GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Need for Speed: Porsche Unleashed para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Ferdinand Porsche, alemão responsável pelo desenho do Fusca, é a figura de destaque na ilustração que abre o menu do novo Need For Speed. Isto porque, em 2000, a série abdicou da tradicional seleção de carros esportivos para se dedicar exclusivamente às criações deste célebre designer.

Teremos então um Need For Speed baseado totalmente em Fuscas azul piscina envenenados? Negativo, caro terráqueo. Este ano, a Electronic Arts está colocando toda sua gasolina em maravilhosos e sensuais Porsches, a marca fundada pelo velho alemão.

Need For Speed: Porsche 2000 parece ser feito sob medida para a legião de apaixonados por Porsches, que terão a oportunidade de conhecer a gloriosa história desta marca num passeio de carro que vai do 356, ao moderno 966 Turbo, passando, é claro, pelo favorito de James Dean: o Spyder. Quem ainda não sabe amar um Porsche, pode aprender um pouco mais sobre esses carros tão distintos, enquanto experimentam uma série de outras inovações na série Need For Speed.

Cara de Porsche, coração de Fusca?


Por falar em Fusca, me lembro que, aqui no Brasil, em época de recessão, um Porsche era tão cobiçado e raro de se ver que freqüentemente me deparei com uma mistura desses dois automóveis: o Fusca-Porsche, uma aberração que aproveitava de tudo do velho e barato fusquinha (ou o chassi de um Karmann Ghia, para as réplicas mais sofisticadas), mas que externamente, usava a carcaça de um Porsche 911. Urgh! Patético - para ser simpático e não dizer asqueroso - mas até então era o mais próximo de um Porsche que alguém poderia chegar.

Hoje, quem for muito endinheirado pode importar seu 911 por duzentas mil doletas, só para dar um rolé no fim de semana (afinal, ninguém vai à quitanda na segunda feira dirigindo um carro deste). Ou então, podemos ter o gostinho da virtualidade e ir a loja e pedir pelo novo Need For Speed: Porsche 2000 que, pelo menos, custa só algumas dezenas de reais.

O jogo te coloca em contato intimo com os carros, permitindo visualizar o exterior e interior da máquina, de qualquer ângulo. Dá para curtir todos os detalhes, da costura dos bancos ao estilo bacana do painel, além de poder escolher a cor e adesivos extras para decorar a lataria. No modo de jogo "Evolução", onde se compra o carro para competição, é possível inclusive envenenar seu adorável carrinho com vasta gama de apetrechos, que não servem apenas para aumentar a performance na pista, mas também para mudar o visual externo, às vezes.

A EA fez um belo trabalho, explorando todo o charme dos carros e dando, ao jogador, detalhes que não poderiam ser ignorados num jogo com esta licença.

Mais do mesmo


Dizem que com os filmes de James Bond, se você viu um deles é como se tivesse visto a série toda, tamanha é a semelhança entre eles. Com Need For Speed é mais ou menos a mesma coisa. A base se mantém, mas a cada ano inventam algumas superficialidades e incrementam alguns aspectos básicos. Mas por incrível que pareça, o pessoal da EA tem conseguido acertar em suas invenções para Need For Speed, mesmo tendo pouco tempo para desenvolve-las. Agora que a modalidade de corrida da polícia (Hot Pursuit) parece ter envelhecido, deu-se prioridade ao modo de carreira de piloto, misturando também um pouco das idéias de Driver, onde se cumpre missões motorizadas.

Need For Speed Porsche 2000 apresenta, além da velha corridinha rápida, três novos modos de jogo: Eliminatória, Evolução e Piloto de Fábrica. Vejamos o que nos espera em cada um.

"Eliminatória" é uma bela besteira, onde o ultimo carro em cada volta é eliminado, até restar apenas um. Pra quem ainda gosta de brincar da dança das cadeiras, deve ser uma emoção de valor. Pra mim, é inútil.

Já o modo "Piloto de Fábrica" propõe algo deveras interessante. Você se apresenta à fábrica da Porsche, faz um breve teste e ganha seu emprego de piloto de testes Junior. Ou seja, você é um moleque irresponsável que testa Porsches para a fábrica e, eventualmente, presta alguns servicinhos tipo Office-boy. A maior parte das missões neste modo se resume a fazer slalom em cones, testando suas habilidades de curva e freio, basicamente. Em outras ocasiões você será incumbido de levar um carro a alguém, sempre correndo contra o relógio. O grande desafio deste modo é chegar a uma corridinha com Stephanie, a melhor piloto da Porsche e talvez a única mulher capaz de guiar melhor que um homem no mundo. Este modo não só é divertido como também serve para ganhar intimidade com o controle dos carros de maneira gradual.

