GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Halo 3: ODST para X360 de GamesBrasil

por Giordano Trabach, fonte GamesBrasil, data  editar remover


Halo 1 redefiniu o gênero FPS para consoles, introduzindo um multiplayer online que levou os jogos a um novo patamar. Halo 2 refinou ainda mais este multiplayer, assim como o universo da história. Já Halo 3 fechou com chave de ouro esta trilogia, em um mega-lançamento que para o Xbox 360 que marcou definitivamente o mercado. O que poderemos esperar depois de tudo isso em um jogo sem Master Chief? Por mais incrível que pareça: mais diversão ainda!

Bem-vindo ao Inferno, Soldado!
Halo 3: ODST ocorre durante os eventos entre Halo 2 e Halo 3, mais exatamente na invasão da cidade de New Mombasa. Desta vez, Master Chief está fora da história, colocando você como Novato, um ODST (Orbital Drop Shock Troop) que tem a missão de seguir com sua equipe para os destroços da cidade e executar uma missão secreta. Porém, algo durante a aterrissagem dá errado e você acaba separado do seu grupo.

Nesta hora, você percebe que toda a estrutura do jogo muda. O jogo é semi-linear, iniciando com a liberdade de andar por New Mombasa inteira, procurando a pista que possa nos levar a encontrar o grupo. Porém, ao achar esta pista, uma forma de flashback acontece e o jogo volta ao formato linear.

Diga adeus aos poderes de Master Chief. Você não é mais um quase-deus! Sua vida não se recupera sozinha, muito menos você contará com o super pulo, então andar sozinho na noite infestada de Convenants é uma missão para os mais corajosos. Você terá que escolher entre enfretar os inimigos em certas áreas, ou simplismente tentar passar despercebido por eles.

Aliás, andar por New Mombasa pode ser mais perigoso ainda se você parar para apreciar os belos gráficos que Halo 3: ODST possui. Mesmo utilizando a mesma engine gráfica de Halo 3, ODST consegue ser - através do uso mais amplo de iluminação, melhoria nas texturas e outros efeitos - o Halo mais bonito já feito, apesar da engine dar sinais que revelam a sua idade.

O modo cooperativo também está incluso no pacote, permitindo que você possa desvendar a cidade com até mais três amigos sendo que, para os amantes de colecionáveis, temos os audio-logs que contam uma história paralela do que aconteceu durante o ataque a New Mombasa, que estão espalhados por cabines da cidade.

A campanha é relativamente curta, com uma duração de 5 a 7 horas, mas cumpre perfeitamente bem o seu papel. E é justamente aí que o multiplayer brilha mais uma vez, pois está incluso no pacote de Halo 3: ODST o modo Firefight, que consiste basicamente com você e seus amigos da Live combatendo várias hordas de inimigos que atacam intensamente, e, acredite, não é facil. O Firefight também utiliza as Caveiras, que foram introduzidas pela primeira vez em Halo 2, que adicionam desafios mais complexos. A cada onda, uma caveira pode ser ativada, como, por exemplo, a ???Olho Roxo???, que deixa os convenants com um escudo regenerativo, obrigando a atacar os inimigos no corpo a corpo, apenas para se ter uma idéia do que se pode encontrar no modo Firefight.

Além do Firefight, temos também incluso em um segundo disco o modo multiplayer inteiro de Halo 3 com todos os pacotes de mapas lançados (Heróico, Legendário e Mítico), além de mais 3 mapas inéditos, Longshore, Citadel e Heretic. Se você conhece a franquia, já sabe o que esperar deste multiplayer, mas se não conhece, você irá se surpreender, pois são vários modos de jogo, mais de 20 mapas a sua disposição, garantindo horas de diversão garantida. Como se não bastasse todo o potencial dos modos de jogo da franquia, os donos de ODST ainda terão direito a entrar no beta de Halo Reach, próximo game da franquia previsto para 2010.

Um título realmente novo ou apenas mais do mesmo?
Halo 3: ODST apesar de ser um ???complemento??? à história de Halo, com uma campanha solo relativamente curta, faz o seu trabalho de uma forma talentosa e prova mais uma vez o porque a franquia Halo alcançou tanto sucesso. Com uma jogabilidade bem direta e divertida de se jogar, este título consegue agradar tanto os fãs quanto aqueles que estão se iniciando na franquia e no universo de Halo.

A maior crítica fica mesmo pelo fator da Bungie ter causado certa expectativa de que traria uma renovação ao colocar o jogador pela primeira vez na pele de outro personagem além de Master Chief, mas que o resultado final tenha sido na verdade uma grande similaridade do que já se conhecia. Ainda assim, não chega a ser um problema para os milhões de fãs. Se for o seu caso, esteja pronto para colocar o capacete, arme sua submetralhadora M7, entre no seu pod e prepare-se para mais esta grande batalha, soldado.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GamesBrasil
8.8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

©2016 GameVicio