GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Shadow Complex para X360 de Outer Space

por GameVicio, fonte Outer Space, data  editar remover


Quando a Epic anunciou em seu Twitter a produção de um novo jogo, todos esperaram mais um Gears of War ou Unreal, entretanto a surpresa ficou para a E3 com um pequeno teaser apresentando Shadow Complex, projeto da subsidiária da Epic, Chair Entertainment, para Xbox Live Arcade. Com uma jogabilidade no mesmo estilo de Super Metroid, o jogo é destaque na campanha de verão da área de jogos simples do Xbox 360.

Shadow Complex é baseado no livro Empire, do escritor Orson Scott Card, e conta a história de Jason Flamming, protagonista que aproveita um lindo dia de sol para passear nas montanhas com a namorada. Durante uma brincadeira de esconde-esconde, Jason procura seu amor, quando percebe que alguma coisa está muito errada. Ela foi raptada por um grupo de milicianos radicais que planejam criar uma nova guerra civil contra o governo americano. Agora, o protagonista enfrenta uma grande missão: encontrar sua namorada e, de quebra, descobrir como evitar que os terroristas executem seus planos.

Como o jogador pode perceber, a história é densa e muito bem elaborada, criando expectativa a cada nova etapa do jogo. O roteiro segue de forma linear e sem interromper o jogo com CGs ou diálogos imensos. Na verdade, enquanto toda a ação acontece, a trama é contada através de conversas entre soldados que o jogador escuta quando passa por baixo de uma sala recheada de inimigos. Shadow Complex atingiu com maestria o casamento do jogo com a história.

Melhores gráficos para um jogo da XBLA

Os gráficos são sensacionais. Até agora nenhum jogo de XBLA tinha conseguido atingir tamanha qualidade gráfica como visto em Shadow Complex. Ele segue o estilo dos antigos jogos de plataforma 2D, sem permitir ao personagem sair de um eixo vertical caminhando para o fundo da tela, mas tanto o cenário quanto objetos e personagens são feitos em 3D com o Unreal Engine 3, dando a possibilidade de interagir com as coisas de forma bem inovadora. Mesmo travado nesse caminho linear, o jogador se surpreenderá com inimigos saindo de portas ao fundo e correndo na direção de Jason. A sensação é que apenas o protagonista está preso nesse mundo 2D, enquanto todo o resto corre solto por um cenário vasto e livre. Água, partículas e explosões são apresentadas de forma grandiosa e com uma qualidade incomparável. Certamente o jogador não vai sentir diferença entre um jogo tradicional, vendido em caixa, e este exclusivo da Live Arcade.

Os controles são simples. Sem combinações de botões ou um layout complicado, desde os primeiros minutos de jogo a pessoa não vai sentir dificuldade alguma em controlar Jason. Mas nesse ponto é possível encontrar um dos poucos problemas em Shadow Complex : a mira é pouco intuitiva. Quando o jogador for disparar sua arma em inimigos que não estão bem à sua frente, a mira automaticamente foca na escolha mais lógica, porém nem sempre isso acontece. A precisão é falha, deixando o jogo com muitos pontos cegos e causando frustração.

Como dito anteriormente, o jogo lembra muito Super Metroid por conta do mapa que estimula o vai e vem e por obrigar o jogador a usar a cabeça mais vezes que o direcional. Em diversos momentos, é comum encontrar uma parede pela frente ou portas trancadas impossibilitando o progresso. Nesse momento, é necessário explorar o cenário até encontrar uma alternativa de transpor o obstáculo. Esse vai e volta, por mais repetitivo que pareça, funciona muito bem, dando uma liberdade de exploração e transformando um jogo que poderia ser curto em boas horas de jogatina.

Jason ganha experiência sempre que resolve um desses problemas e quando mata inimigos das mais variadas formas. Essa experiência é transformada em novas habilidades automáticas, que vão do aumento da vida à precisão dos tiros. Além disso, o jogador pode procurar tanques de vida e energia que possuem a mesma função. Assim como em Metroid, eles estão espalhados em lugares de difícil acesso e encontrá-los muitas vezes requer quebrar um pouco a cabeça.
Para evitar a repetição da jogabilidade, a Chair Entertainment adicionou algumas armas e acessórios disponíveis (como um Jet Pack e uma arma capaz de criar plataformas) ao longo das fases. Não são muitos, mas foram cuidadosamente colocados na hora certa para evitar que o jogo comece a ficar enjoativo.

Toda essa mistura de jogabilidade, inovação e criatividade fazem Shadow Complex se tornar um jogo com potencial suficiente para agradar tanto aos que buscam coisas modernas e com gráficos de ponta até aos mais nostálgicos, que ainda aceitam o 2D simples por não encontrarem mais a jogabilidade clássica de bons jogos de plataforma com puzzles inteligentes, como visto em Super Metroid e Castlevania.

Som

A trilha sonora agrada ao ouvido do mais exigente jogador, porém nem sempre está presente. Em momentos de maior ação ou tensão a música entra em cena coroando o que já estava bom. Uma pena ela não estar presente o tempo todo, mas não é algo que realmente aborreça ou faça grande diferença.

O divertimento maior fica por conta dos efeitos sonoros e da dublagem. Explosões e barulhos de tiros estão fielmente representados no jogo, enquanto isso, as vozes dão um toque especial pela grande variedade de dublagens disponíveis. Para os jogadores que têm dificuldade em compreender o inglês, a boa notícia é a opção de selecionar o português de Portugal, idioma que pouco aparece nos jogos de Xbox 360, mas comum no Playstation 3.

Veredicto

Shadow Complex chegou com o objetivo de fazer o jogador esquecer o que já viu na Xbox Live Arcade. A jogabilidade 2D de Super Metroid foi muito bem convertida ao Unreal Engine, e é potencializada por elementos modernos, como o enredo e armas criativas. A qualidade dos gráficos e da produção estabelece um novo paradigma para jogos simples vendidos por download, e por pouco não poderia ser vendido como um produto tradicional, com caixa e DVD.

Prós
  1. Gráficos impressionantes ainda mais para um jogo para XBLA;
  2. Dublagem e trilha sonora bem elaborada;
  3. Jogabilidade que lembra os antigos jogos 2D com elementos 3D.


Contras
  1. ?? mais fácil sair correndo que mirar no lugar certo.



Nenhum comentário

||
Outer Space
9/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de GameVicio

Reviews da crítica

©2016 GameVicio