no chão", para não perder o controle tão facilmente, mas com menor velocidade final (para pista molhada).

Quando chega a hora de pilotar, o game mostra seu lado amigável e oferece todas as assistências possíveis, que podem ser desligadas a critério do jogador: freios antiblocantes, controle de tração (evita que as rodas girem em falso e façam seu carro derrapar), sugestão de traçado (incluindo a faixa vermelha que indica o momento certo de frear) e câmbio automático. Assim, fica difícil não se divertir, e um dos desafios é justamente se acostumar a jogar sem tantos auxílios assim.

A física também não dá trégua, e é tão realista que o motor e os pneus só chegam ao seu estado ótimo de desempenho após algumas voltas, quando já estão quentes. Isso tudo já foi visto em outros games de corrida (a série Forza Motorsport, por exemplo), mas nunca em todo um contexto de realismo total como o de F1 2010. Até as punições estão lá: cause um acidente e você terá dez segundos descontados após o final da prova, ande fora do traçado e perca seu tempo na volta qualificatória. Se começar a chover, algumas áreas ficam molhadas mais rapidamente que outras e, consequentemente, a aderência nesses trechos será menor.

Tudo isso cria um clima muito legal - na primeira hora de jogo dá para perceber que é o game de F1 mais completo já produzido -, mas, às vezes, isso pesa negativamente. Por exemplo: é obrigatório o uso de dois jogos de pneu em cada prova, como rege a FIA, organização máxima do esporte. O jogador comum, que preferirá disputar corridas com duração reduzida (entre 20 e 50% da duração real, o que dá umas 10 a 30 voltas por pista) simplesmente não terá como recuperar posições após fazer um pit-stop. Para a experiência ficar completa, é necessário jogar as corridas com duração total. Um erro ou batida e sua colocação poderá estar arruinada - pelo menos existe o recurso do "flashback", para voltar a determinado ponto recente da corrida, escolhido na tela de replay instantâneo (mas são no máximo cinco por prova). ?? como na vida real, e mostra como é dura a carreira de piloto.

Terminada a corrida, é hora de enfrentar os repórteres. Aí, você terá que responder três ou quatro perguntas sobre seu desempenho - é só selecionar entre os três tipos de resposta e mandar bala. De volta ao menu, dá para conferir o que a chefia da equipe achou dos seus comentários. Se não agradar, e seu desempenho for ruim, espere ser demitido até o fim da temporada. Se os resultados forem legais e o ego não aflorar demais, prepare-se para receber o convite para trocar de time. E nisso aí, lá se vão quatro, cinco, seis temporadas de muito treino e erros e acertos na pistas.

Mas é por tudo isso que F1 2010 agrada. ?? um jogo de nicho, sim, feito para agradar quem aprecia não só a velocidade, mas a técnica refinada e os bastidores das corridas de Fórmula 1. E é o mais completo game da categoria já produzido, que não deve agradar a quem gosta de dar apenas algumas voltas. Acredite, saber como atuam as quatro forças da aerodinâmica realmente vai ate ajudar a conquistar um lugar melhor no pódio. Cada corrida é uma briga com os adversários, com o acerto do seu carro, com as condições adversas da pista. A dificuldade é elevada, mas como o objetivo era esse mesmo, o resultado não poderia ter saído melhor.


Nenhum comentário

||
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Raziel619

Reviews da crítica

8 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio