GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de METRO 2033 para PC de GameVicio

por Blackwater, data  editar remover


Introdução

Tido como uma das promessas do ano, Metro 2033 foi um dos jogos que inaugurou o ano de 2010 no mundo dos games.Apesar de nada muito excêntrico, ainda assim deixou aquela velha expectativa "Como será?"

Baseado na obra do escritor russo Dmitriy Glukhovskiy, o jogo se passa no ano fictício de 2033, onde a Rússia entra em guerra com os EUA sofrendo as consequências de vários ataques nucleares. Com o país e as cidades totalmente destruídos, gases tóxicos se espalhando na superfície e altos níveis de radiação, os sobreviventes se refugiam nos antigos túneis dos metrôs tentando reconstruir e manter o que lhes resta.Como se não bastasse, a radiação desenvolve vários níveis de mutação genética, fazendo nascer novas raças de mutantes, que se tornam um dos piores obstáculos para os refugiados.Nesse meio tempo Artyom, personagem com o qual você joga, descobre uma variação de mutantes capazes de alterar a mente humana, sendo ele mesmo afetado pelo contato durante um confronto.A partir daí se inicia a sua missão, percorrer as estações, que agora se tornaram cidades subterrâneas para advertir os principais líderes sobre o perigo extra que correm.

Jogabilidade


Um dos pontos altos do jogo é a criatividade. Por exemplo: Sua lanterna. Com o passar do tempo você percebe que ela não está mais tão forte quanto antes e passa a enxergar menos. Acreditem, não é um problema. Mantenha a tecla F pressionada e você pega uma bobina, que vai carregando com os cliques do mouse e aumentando a luminosidade da lâmpada. Além disso temos seu fiel isqueiro, que você usa para ler o jornal com seus objetivos e acender granadas, tem um pequeno estoque de facas de arremesso e alguns filtros para sua máscara de gás.A parte ruim é acessar esses itens.Se você usar o mouse corre o risco de disparar acidentalmente, e pelo teclado, nem todos os itens tem hotkeys, apenas os primários e os mais importantes.Você tem direito a 4 tipos de armas(faca,revolver, rifle ou sniper e uma escopeta) e os extras que são granadas, flashbangs e as faquinhas de circo.

Até aí tudo bem, é um arsenal invejável, mas se torna inútil diante dos coletes dos soldados inimigos. Pentes e mais cartuchos até que ele esteja morto, só é mais efetivo se mirar na cabeça, afinal tanto humanos quanto mutantes, todos estão sujeitos aos headshots.

Sim, os mutantes, umas das principais peças do jogo. Até certo ponto, são infinitos, enfrentamos ordas e mais ordas, dentro dos túneis, e ataques em grupos fora deles.Alguns pulam em você(taí um baita susto), outros rugem e atacam se você se aproximar.

Com tantos inimigos, você deve pensar, "Haja munição pra tudo isso". Com certeza. Além de escassa, a munição é o dinheiro no jogo, portanto trate de economizar. Sempre você encontra alguns comerciantes nos centros das cidades, aproveite para trocar aquela munição Cal.12 que você pouco usa pela de Ak-47, se não for dessa forma, o único jeito é pegando dos corpos dos inimigos ou investigando os becos sombrios do cenário.

IA


Isso foi o que matou jogo. Inimigos muito burros, sem nenhum senso de organização.Se escondem, atiram, se escondem e vem correndo pra cima de você numa tentativa de suicídio.Algumas vezes jogam granadas(o curioso é que ela sempre cai certinho aonde você está), não economizam nenhuma bala e tem o péssimo hábito de desligar a lanterna quando estão sendo acuados, o que faz com que você se perca e fique atirando a esmo.

Os mutantes são menos burros, o que ainda fica fiel ao comportamento irracional deles. Só fazem perseguir você, e ficar atacando o ar quando você sai de ladinho. Nada mais complexo, decepcionante.

Gráficos


A melhor parte do jogo. Acho que Impressionantes se encaixa certinho na definição. O ambiente do jogo é totalmente imersivo.realmente dá a sensação de estar dentro dos túneis apodrecidos.Texturas muitíssimo bem detalhadas(embora as vezes apresentem alguns problemas de carregamento), partículas bem feitas(fumaça, poeira, gás), efeitos sensacionais.O fogo é vivo, os reflexos mudam de acordo com a superfície, seca ou úmida.A iluminação em geral é bem detalhada, existem alguns cogumelos fluorescentes que realmente brilham como vaga lumes.Até a água, muito difícil de ser encontrada no subterrâneo é bem feita, junto com os efeitos de ferrugem e degradação das paredes e canos.

A física do jogo é razoável. Mesmo quem não pode utilizar da tecnologia Pshyx das placas Nvidia, não e deixado na mão (Um exemplo que outros jogos poderiam seguir). As paredes racham e quebram com os tiros e explosões, os corpos são arremessados, balas atravessam barreiras finas.

Porém a qualidade tem seu preço. tanto quem joga no Dx9 quanto quem joga no Dx11 sente que o jogo é pesado e apresenta algumas falhas, mas nada que comprometa esse quesito.

Som


Não é dos melhores, mas é de qualidade. O barulho de ecos, água pingando do teto, seus passos, tiros, o rugido de algum mutante. Não se sabe se é efeito dos túneis, mas tudo parece mais baixo do que o normal, como se estivesse abafado.

As falas chegam a ser irritantes, se os inimigos te atacam gritam, nas cidades é um zumbido de vozes e outros sons. Destaque para a narração dos capítulos pelo próprio Artyom.Uma voz calma apesar do tema do jogo.

Prós & Contras

Prós
  1. Ambiente totalmente imersivo
  2. Gráficos exuberantes
  3. Efeitos detalhados
  4. Jogabilidade mediana


Contras
  1. IA de péssima qualidade
  2. Engine de jogo exigente(requer um computador de otimo desempenho para rodar bem)
  3. Algumas falhas de carregamento nas texturas
  4. Missoes um pouco complicadas


Conclusão

A velha e conhecida fórmula da THQ. ??tima embalagem, mas o conteúdo é duvidoso, depende de quem prova.

Notas
Item Nota
História 8,0
Jogabilidade 7,0
IA 5,0
Gráficos 9,5
Som 8,0
Diversão 9,0



Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GameVicio
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Blackwater

Reviews da crítica

©2016 GameVicio