GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de UFC Undisputed 2010 para PS3 de GameTV

por Raziel619, fonte GameTV, data  editar remover


Antes de mais nada, é necessário ressaltar que UFC 2010 é um jogo infinitamente superior à sua versão do ano anterior. No entanto, ainda peca em aspectos fundamentais dos jogos de luta, mesmo se colocado numa categora de simulação, distanciando-se de um Super Street Fighter da vida, por exemplo.

Acontece que, assim como em todos os jogos de luta mais simulativos, a movimentação é engessada, os golpes são imprecisos, não transmitem sua real potência e você fica sem indicação do que está acontecendo a maior parte do tempo. Uma barra de energia/stamina que vai diminuindo à medida que a luta se desenrola é seu único instrumento de aferição na hora do combate. Só Deus sabe se você vai bater três vezes no tatame depois de uma chave de braço ou não. Por hora, deixemos de lado os problemas e vamos às suas qualidades.

Muita coisa para se fazer

UFC Undisputed 2010 não é um jogo fácil. Há muito o que se fazer para dominar todas as técnicas existentes (o acervo do game é bastante impressionante) e a sua paciência é diretamente proporcional à sua recompensa. Não dá para começar uma partida e não sentir-se frustrado sem antes passar pelos tutoriais da pancadaria em pé, no chão e nas técnicas de submissão.

A dedicação é sua maior e melhor arma. Aprendendo o básico, você já pode arriscar seus primeiros socos e chutes no circuito amador do MMA. Aliás, o modo carreira é bastante recheado de atividades. Você personaliza a partir do zero o seu personagem, desde a idade, peso, local de nascimento, voz, cicatrizes, tatuagens, bermudas e luvas. Talvez sejam escolhas demais, até.

Depois de criar seu lutador, é hora de colocá-lo no octógono. Aqui as coisas começam a ficar bem interessantes. Uma série de lutadores aparece para que você escolha um e o coloque na sua agenda de compromissos. Aí você tem quatro semanas de preparação até o confronto, e precisa mediar seus treinos e descansos de forma a não estressar antecipadamente seu competidor.

Interlúdio: Hora de treinar

A cada luta marcada, você tem quatro semanas (na categoria amadora) de treino e precisa ministra-las com cautela. Não adianta você dedicar-se a exercícios físicos para aumentar sua força, de forma ininterrupta, que na hora do confronto você estará um bagaço, o pó da rabiola.

Os treinos funcionam como aqueles jogos que simulam a gerência de times de futebol. Você não assiste ao fulaninho erguendo peso, correndo ou usando sacos de areia, mas tem os resultados finais de cada treino escritos em um relatório. Da mesma forma que, quando você demanda atenção demais em um tipo de exercício, você vai sofrendo com a redução de suas habilidades em outros atributos. Capriche apenas nos exercícios físicos e você terá uma redução na velocidade e condicionamento cardíaco, fator essencial para manter sua stamina (fôlego) alta.

São nos treinos que você aprende novos golpes para o seu acervo de olhos roxos. Indo para os Acampamentos de Treino (Camp Invite), você tem a chance de visitar os maiores centros de lutas do mundo. Boxe, Muai Thai, Jiu Jitsu, MMA, Sambo e quaisquer variações desses estilos estão disponíveis. Você se inscreve, escolhe um dos golpes e treina. Só que aqui o treino é real. Você precisa praticar o golpe no ringue, contra um adversário de carne e osso (ou sprites e bits).

E não dá para conseguir o golpe pretendido no primeiro acampamento. São necessárias várias incursões no mesmo objetivo, a fim de aumentar sua barra de experiência (elevando-a a 100%) e aprender a técnica, de fato. Nocautes e golpes certeiros aceleram esse aprendizado, portanto, não desperdice seu fôlego aplicando golpes em falso.

A lista, tanto dos acampamentos quanto dos golpes, é tão grande e variada que demandará paciência e dedicação extra do jogador. Se não assustá-lo primeiro, claro.

E de volta à programação normal

O modo carreira te coloca frente à frente aos maiores lutadores de Vale-Tudo que o mundo já presenciou. Claro que se você os conhece, jogar UFC fica muito mais divertido. Joe Rogan, comentarista do Ultimate Fighting Championship empresta sua voz para a locução das lutas, deixando-o muito mais parecido com o UFC da vida real.

Fora o modo carreira, existem campeonatos e lutas pelo título que dão a oportunidade ao jogador de utilizar figuras icônicas dos olhos roxos e sufocamentos. O modo online está presente, mas sem muitas melhorias, pelo contrário. Dessa vez é necessário um código para o acesso as disputas na rede. E esse código é individual e caso o jogo não seja seu, o acesso online será permitido mediante a compra de um novo número de registro, via PSN.

Graficamente falando, o jogo traz detalhes bastante interessantes, como suor (eca), muito sangue e feridas que se abrem durante o combate. ?? interessante notar, após um direto de esquerda, seu rosto rasgando e o sangue impregnando o chão do ringue. O peso do golpe em si não aparenta causar todo aquele dano, mas a sensação de "estou perdendo" quando as luvas começam a ficar vermelhas é bastante real.

Um certo desconforto aparece na hora das lutas no chão. Elas são bem produzidas e tal, mas vez ou outra as torções e socos no baço parecem mais carícias e provocações. Talvez sejam devaneios de uma mente pervertida, mas é fato que em alguns momentos você desejaria que fosse um UFC exclusivo para mulheres, ao melhor estilo Rumble Roses de ser.

UFC: Undisputed 2010 é um jogo bom, mas para seu gênero. Trabalha com muitas possibilidades na hora de escolher o melhor estilo de luta para você, personalizações, traz rostos conhecidos e conteúdos exclusivos (para o PS3). Requer tempo, atenção e a vontade de querer aprender, fator que terá como requisito indispensável, gostar do esporte. Não é para todo mundo, então não se arrisque.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Raziel619

Reviews da crítica

8 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio