GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de SimCity 4 para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


SimCity 4, assim como todos seus antecessores, promete trazer até seu computador a prefeitura de uma cidade criada por ninguém menos que você, mas sem o stress e os gastos exorbitantes de uma candidatura pela qual a turminha de prefeitos das cidades de todo o Brasil provavelmente passaram.

Volta em grande estilo


O que dizer de mais uma versão de um dos jogos mais consagrados de todos os tempos como SimCity? Será que é tudo aquilo que você já viu? Tem algo realmente revolucionário, que faça jus a uma quarta edição, ou é mais um produto oportunista?

Bem, para alegria dos fãs da série e dos simpatizantes do estilo ???jogo terapêutico sem maiores objetivos??? pode-se dizer que SimCity 4 é o mais evoluído, balanceado, e talvez o mais divertido dentre todas as outras versões.

Digo isso porque, na minha opinião, depois da versão de SimCity para o Super Nintendo e antes de SimCity 4, a série foi perdendo um pouco do brilho apesar de todas as inovações, principalmente se comparando com a versão do SNES lançada dez anos atrás, onde a cada meta alcançada recebia-se uma premiação, que variava de pequenos chafarizes, à liberação de novos cenários (como o Tokyo 1961 onde sua cidade era surpreendida pelo ataque do Bowser e você tinha 5 anos para repará-la), e até uma espécie de Estátua da Liberdade com Super Mario no lugar da senhora da tocha (prêmio recebido quando se alcançava a meta quase insuperável de 500.000 habitantes).

Como foi dito, de lá pra cá muitas inovações gráficas muito bem vindas deram mais cor e beleza à série, mas o fator diversão perdeu um pouco do brilho, já que em SimCity 3000, por exemplo, os prêmios são tão constantes que a palavra ???prêmio??? em si perde o sentido, e o fator diversão paga o pato.

Mas deixando o passado um pouco de lado, é uma grande satisfação constatar que SimCity 4 traz todas as qualidade que a série já teve e pensou em ter algum dia, num pacote praticamente perfeito de inovação e diversão.

Dinheiro na mão é vendaval


Agora para erguer determinadas construções você, além de dinheiro e espaço no mapa, precisa ter popularidade como prefeito (sim, agora há esse fator, o qual explicarei depois), um determinado número de habitantes, conexões com cidades vizinhas, etc. Todas essas variantes dependem de qual construção você pretende realizar. Não adianta você ter uma fortuna nos cofres da cidade e querer ampliar a sua cidade construindo tudo que lhe aparece pela frente. Felizmente não é assim que as coisas funcionam desta vez.

E mesmo que você tenha um número populacional, requisito que lhe permite levantar tais construções especiais, e dinheiro o suficiente para a obra, você precisa também do dim-dim para mantê-las. E é esse o fator pelo qual a jogabilidade de SimCity 4 torna-se muito mais desafiadora que seus antecessores.

Aqui você precisa ter o espírito de um empreendedor e o jogo de cintura de um político. Mesmo que você seja um daqueles famintos por tecnologia ao preferir construir a usina de energia mais moderna possível logo no começo do jogo, ter os pés no chão é realmente aconselhável, pois tal tecnologia pode literalmente lhe custar caro mensalmente. Além do que, desperdiçar energia é desperdiçar dinheiro. Lembre-se disso!

Esse balanceamento de ???recursos versus fomeagem??? melhorou espantosamente a jogabilidade e durabilidade de SimCity 4. O prazer do desafio em fazer a cidade perfeita sempre com dinheiro em caixa nunca esteve tão claro e significativo.

Um exemplo disso é a possibilidade de agora construir tipos de aeroportos diferentes. Cada aeroporto se difere do outro pelo custo de construção, manutenção, atração de Sims, e mais comércio para cidade. Só que se você quiser construir um aeroporto internacional, ao invés de uma humilde pista de decolagem com hangar, se prepare, pois a diferença do custo de manutenção de um para o outro é exorbitante. Portanto, se sua cidade não for grande o bastante para manter tal estrutura, o caixa da prefeitura sofrerá com isso, e consequentemente, o seu mandato também.

Zonear é moleza


São muitas as boas novidades de SimCity 4, mas uma das mais bem vindas e úteis é o modo de construção das zonas residenciais, comerciais, e industriais.

Ao contrário das versões anteriores, a tarefa de zoneamento e planejamento em SimCity 4 ficou muito mais fácil. Antes você tinha que zonear (no bom sentido) as áreas a serem construídas tomando o cuidado para que as ruas, estradas de ferro, etc, dessem acesso às regiões em construção de forma que elas não ficassem isoladas. Agora ao selecionar uma área a ser construída, ruas secundárias são postas automaticamente facilitando o trânsito local e a construção, sem o stress de se preocupar constantemente com aquela pergunta: ???Será que o tamanho dessa área residencial está bom, ou vai ficar sem acesso para os Sims????.

Esse fator de planejamento facilita muito a vida de um prefeito. Mas não é só isto não! A ferramenta de construção do mapa onde sua cidade se hospedará também está muito mais completa e fácil de usar.

Agora você tem inúmeras opções na hora de mexer com o terreno. Se quiser fazer montanhas há vários tipos: chapadas, montanhas íngremes, elevados, etc. Isso sem contar as opções para fazer vales, planícies, gargantas, fossas, criar erosões, desgastar o terreno, e muitas outras.

