GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Left 4 Dead 2 para PC de E-Zine/MyGames

por Giordano Trabach, fonte E-Zine/MyGames, data  editar remover


Já lá vão muitos anos desde a primeira aparição de zombies na indústria dos videojogos, contando com as famosas séries Resident Evil, Obscure, Dead Rising e muitas outras que ficaram famosas pelos seus mortos vivos. Foi então que, em 2008, a Valve produziu um jogo chamado... Left 4 Dead. Este jogo primou pela inovação, pois não se tratava apenas de um shooter, mas também de um jogo em que obrigava os jogadores a cooperarem entre si, de forma a sobreviver a resmas de zombies vindos de todos os lados e cantos.

Pois bem, chega-nos agora a tão polémica sequela do jogo da Valve. Tenham medo, muito medo, pois o jogo traz com ele uma acção ainda mais frenética, um humor negro, novas armas (algumas até engraçadas), itens, cenários e, como era de esperar, zombies... muitos zombies, prontos para nos perseguir incansavelmente, separar os membros do nosso corpo e de chamar ao nosso cérebro uma refeição nutritiva. Bem-vindos à versão PC de... Left 4 Dead 2.

A história de Left 4 Dead 2 mantém-se a mesma mas agora é passada noutras localizações da América e com outros quatro sobreviventes. A mecânica de Left 4 Dead 2 mantém-se semelhante à do antecessor. O objectivo é simplesmente sobreviver a vagas de zombies e a tudo o que nos queira devorar e comer as nossas entranhas, sendo que a nossa habilidade com uma arma muda tudo, graças à inteligência artificial chamada Director.

A Director, ao contrário de muitos jogos, é inteligente. Esta controla tudo, dependendo da nossa habilidade, desde o tipo e o local onde aparecem as armas, à quantidade de zombies e à sua dificuldade, fazendo com que um nível nunca seja igual. Em Left 4 Dead 2 existem agora seis modos de jogo, uns velhos conhecidos do Left 4 Dead e outros novos prontos para estrear. Estamos a falar do modo "Realism" e do modo "Scavange".

O modo "Realism" de Left 4 Dead 2 é um modo que irá focar-se na realidade, ou seja, o jogo torna-se mais difícil mas de forma inteligente, afastando-se do habitual, como nos jogos em que os inimigos causam muito mais dano e nós quase nenhum. Os indicadores que rodeiam os nossos amigos desaparecem e um simples toque pode ser o suficiente para morrermos. No entanto, é-nos dado um desfibrilador para contrariar essa tendência de morte, permitindo-nos assim recuperar um amigo que tenha sucumbido, dando-nos ainda a oportunidade de ouvir falas engraçadas como "stop shocking me!".

Tudo muda em "Scavenge". Aqui irá haver duas equipas, os sobreviventes e os Infected, e o objectivo prende-se no facto dos sobreviventes terem de alimentar um gerador com gasolina, que encontram espalhada pelo cenário, antes que se esgote o tempo, escapando aos Infected que irão ter de os impedir. ?? aqui que a diversão começa, pois torna-se possível, pela primeira vez neste modo, controlar estes "bichinhos", e acreditem que nos dá bastante gozo.

O modo campanha é mesmo o calcanhar de Aquiles de Left 4 Dead 2, sem uma história consistente. E apesar das introduções de novos Infected e de múltiplas escolhas sobre o caminho a tomar nos níveis percorridos, isto continua a não chegar para agarrar o jogador. Coach, Ellis, Nicke e Rochelle (os quatro sobreviventes) terão de se defender em várias localizações, desde a Savannah ou Georgia, até New Orleans ou Louisiana. Neste modo existem cinco campanhas que estão desbloqueadas de inicio, sendo que podemos ir directamente para o ultimo capítulo, o que prova, mais uma vez, que Left 4 Dead 2 está claramente virado para o Multiplayer Online.

?? neste modo de Left 4 Dead 2 que a diversão realmente começa, sendo que iremos poder fazer a campanha, mas desta vez acompanhados por mais três pessoas prontas a desbastar mortos-vivos. Aqui é que a IA Director e Left 4 Dead 2 mostram o seu esplendor, onde cada munição conta e onde "ajudar os nossos companheiros" e sobreviver se tornam o lema do grupo. Ao nosso dispor estão também novas armas que irão fazer as delícias de quem as apanhar e onde o destaque vai para a motoserra, que é sem duvida um clássico deste mundo zombie. Foram também introduzidas algumas armas bastante engraçadas como uma guitarra eléctrica, entre outras.

No entanto, um jogo de zombies não seria a mesma coisa se não tivesse um motor gráfico e efeitos sonoros que proporcionassem um ambiente à altura, certo? Em Left 4 Dead 2 o grafismo está mais polido em comparação com Left 4 Dead, dando mais credibilidade ao terror vivido por estes quatro sobreviventes. Os cenários são sombrios, mas mesmo aqueles que são passados à luz do dia são capazes de nos meter com o coração na boca. Tudo o que nos rodeia está bastante detalhado, tal como o sangue que é cuspido para uma parede logo a seguir a uma decapitação/desmembramento de um zombie, o que nos dá imenso gozo e alegria de ver.

Existem um número razoável de tipos de Infected. Destacamos, claro, o mítico palhaço com uma florzinha ridícula mas ao mesmo tempo muito cómica, que dá um ar único e sombrio a este personagem. Contudo, não se deixem enganar por este palhaço, pois ele tem a habilidade de chamar resmas de zombies para nos tratar da saúde.

Se vocês são daqueles que ainda jogam Left 4 Dead, então este jogo é obrigatório, com uma mecânica de jogo muito semelhante ao anterior mas com adições que conseguem renovar e refrescar a experiência deixada por Left 4 Dead. A cooperação é o lema de Left 4 Dead 2, sendo este um jogo claramente virado para o multiplayer, o que faz com que fique a perder para jogos do género com um single player sólido e uma história decente. Por outro lado, Left 4 Dead 2 tem tanto de aterrador como de divertido, e mesmo sendo talhado para o multiplayer, é isto que caracteriza a série de sucesso que é Left 4 Dead.


  1. O conteúdo novo desenvolvido para Left 4 Dead 2
  2. Consegue ser ainda mais divertido que Left 4 Dead
  3. Matar Zombies com a motoserra ou com a frigideira é um gozo



  1. Falta de um Single Player com uma história envolvente
  2. Algumas animações menos conseguidas



Nenhum comentário

comments powered by Disqus
E-Zine/MyGames
89/ 100
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

7 / 10
GameTV
89 / 100
E-Zine/MyGames
9 / 10
GameStart
9 / 10
Eurogamer
©2016 GameVicio