"Evolução" é que vai gastar a maior parte do seu tempo neste Need For Speed. Trata-se do já tradicional modo de carreira, onde você assume o papel de piloto de competição através de toda a história da Porsche, ganhando prêmios em dinheiro e investindo em novos carros e peças. Envolve certa dose de estratégia, já que é necessário saber comprar e vender bem os carros, sem tirar o foco do principal que é ganhar as corridas. ?? especialmente interessante porque o valor do seu carro está diretamente ligado a sua boa performance, afinal, arranhões na lataria e danos mecânicos irão desvalorizar sua máquina no mercado.

O modo de Evolução é realmente a essência do entretenimento de Need For Speed Porsche 2000, mas infelizmente para aproveitar desta maravilha, há de se ter paciência de uma professora de primário. Isso porque você naturalmente vai começar a correr com um Porsche antigo, que desenvolve velocidades não muito excitantes. Como as pistas foram desenhadas pensando em servir bem a toda época e a todos os modelos de Porsche, você fatalmente terá que passear num modelo de baixa performance, numa pista larga e de curvas fáceis até que tenha o verdadeiro prazer de sentar num super esportivo de alta performance e queimar borracha pelas pistas. A primeira era do modo de Evolução serve mais como um passeio de domingo, observando as deslumbrantes paisagens européias e esquecendo da disputa.

Belos cartões postais


Deslumbrantes define bem os cenários de Need For Speed Porsche 2000. Aliás, desde o primeiro jogo esta série se caracterizou pelo desenho inspirado das mais bucólicas paisagens européias. ?? incrível, mas ainda dá para ficar impressionado com a qualidade do desenho desses cenários.

Preste atenção por exemplo na pista de Schwarzwald, a floresta negra, onde se passa pelo meio de uma densa floresta de coníferas e por uma ponte onde o vento forte faz a água espirrar pela pista. Na estrada dos Alpes passamos de um belo por do sol em meio às montanhas para um trecho de forte nevasca que cria desenhos no parabrisa do seu carro. Pelo bigode de Ferdinand Porsche! ?? tão belo que resolvi separar quatro fotos para ilustrar este review desta vez. Dê uma olhada logo abaixo.

Para mim o maior desafio de Porsche 2000 não foi ativar os carros secretos nem ocupar minha garagem com todos os modelos. Eu queria mesmo é poder liberar todas as belíssimas pistas.

Porsche é legal, mas quero outros


Need For Speed é isso mesmo: lindas paisagens, jogabilidade e física simples. Este ano temos mais um dose disso, mas houve um breve esforço para incrementar a jogabilidade. O jogo não chega aos pés de Gran Turismo no que diz respeito à jogabilidade e realismo, mas também não faz feio. Os carros derrapam direitinho (não muito realista, mas não atrapalham a jogabilidade) e pode-se notar a suspensão trabalhando intensamente. Cada carro tem sua dirigibilidade peculiar, o que mostra que o cuidado dos programadores em representá-los dignamente não se resumiu ao aspecto externo.

?? de se esperar que a EA esteja lançando mais jogos baseados em uma única fabricante de carros a cada ano, para saciar a necessidade de inovação da série. Quem sabe daqui a dez anos teremos a reunião de todas essas marcas de volta à série, num jogo que poderá rivalizar os mais de 500 modelos de Gran Turismo 2? Seria ótimo. Para o ano que vem já posso fantasiar com o incrível Need For Speed: Lada 2001, com todos os carros da famosa marca russa. Uau!

O Veredicto:
Eu gostei de Need For Speed Porsche 2000. A "homenagem" aos Porsches foi muito bem feita e os novos modos de jogo saciaram todas as necessidades básicas de jogabilidade e durabilidade. Como a série parece estar sempre evoluindo e se especializando em uma única marca de carros, este acaba sendo um item essencial para a sua coleção. Pode comprá-lo, numa boa.

Prós:
+ Belíssimos cenários, mais uma vez;
+ Jogabilidade aprimorada;
+ Modos "Piloto de fábrica" e "Evolução" são bacanas.

Contras:
- Falta desafio em alguns momentos;
- ?? o mesmo jogo de sempre.


1 comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

9.2 / 10
GameVicio
©2016 GameVicio