GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de FIFA Soccer 2004 para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


A chegada de Pro Evolution Soccer/Winning Eleven ao PC esquenta ainda mais a briga com FIFA pela supremacia no gênero e comprova que não há nada mais irracional que uma discussão sobre futebol. Os fóruns na Internet estão cheios de tópicos no estilo ???Qual é melhor: FIFA ou WE????. Não se pode mais falar de um sem que alguém proponha uma comparação com o concorrente. A discussão afetou até um
anão esquizofrênico da Terra Média que diz ser fã do FIFA, pelo menos quando seu lado mau não assume o controle.

Mas vamos aos fatos. Ambos os jogos tem qualidades, mas são para perfis diferentes de jogador. FIFA vende mais no ocidente, mas é infinitamente mais marqueteado que o concorrente, que ainda está preso à mentalidade de auto-suficiência do mercado japonês de videogame.

FIFA é um jogo que até uma senhora de 80 anos consegue jogar e marcar gols. Winning Eleven é complexo e requer paciência. FIFA 2004 tem três superstars do futebol na capa, Winning Eleven tem um juiz italiano admirado e reconhecido só por quem gosta muito de futebol. FIFA é a Sheila Carvalho, Winning Eleven Monica Belucci. FIFA é um hambúrguer, Winning Eleven um Pigeonneau désossé puis farci de foie gras, jus à l???olive.

The New Features???


Off the ball??? control, Football Fusion???, EA Sports Trax???... todas as novidades de FIFA 2004 receberam nomes adequados ao fino marketing da EA Sports.
Uma das mais interessantes, embora estranha, é o controle dos jogadores sem bola (Off the ball control ???) que tem o objetivo de deixar o jogo mais dinâmico. Com toques no botão Z (ou o que for configurado no seu gamepad) você pode selecionar um de três jogadores sem bola para tramar uma jogada com ele ou forçar um deslocamento do mesmo. ?? possível até assumir o controle deste jogador sem bola, mas costuma causar muita confusão. Cobranças de córner também são beneficiadas pelo sistema que deixa o jogador na área livre para ser comandado pelo jogador.

A cobrança de falta também foi mudada para melhor, com uma mira auxiliando a colocação da bola e uma barra de força definindo a precisão do chute.
Um novo modo, Career Mode (modo de carreira) é mais ou menos como o Master League de Winning Eleven. Você assume um time e ganha pontos de acordo com os objetivos alcançados, como ganhar a liga, ter a melhor regularidade, fazer mais gols etc. O rebaixamento para a segunda divisão ou um déficit de gols subtrai seus pontos. ?? o modo mais divertido de jogar FIFA 2004 e uma excelente adição à série.

Já o Football Fusion ??? é nada mais que uma opção de integrar o Total Club Manager 2004 (futuro lançamento da EA Sports) ao FIFA. Você gerencia o time no Total Clube e joga no FIFA 2004.

A trilha sonora, ou melhor EA Sports Trax ???, é a maior e melhor da série até hoje. São dezenas de músicas licenciadas, de artistas de todo o mundo, da Alemanha ao México. O Brasil é representado com duas canções: a favorita dos pentacampeões Deixa a Vida me Levar, de Zeca Pagodinho, o primeiro pagode da série FIFA, e Já Sei Namorar dos Tribalistas.

Fora isso, a série mantém o excelente trabalho de licenciamento com vários times das ligas dos mais relevantes países praticantes do futebol, que é uma das maiores forças da EA na briga com a Konami e Winning Eleven. Do campeonato brasileiro temos Corinthians, Fluminense, Cruzeiro, São Paulo, Vasco, Atlético Mineiro, Santos, Botafogo, Bahia, Palmeiras, Grêmio, São Caetano, Vitória, Flamengo, Internacional e Atlético Paranaense.

Fácil, defeituoso, mas muito bem apresentável


A jogabilidade também continua na tradição da série: fácil, muitas vezes pouco realista, mas também muito agradável para quem não tem muita intimidade com simuladores de futebol.

Ao mesmo tempo em que a falta de realismo e a superficialidade do jogo podem agradar instantaneamente a um grande espectro de jogadores, é um defeito desagradável para quem curte jogos realistas. Você pode, por exemplo, sair da área com o goleiro e ir em direção ao gol do adversário sem ser molestado. O zagueiro adversário recua e abre espaço para você, até mesmo quando você corre em sua direção. E isso é no nível de dificuldade chamado Semi-pro. ?? para ajudar o jogador casual? Ok. Mas é bobo.

Mas pelo menos o toque de bola está mais dependente da pontaria e a redonda se comporta com uma física melhor. ?? bom saber que a EA ainda se esforça para melhorar a jogabilidade também, embora sempre haja mais empenho em tornar o jogo bonito e bem apresentável.

Por falar em bonito, no quesito qualidade da animação FIFA continua sendo um espetáculo. Um das melhores que vi foi quando dei um carrinho desleal no adversário e os jogadores vieram tirar satisfação empurrando e criando a maior confusão, até o juiz entrar no meio do bolo com o cartão vermelho e mandar meu jogador mais cedo pro chuveiro. ?? um jogo de futebol cinemático eu diria, e muito competente nesse aspecto.

A modelagem dos rostos é outro ponto forte. Alguns jogadores menos famosos não têm nada a ver com seu equivalente real, mas os mais famosos podem ser reconhecidos de longe e, com uma ou outra exceção, são perfeitos.
Um destaque negativo vai para os menus: confusos, mal feitos e sem a opção de configurar teclas e botões do gamepad. A EA deve lançar um patch para resolver alguns desses problemas em breve, adicionando o menu de personalização de controle.

O Veredicto:
FIFA continua sobrando no que diz respeito à apresentação. As animações estão cada vez melhores, o número de times cresce a trilha sonora é excepcional e a jogabilidade muito intuitiva. As novas opções de jogo, um ou outro ajuste de jogabilidade e as novidades do controle fazem de FIFA 2004 uma boa distração para o gamer casual e jogo um bocado melhor que seu antecessor, embora sempre muito longe da real simulação do jogo oferecida por Winning Eleven.

Prós:
+ Modelagem impecável de vários jogadores, com rostos reais;
+ Off the ball control ???, Football Fusion ??? e o modo de carreira são bem vindos;
+ Continua fácil e acessível. Diversão perfeita para a família;
+ A melhor trilha sonora de um FIFA até hoje.

Contras:
- Como sempre, pouco realista e um tanto bobo na jogabilidade;
- Menus feios, mal feitos e pouco intuitivos;
- Impossível de configurar teclas e botões do gamepad.


Nenhum comentário

||
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach
©2016 GameVicio