GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Alan Wake para X360 de GameTV

por Alan XD, fonte GameTV, data  editar remover


Cinco anos após ser anunciado, Alan Wake finalmente chegou para tentar colocar medo nos jogadores de Xbox 360. Com tanto tempo em produção, começaram a surgir dúvidas se o jogo não ficaria muito antigo, se os gráficos dariam conta de satisfazer os consumidores e se a história não ficaria ultrapassada. E que nada. Tanto tempo esperando valeu a pena.

Alan Wake é um escritor-celebridade que vendeu milhares de cópias dos seus famosos livros de terror. Infelizmente ele está há quase dois anos sem escrever nada novo por conta de falta de inspiração. Como ficar parado em casa sem fazer nada não ajuda a pagar as contas, ele e a sua esposa Alice decidem fazer uma viagem para ele relaxar e desbloquear a mente.

Os dois partem rumo a Bright Falls, uma pequena cidade interiorana com poucos habitantes e muita natureza. Os moradores da cidade reconhecem o escritor e é aí que você percebe que eles vão ser excelentes personagens secundários no jogo. Alguns contam histórias toscas e engraçadas, outros dividem informações valiosas, mas sempre que alguém chega perto para conversar com você, não fica claro se é pra rir ou levar a sério o que está acontecendo devido às frases clichês que tentam a todo custo deixar claro que é pra você ficar com medo.

Alan e Alice alugam um chalé de madeira afastado do centro da cidadezinha e quando estão se preparando para começar a relaxar, acabam tendo uma discussão de relacionamento. Ele sai da casa e larga ela lá, mas alguns minutos depois começa a escutar gritos e volta correndo.

?? aí que as coisas estranhas começam a acontecer. Alice some misteriosamente após alguns eventos que não ficam claros se aconteceram de verdade ou se foi só um sonho do escritor. Ele chama a polícia para informar o desaparecimento da sua esposa, mas a delegada fala que a casa onde eles estavam não existe mais há anos, e quando ele vai conferir com os próprios olhos, confirma que de fato não há nada lá.

Depois de ter sido interrogado pela polícia, Alan decide procurar pela sua esposa e aí as coisas ficam mais esquisitas ainda. Quando o entregam uma folha com o seu nome escrito, ele percebe que aquilo faz parte de um livro que ele supostamente escreveu mas não se lembra. E o mais intrigante, aquela história de terror estava se tornando realidade.

Por mais que ele não se lembre do livro, se foi ele que escreveu, só pode ser de terror. As coisas começam a piorar drasticamente e a força maligna das páginas do livro começa a agir contra Alan enquanto ele busca a sua esposa.

Os habitantes da cidade se tornam possuídos e aí o escritor que nunca tinha pegado em uma arma é obrigado a aprender a manusear um revólver para poder se defender. Mas as criaturas da noite não são sensíveis a armas de fogo. A sua principal defesa será uma lanterna e qualquer outra fonte de luz.

Apontar a lanterna por alguns segundos para os seus inimigos faz com que a força maligna dentro deles seja expulsa, e é aí que entram as armas de fogo. O arsenal do jogo não é vasto mas tem tudo que ele precisa. Revolveres e espingardas são encontradas facilmente na cidadezinha do interior, mas não espere achar metralhadoras e bazucas.

Além da lanterna, Alan pode usar sinalizadores quando a situação ficar feia e ele precisar se livrar de monstros que o cercam por todos os lados ??? o que acontece várias vezes. A luz brilhante explode todos a sua volta e tonteiam os que estão a sua volta pára que você tenha tempo de começar a atirar. Também existem geradores de luz que precisam ser acionados no meio do caos enquanto você está sendo perseguido.

As criaturas das sombras não são zumbis, muito pelo contrário, são bem rápidos e Alan é lento e se cansa com facilidade. Tudo isso é feito propositalmente para aumentar a tensão das cenas e te obrigar a procurar rotas alternativas para escapar dos monstros e procurar luz.

Tanto a cidade quanto as florestas possuem cenários incríveis. Apesar de ter território limitado para explorar, por onde você passa vê belas vistas, ambientes tensos e mais pessoas que tentam ajudar você a encontrar as páginas do livro perdido para saber o que vem pela frente e onde está Alice.

Alan Wake é um jogo tenso. A trilha sonora se adapta brilhantemente a trama e se você estiver jogando sozinho no escuro, é provável que tome alguns sustos. O jogo é dividido em capítulos, como se fosse um livro, e a narração é perfeita. No começo de cada episódio, que tem em torno de uma hora, Alan faz um resumo do que aconteceu como se fosse um seriado.

O jogo acerta em cheio na narrativa e na maneira como ela é contada. Apesar de não trazer nenhuma novidade no gênero de horror, a história é intrigante e tem uma série de reviravoltas para deixar o jogador grudado na cadeira. Faltou um modo multiplayer para você caças criaturas das trevas com os seus amigos, mas passar sozinho pela história do escritor é bem satisfatório ??? e assustador. Com um belo visual, trilha sonora assustadora e personagens marcantes, Alan Wake tem tudo que um fã de jogos assustadores quer.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GameTV
8.5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Alan XD

Reviews da crítica

9 / 10
GameVicio
7 / 10
Eurogamer
8.5 / 10
GameTV
90 / 100
E-Zine/MyGames
©2016 GameVicio