GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Transformers: War for Cybertron para PC de Eurogamer

por Giordano Trabach, fonte Eurogamer, data  editar remover


Quem é que nunca sonhou em ter um jogo que fizesse justiça aos seus desenhos animados favoritos? Tenho a certeza que muitos de vós já sonharam ou pensaram uns segundos sobre isto. Nos dias que correm são muitos os desenhos animados (e anime também) que têm direito a uma adaptação jogável, no entanto, contam-se pelos dedos aquelas que se podem considerar como sendo um bom jogo.

Quando Transformers: War For Cybertron foi anunciado, captou a atenção de muitos fãs, um jogo independente de qualquer obra cinemática que prometia satisfazer os desejos de quem sempre teve interesse nestes robôs gigantes. Para apimentar as coisas, o jogo passa-se nos últimos dias de Cybertron, um momento de grande importância nas história dos Transformers.

A pergunta que vocês têm em mente é ???Mas afinal o jogo vale alguma coisa????. Vale. War For Cybertron rema contra a maré das tendências actuais e consegue ser mais que um simples jogo com as personagens da série. Os High Moon Studios fizeram os seus trabalhos de casa antes de se aventurar neste projecto, isso é notável em todos os elementos.

O maior feito e o maior trunfo é a captação da essência de Transformers, existe mais do que suficiente para agradar os fãs, mas o mais interessante é que quem não sabe muito acerca deste universo, como é o meu caso, que apenas vi os filmes e poucos episódios da série animada, pode ainda gostar do jogo e sentir-se envolvido pela sua atmosfera.

A história está muito bem contada e é combustível que nos faz jogar até ao final. Isto deve-se ao interesse que existe em nós de querer saber como o planeta Cybertron foi destruído, o prato principal. Como começou a guerra entre os Autobots e Decepticons é outro tema abordado no enredo, mas não é tudo, é revelado como Optimus Prime se tornou líder dos Autobots, são apresentadas novas personagens e são respondidas algumas perguntas que até agora estavam sem resposta.

Os eventos do enredo que levam à destruição de Cybertron estão divididos por capítulos. Como é sabido, existem os Autobots e os Decepticons. Para chegarmos ao final vamos controlar ambos os lados. Nos primeiros cinco capítulos assumimos o papel dos Decepticons, e nos restantes cinco, controlamos os Autobots. Todos os capítulos são muito bons e contribuem sempre com algo importante para o desenrolar da história.Em nenhum deles senti que estava a fazer algo repetitivo ou que desse menos vontade de jogar. A duração individual de cada um deve rondar uma hora de jogo, em alguns até deve ser mais.
??-nos permitido escolher uma de três personagens antes de iniciarmos um capítulo. Funções diferentes estão atribuídas às personagens. Por exemplo, Optimus Prime e Megatron desempenham a função de líder. As outras funções são a de ???Scout???, ???Soldier??? e ???Scientist???, a este último cabe-lhe a tarefa de curar as personagens e e de fornecer informações. Se jogarem em single-player talvez isto não tenha grande importância, agora em modo cooperativo podem tirar partido das diferentes habilidades de cada Transformer para progredir mais facilmente, principalmente nas zonas de mais acção.

A qualquer momento é possível fazer uma transformação para um veículo, que pode ser terreno ou aéreo. Há secções dos níveis em que é suposto usarmos esta habilidade e nas batalhas contra os bosses é obrigatória para conseguir escapar a alguns ataques mortíferos. As transformações são fluídas, rápidas e bem implementadas. Tanto estamos numa área atrás de um objecto para cobertura como passado uns segundos estamos na outra ponta a atacar por trás os nossos oponentes.

A arma base é diferente para cada Transformer. No total conseguimos carregar três armas, duas para a nossa aparência normal e uma para a transformação em veículo. Fiquei agradado com o leque variado de armas bem como com os diferentes tipos de granadas. Um ataque melee é executado ao pressionar no analógico direito, é bem forte e derrota os inimigos mais fracos com um só golpe.

Os níveis estão bem construídos e equilibrados, com os checkpoints a aparecerem nos momentos ideais. A acção frenética é uma constante e requer uma habituação da nossa parte. ?? comum sermos atacados por grupos de vários tipos de inimigos, temos que agir rápido, com cuidado e de forma eficaz.

Os oponentes têm um aspecto bastante genério, os Autobots assumem o vermelho como cor e os Decepticons o roxo. Seria de valor observar algo a nível visual que desse uma maior distinção aos diferentes tipos de inimigos. Contudo, as personagens jogáveis e mais famosas como Optimus Prime, Bumblebee, Iron Hide, Starscream e Megatron tem um aspecto bem distinguível.

Devido ao facto de ser um planeta constituído por metal, existe alguma confusão visual sempre presente, e a escuridão em demasia em certas partes também não ajuda muito. O jogo surpreende nas lutas com os bosses, que contam com muitos efeitos visuais e elementos do cenário a destruírem-se. No geral, pode-se dizer que Cybertron foi bem recriado, mas fiquei com o sentimento de que podia estar melhor.

As vozes das personagens são as mesmas usadas nos filmes dos Transformers. Mas não é apenas isso que torna a componente sonora de War For Cybertron um espectáculo, são aqueles sons mecânicos, o disparar das armas, o barulho das transformações, as explosões, o caminhar das personagens, tudo aquilo que são pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

O online é um componente importante em War For Cybertron. Temos os modos habituais como o ???Deathmatch??? e ???Team Deathmatch???. Para além destes, existem outros como o ???Countdown To Extinction??? em que temos de plantar uma bomba três vezes na base adversária para ganhar. Separado disto está o ???Escalation???, um modo semelhante ao ???Horde??? de Gears of War em que vamos enfrentando vagas de inimigos.

Com a experiência que ganharem no online podem personalizar e subir os níveis das classes dos Transformers. A vossa personagem podem aplicar até três ???Upgrades??? para lhe darem vantagens em relação às personagens de outros jogadores.

Felizmente, esta não é daquelas adaptações falhadas e os fãs têm muito para aproveitar. Transformers: War For Cybertron não é apenas algo com o nome ???Transformers??? na capa para enganar os consumidores mais ingénuos, este é verdadeiramente um jogo digno do nome que carrega e para além disso tem qualidade.


Nenhum comentário

||
Eurogamer
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach
©2016 GameVicio