GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de NASCAR 2000 para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


"Mostre que você pode domar o trovão" - este é o slogan em destaque na caixa de Nascar 2000, a mais nova simulação do stock car americano da EA Sports.

Posso dizer que, pelo menos no slogan, este jogo acertou em cheio. "Domar o trovão" é uma das minhas mais antigas ambições. Quando criança, minha avó já revelava: "este menino um dia irá domar o trovão. Ele é o escolhido" - e dizia isso sempre seguido de uma risada no estilo "mmmuahaha". Minha outra missão, creio eu, era domar o vento.

Infelizmente, até hoje, "The Real Deal" não soube domar nem o temperamental Yorkshire Terrier com o qual dividia seu habitat eventualmente. Mas, garanto que não tive medo ao experimentar o "trovão" de Nascar 2000.

Para o alívio de todos, o "trovão" a ser domado aqui é nada menos que um super carro de Nascar, com 750 cavalos de potência. O ronco do motor, que leva esta belezinha a mais de 300 Km/h, é o que caracteriza o som que precede a tormenta.

Trovão facilmente domado


Nascar 2000 pode ser considerado uma continuação de Nascar Revolution, um mediano jogo de Nascar lançado no ano passado pela EA. A idéia é proporcionar um jogo de Nascar realista, mas que não seja tão "profissional" quanto o concorrente Nascar Racing 3, da Papyrus.

E realmente não é tão difícil domar o trovão em Nascar 2000. Os controles respondem bem e a física não é tão sofisticada, e difícil, como no concorrente. Este Nascar da EA ainda apresenta menus intuitivos e belos gráficos - um conjunto que é mais atraente para o jogador iniciante.

Embora seja um jogo mais "amigável", Nascar 2000 ainda mantém todas aquelas características necessárias em uma boa simulação da categoria e que acabam sendo 50% da emoção do Nascar. Na garagem você pode ajustar seu carro para um melhor desempenho nas pistas ovais, modificando a pressão dos pneus, regulando amortecedores e alterando a distribuição de peso no carro. Pode também regular o spoiler traseiro, relação de marchas, cambagem da roda e curso do volante, além do essencial: definir qual é a quantidade ideal de combustível para vencer a corrida, maximizando o tempo perdido no pit-stop. Sem botar a mão na graxa, será muito difícil vencer uma corrida.

Efeitos de iluminação, como a sombra em tempo real no seu cockpit e a variação na posição do sol, são outra qualidade que soma pontos no quesito realismo. Sem falar no primoroso som dos motores, que é o mais realista da categoria.

Cheiro de rosquinhas com cerveja no ar


Não há muito mais em Nascar 2000 que ainda não tenha sido explorado ao máximo nos outros zilhões de jogos desta categoria. Aliás, para um esporte tão limitado (principalmente na dirigibilidade dos carros), a existência de tantos exemplares gamísticos é um contra-senso. Nascar é mais um desses esportes que os americanos amam, mas o resto do mundo não entende. ?? como assistir luta-livre ou comer rosquinhas.

E por falar nisso, vale a pena salientar que Nascar 2000 apresenta o ambiente ideal para se curtir as emoções do stock car americano. Da apresentação à tela de escolha dos pilotos/equipes, este é um produto típico da terra dos "big boobs". Dá até para sentir cheiro de Budweiser no ar.

Ele apresenta as equipes e patrocinadores oficiais da corrida, 18 circuitos (de Atlanta até Watkins Glen) e nada menos que 40 pilotos reais da categoria. São 33 pilotos, entre os bigodudos e aqueles com cara de nerd do Silicon Valley, e, veja só, 7 lendas do Nascar, como o sexagenário Cale Yarborough. Infelizmente, sua escolha é limitada aos pilotos existentes, portanto, se quiser ser você mesmo o piloto, o jeito é fantasiar como eu (vide a primeira das fotos abaixo).

Entre os notáveis bigodudos, destacamos a presença do "Rei", que está sempre disposto a um desafio nas perigosas pistas do Nascar. Seria esta então uma corridinha a 300 Km/h contra Pelé? Roberto Carlos? Quem sabe... A princípio eu também pensei isso, mas o "Rei" aqui é Richard Petty - o melhor piloto de Nascar do mundo.

Mesmo com todo respeito que tenho à realeza, é inevitável salientar que depois de duas corridinhas com The Real Deal, o nobre Petty já estava reduzido a plebeu.

O Veredicto:
Esta segunda tentativa da EA já é, ao lado de Nascar Racing 3, o que há de melhor nas simulações da categoria Nascar. Se você prefere um jogo mais fácil, mas que não deixa de dar a devida atenção aos detalhes da simulação, ponha logo o boné, deixe crescer o bigode e peça Nascar 2000!

Prós:
+ ??timos gráficos;
+ O som do trovão está presente, graças ao sistema de som Stacatto DSP, usado na reprodução do ronco dos motores;
+ ?? mais intuitivo que o concorrente Nascar Racing 3.

Contras:
- Com o excesso de opções no gênero, Nascar 2000 não consegue inovar em absolutamente nada.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
7/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach
©2016 GameVicio