GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Vancouver 2010 para PC de GameTV

por Giordano Trabach, fonte GameTV, data  editar remover


Muita neve e pouca glória
Intrigado com as partidas de hóquei no gelo, com o romantismo brega das provas de patinação e com as piadas incrivelmente engraçadas e inovadoras envolvendo o curling que atingiram a sociedade nas últimas semanas? O game oficial das Olimpíadas de Inverno, infelizmente, não contribui muito para esclarecer esses dilemas, e acrescenta mais alguns problemas por conta própria. Mas é capaz de bancar a diversão superficial e sem maiores aborrecimentos, coisa de que tanto precisamos, mesmo que por alguns minutos.

Baseado em menus rápidos (treino, competição, desafio) e configurações simples (escolha o país gelado e seja feliz), Vancouver 2010 é um resumo bastante limitado da competição que aconteceu de 12 a 28 de fevereiro na cidade canadense. Traz 15 segundos de emoção, algumas competições justas e um sistema de controles que vai poupar suas terminações nervosas.

Vida simples
Não existe um modo de carreira, não é possível criar atletas, e seu nome de usuário é um dos únicos elementos que incentivam uma certa ???familiaridade??? entre software e ser humano. A regra maior aqui é o ???quickplay???: menu, botão, menu, botão e em segundos você já está na pista, pronto para se matar no gelo.

As 15 modalidades oficiais dos jogos de inverno estão desfalcadas: hóquei no gelo, biatlo, combinado nórdico, patinação artística e o famigerado curling ficaram sem representantes no jogo da Sega. A disputas se limitam a 8 esportes principais, que se subdividem em outras categorias para sacramentar o placar de 14 atividades diferentes.

Com uma trilha sonora empolgante (ainda não descobrimos o nome de nenhuma banda) fica fácil transformar uma descida de esqui (ou de snowboard) na montanha de gelo em algo marcante. Mas o mesmo não acontece nas competições de bobsleigh de duplas ou na patinação de velocidade, onde um controle preciso se sobrepõe à experiência, e é fundamental para evitar frustrações eternas.

Na primeira hora você vai identificar suas modalidades preferidas (salto com esqui e qualquer coisa com snowboard), conseguir bons resultados nelas e desprezar o restante das competições (patinação?).

Nevasca passageira
A notícia razoavelmente boa é que a destruição de botões, tradicional em games de competições olímpicas, foi poupada em nome de controles mais civilizados. O exagero e a rapidez de pressionar botões só são exigidos nas largadas de algumas modalidades, para conseguir impulso. Em competições de bobsleigh e salto com esqui, por exemplo, valem mais o equilíbrio e a coordenação dos movimentos, aspectos que podem ser trabalhados nos tutoriais e nos treinos.

Sem um modo de carreira e sem recompensas que justifiquem o esforço de gente como eu e você, brasileiros já distantes de qualquer temperatura próxima de zero, Vancouver 2010 se justifica mais como coletânea de minigames do que de um grande evento olímpico virtual.

Uma das únicas opções interessantes são os desafios, propostos em forma de pirâmide. Você começa pelas tarefas mais fáceis, como acumular 1200 pontos em uma descida de esqui, e habilita obstáculos mais complicados rumo ao topo da pirâmide.

?? uma diversão honesta para os dias vazios ou momentos de intervalo intelectual. A não ser, é claro, que seus amigos também tenham comprado o jogo e estejam dispostos a extrair algo proveitoso de uma partida de slalom feminino online. Mas, não, eles estão ocupados formando a equipe em Mass Effect 2, explodindo helicópteros em Battlefield Bad Company 2 ou lendo piadas brasileiras sobre o curling no Twitter.


Nenhum comentário

||
GameTV
5.5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

5 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio