GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Nox para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Depois do sucesso de Diablo, da série Ultima, e de outros RPG/Aventura do gênero, a Westwood resolveu entrar pra valer nessa área de fantasias. Apresentado na E3 de 1999, NOX tem ganhado muita popularidade, naturalmente. Será esse então o grande concorrente para Diablo 2?

O famoso quem?


O começo da estória de NOX lembra um pouco a de Ultima. Seu personagem está em casa vendo televisão, quando de repente é puxado por um portão dimensional direto para hmm... um dirigível! ?? isso ai, você vai do conforto do seu lar para um dirigível ao encontro do famoso Capitão quem? O Capitão sem nome, mas que está sempre presente durante o jogo.

A sua principal missão é voltar para casa. Para isso, você terá que recuperar o Orb (pérola que contem as almas dos necromancers), reconstruir a Staff of Oblivion e enfrentar a terrível bruxa Hecubah. Enredo promissor? Eu diria que bastante, pois se torna cada vez mais atraente após completar cada missão. ?? claro que não vou entrar em detalhes para não perder a graça.

Macio ao velho estilo 2D


Concorrente direto de Diablo 2, Nox aborda também um tema medieval, mas com uma interface de "fundo de quintal". Interface de fundo de quintal? Isso mesmo... O sistema gráfico de NOX foi criado numa garagem por um daqueles Nerds que respira, mastiga, e engole programação. Não foi à toa que a Westwood contratou o menino prodígio imediatamente, depois de constatar seu grande talento.

O rapazinho, também chamado pelos amigos por Michael Booth, conseguiu criar belíssimos gráficos rodando tanto a 600x480 e 800x600 quanto à 1024x768 mesmo num "pé de boi" para jogos de hoje como um Pentium 200MHz MMX e 32 MB de memória. Sem o uso do poder das placas 3D é incrível ver efeitos maravilhosos de luz, sombra e cor. Com várias opções gráficas como textura do chão e das paredes em alta resolução, sombras com bordas suaves e até o desenho de bolhas animadas nos tubos demonstrativos de saúde e mana, torna-se fácil configurar a sua máquina para um desempenho melhor.

Que diabos é um Conjurador?


A opção de escolher entre três personagens completamente distintos como guerreiro, mágico ou conjurador torna muito mais prazeroso se aventurar no mundo de NOX (para quem não sabe o que é um "conjurador" citarei Aurélio: "aquele que faz conjuros [dev.de conjurar.] Sm.1.invocação de magia. 2. Palavras autoritárias para esconjurar o demônio ou as almas do outro mundo; exorcismo. [f.paral.:conjura;sin.:conjuração.]").

Um atributo a ser considerado é que cada personagem no modo de jogo individual percorre os mesmos cenários só que por meios diferentes, o que é uma ótima idéia quando se quer prolongar a jogabilidade.

Por falar em cenários, a palavra "incrível" dá lugar a "magnífico". A cada missão concluída, você será presenteado com mais e mais cenários completamente diferentes e maravilhosos. Exagero meu? Que nada! Mundos subterrâneos, cidades, florestas, minas, tumbas e muitos outros, estão a sua espera, tão cheios de detalhe quanto à cláusula do contrato de seu plano de saúde.

Duke Nukem medieval?


A numerosidade de itens e magias dão mais emoção tanto ao modo normal para um jogador, quanto para o modo via rede e internet. O mago possui um repertório com mais de 40 feitiços diferentes e a possibilidade de criar armadilhas mágicas combinando três dessas magias. Isto torna as batalhas bem estratégicas. Colocar as armadilhas na arena de batalha poderá ajudar muito a destruir as criaturas mais horrendas, sejam elas o computador ou seu melhor amigo. O melhor é que elas podem ser ativadas à distância como em Duke Nukem 3D. O conjurador (talvez o melhor personagem de NOX) possui a capacidade de controlar diversas criaturas podendo mandá-las caçar seus inimigos, enquanto você curte sombra e água fresca. Já o guerreiro foi feito especialmente para aqueles que deixam a estratégia de lado e adotam o sistema pancadaria. Ao contrário dos demais personagens, o guerreiro é o único que pode usar as armaduras e armas mais poderosas do mundo de NOX. Em compensação, não pode realizar nenhuma magia, apenas aplicar golpes especiais como a "cabeçada", o que não o torna menos divertido.

Aumente o som e chame toda a família!


Os sons são bem interessantes e interagem com o jogo, entretanto não são numerosos. Destaco o momento quando você está correndo e usando a magia de invisibilidade. Qualquer ruído emitido por seus pés pode fazer com que sua camuflagem vá por água abaixo. Já nos pântanos, pode-se escutar detalhes como o coaxar dos sapos e o arrastar de patas dos grilos. No subterrâneo, o borbulhar da lava.

Já a música é um ponto forte em NOX. Com a qualidade de CD, percebesse que não foram medidos esforços na criação. Em algumas músicas pode-se escutar vozes ao fundo dando um clima bem macabro, e em outras, melodias harmoniosas com violão, arpas, flautas e tambores farão os pelos do braço arrepiarem.

Frustração on-line


Bem, já o modo de vários jogadores em rede ou modem, que prometia ser o maior atrativo em NOX, decepcionou até os mais intrépidos fãs do gênero. Como no demo, as únicas opções deste modo são: capture a bandeira (roubar a bandeira do inimigo e correr até a sua bandeira, duh), arena (modo nerdieval estilo Quake, onde a graça resume-se em quem mata mais), eliminação (apenas sobreviva enquanto todos morrem), rei do reino (pegue a coroa real e também mate todo mundo, diferente dos demais estilos?) e Bandeirabol (novo estilo esportivo que possivelmente será implementado nas próximas olimpíadas, onde você tem que atingir a bandeira inimiga com uma bola).

Com todo desgosto e lamentação, é percebível a falta do modo cooperativo que existe em Diablo e que por sinal é o mais divertido na categoria. Passar pelas missões de Nox acompanhado de seus amigos e fiéis escudeiros seria muito mais atraente do que mandar uma bola virtual na bandeira do inimigo e brincar de quem mata mais. Que pena!

O Veredicto:
Você que curte um RPG/aventura, se presenteie com esta dádiva. Nox cumpriu bem seu dever de ser uma boa opção para se divertir na espera por Diablo 2. Apesar de ser excepcional no jogo solitário, o modo de multiplayer influenciou muito na nota final, pois fugiu da temática do jogo para um estilo mata-mata. Mesmo assim, a Westwood e o nerd Michael Booth levam o meu jóia hoje.

Prós:
+ Muitas missões;
+ Gráficos bonitinhos;
+ Vastos itens e magias;
+ Músicas agradáveis;
+ Não requer uma máquina poderosa.

Contras:
- Multiplayer fraco;
- Alguns bugs no modo multiplayer


Nenhum comentário

||
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach
©2016 GameVicio