GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Band Hero para PS3 de E-Zine/MyGames

por Giordano Trabach, fonte E-Zine/MyGames, data  editar remover


A série Guitar Hero é uma das séries da indústria que ganhou mais notoriedade nos últimos cinco anos. A coragem que teve ao introduzir um periférico foi sem dúvida um passo importante para romper a barreira que havia para além do comando. Com mais tempo passado, os objectos de plástico foram-se multiplicando até permitir jogar com mais pessoas, com várias guitarras, bateria e até microfone. A pensar neste sucesso, a Activision lançou agora Band Hero, uma versão muito mais POP e suave da música actual. Será que depois da boa surpresa que foi DJ Hero, Band Hero consegue levar a série numa nova direcção?

Band Hero tenta incentivar ainda mais ao jogo dirigido a grupos de amigos. A lista musical está recheada de hits recentes da rádio que facilmente todos vão reconhecer. Basicamente, é a resposta à vertente rock de culto criada por Guitar Hero. Como tal, podem contar com músicas de bandas como Maroon 5, David Bowie, Hillary Duff, Jackson 5, Lilly Allen, Nelly Furtado e até os Village People com o seu YMCA...sim é verdade.

Tendo em conta os nomes que referi anteriormente, alguns de vocês devem estar a perguntar-se como é possível reproduzir alguns dos sons nos instrumentos disponíveis. Para colmatar essa falha, tanto as guitarras como a Bateria podem "simular" outros instrumentos. ?? bem pensado e não deixa jogadores de fora, mas pode ser algo bizarro estar a tocar trompete ou piano numa guitarra.

E como é que isto acontece? A verdade é que Band Hero é pouco mais do que o remake de Guitar Hero 5, mas agora para um público casual. Tudo aqui está, em si, muito semelhante ao seu primo direito. Desde os menus às opções disponíveis, Band Hero é uma cópia quase directa de Guitar Hero 5. Esta cópia vai além dos já típicos personagens, dos gráficos e até da forma como tudo isto é jogado. Podemos dizer mesmo que, tirando o cuidado visual mais pop e as novas músicas, o jogador vai estar a pagar o preço inteiro por uma expansão de Guitar Hero 5.

O ponto alto de Band Hero é o incentivo que procura dar para levar o jogador a adquirir o Kit Banda. E aqui só temos boas coisas a dizer. A nova bateria incluída no Kit é bem mais simples de montar e ocupa muito menos espaço, além de funcionar bastante bem. De resto, contém todo o material típico do Kit Banda, mas de uma forma mais organizada, e que, novamente, ocupa muito menos espaço. ?? pena que os materiais não tenham sofrido o cuidado de receber o logo de Band Hero. Mas isso não afecta de forma alguma a prestação do jogo em si.

Passando à jogabilidade, sejam bem vindos uma vez mais à pista dos botões coloridos. Todos os instrumentos respeitam a mesma grelha de jogabilidade, com a excepção do microfone que responde à forma como vão cantando, acompanhado por um medidor do timbre da voz. Para somar pontos é necessário tocar bem e evitar falhar o máximo possível de notas. Estes pontos enchem o contador de estrelas, que pode ir de 1 a 5 e que permite desbloquear novas avenidas com mais músicas, onde vão progredindo. Infelizmente, o modo carreira de Band Hero continua a não dar tanto enfoque às personagens, tal como nos anteriores Guitar Hero, e era bom ter sido aproveitado o destaque da banda. Novidade também é o novo Band Moment que surge quando nenhum membro da banda falha uma sequência de notas.

Sendo uma cópia de Guitar Hero 5, Band Hero traz também algumas boas novidades inseridas no anterior, como é o caso do Drop in, Drop out, que permite a qualquer altura juntar mais instrumentos ou retirá-los, além de ser possível ajustar a dificuldade para cada um dos jogadores sempre que quisermos. Isto facilita imenso a diversão e ainda consegue puxar para a festa jogadores totalmente inexperientes.

Band Hero continua a incluir o modo GH Studio, que permite criar as vossas composições, e caso a música continue a faltar, podem sempre importar mais música dos outros Guitar Hero recentes, através do pagamento de uma certa quantia.

Agora que já foi dito tudo o que havia de importante para dizer, qual é a qualidade de Band Hero? Apesar de ser uma cópia com nova roupagem de Guitar Hero 5, Band Hero mantém a diversão e jogabilidade que todos aprendemos a gostar, e faz-nos sempre ficar para mais uma música. Onde Band Hero falha é em assumir uma identidade própria e criar algo de realmente inovador para separar esta série "recém-nascida" da série Guitar Hero, algo que DJ Hero fez de forma exímia e com grande qualidade.

Se ainda são novos neste universo e o rock mais pesado não vos agrada, Band Hero é certamente uma das melhores compras para este natal, mas tendo em conta todos os factores que referi anteriormente, é com grande dificuldade que posso recomendar Band Hero a qualquer pessoa que tenha um Guitar Hero recente. Se a vossa vontade é variar dentro deste género, então DJ Hero continua a ser a melhor opção.


  1. Divertido com amigos
  2. Um novo conjunto de músicas
  3. A passagem por um género mais POP
  4. Dá mais ênfase ao jogo em banda



  1. ?? o Guitar Hero 5 com nova maquilhagem
  2. Não faz nada de novo para se destacar dos demais
  3. O mesmo sistema de jogo começa a ficar velho



Nenhum comentário

||
E-Zine/MyGames
78/ 100
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Tópicos relacionados

©2016 GameVicio