Você pode também arborizar (como nos SimCitys anteriores) e ainda colocar vida animal como cavalos selvagens, leões, girafas, elefantes, alces, etc, só pra dar aquele toque especial de lugar inabitado.

Mas uma das ferramentas mais interessantes é a de mesclagem das bordas do seu mapa com os mapas vizinhos. Essa ferramenta faz com que uma montanha que esteja na beira do seu mapa se encaixe perfeitamente com o relevo do mapa da cidade vizinha. Essa ferramenta é interessante, porque agora você tem um mapa gigante representando um estado inteiro (que é ???editável??? também). Esse mapa do estado é todo quadriculado, onde cada quadrado representa o mapa de cada cidade já criada ou a ser criada.

Esse esquema de vizinhança já estava presente em SimCity 3000, só que com a opção de quatro cidades vizinhas (cada uma num sentido da bússola: N, S, L, O), e sem a metade da complexidade e diversão que essa quarta versão oferece. Em SimcCity 4 você pode criar sua cidade num lugar do mapa gigante, e seus familiares ou amigos em outros lugares, compartilhando se quiserem todos os benefícios que as cidades podem oferecer umas as outras. Esse recurso aumenta bastante o fator diversão ao criar uma espécie de competição onde todos buscam a cidade ideal: qual prefeito é mais popular, qual cidade tem mais grana, qual tem mais habitantes, qual é mais bonita, e por aí vai...

Eu prometo gráficos melhores...


Promessa cumprida com louvor. ?? o que se pode dizer em relação a esse quesito. SimCity 4 realmente não decepciona nem os mais críticos.

Com um sistema gráfico completamente novo, em 3D, SimCity 4 está mais belo do que nunca! A riqueza de detalhes vai de um simples automóvel passeando pelas ruas dos bairros, aos postes acendendo as luzes ao começo do pôr do sol. E não pára por aí. Após os postes se acenderem há um efeito cascata no qual as luzes das casas e edifícios vão se acendendo gradualmente. ?? bem bacana!

Outro exemplo de melhoria gráfica pode ser observado nos aeroportos. Em SimCity 3000 você demarca a área onde o aeroporto será construído (assim como na demarcação das zonas residenciais, comerciais, e industriais), e pequenos galpões, pistas de decolagem, torres, etc, se levantam aleatoriamente fazendo do aeroporto uma mistura bizarra de construções. Agora não, em SimCity 4 cada tipo de aeroporto tem sua construção diferente num bloco único com uma riqueza de detalhes impressionante.

Os desastres, como era de se esperar, também estão belíssimos! Os edifícios pegando fogo com carros de bombeiros tentando controlar o incêndio, um meteoro caindo sobre a cidade com seu rastro de fumaça na atmosfera destruindo tudo que está em seu caminho e ainda abrindo uma vala no chão, e muitos outros desastres deixam qualquer um sem fôlego.

?? lindo também acompanhar a sua cidade com um bom zoom, pois é assim que você repara na sutileza dos pequenos detalhes, coisas que de longe não parecem ser tão perfeitas e ricas em movimento, mas que de perto surpreendem. Ver os Sims agindo, os diferentes veículos andando pelas ruas, os bombeiros descendo de seus carros para combater o fogo, as greves e manifestações nas ruas com cada Sim segurando sua placa de protesto, e outros zilhões de detalhes dos quais eu poderia escrever umas duas páginas só para contar. Temos 72 fotos, sendo 15 exclusivas, no slide-show logo abaixo, portanto veja e comprove.

Sim desempregado procura uma nova cidade para morar


Uma das grandes novidades de SimCity 4 é a possibilidade de levar um Sim do jogo The Sims para as terras do simulador de cidades. Será que a idéia foi bem aplicada?

Eu particularmente esperava um pouco mais dessa ferramenta. Este recurso dá ao jogador a possibilidade de criar um Sim (você pode dar a ele nome, signo, e até editar uma pequena biografia), e/ou importá-lo de qualquer versão do The Sims. Pode-se assim dar-lhe uma moradia clicando na construção residencial desejada. A partir daí fica por conta do Sim interagir na cidade, procurar emprego, mudar de residência quando desejado etc. Um pouco simples como pode ver.

A vantagem de se criar ou importar Sims é que eles retratam os benefícios e carências de se morar na sua cidade, reportando sempre o que está acontecendo nas suas vidas. Eu, por exemplo, criei um Sim dando-lhe um nome, um signo, uma cara, e uma história, mas passadas algumas horas de jogo, ignorando suas constantes reclamações sobre os altos impostos e falta de emprego, percebi que ele havia feito as malas para uma cidade melhor. Tudo isso foi retrato da minha incompetência como prefeito, mas que me fez aprender a escutar melhor meus Sims, e a aumentar a minha reputação como tal, que até então não havia percebido o quão era importante.

O elemento de reputação descrito acima - muito inspirado na idéia de The Sims - deu mais graça ao jogo. Veja o por quê:

Lembra-se que, em The Sims, seus Sims têm algumas variantes como conforto, higiene, fome, cansaço etc? Pois bem, essas variantes dos Sims foram empregadas à administração da cidade dando lugar a palavras como: saúde, educação, tráfego, etc. Elas funcionam de uma maneira bem familiar: se você melhorar o trânsito da cidade com a construção de vias de trânsito rápido, entre outras coisas, o fator ???tráfego??? terá um aumento demonstrado numa barra horizontal, parecido com o que acontece em The Sims. O conjunto desses fatores, ao crescerem ou diminuírem, influem diretamente na sua avaliação como prefeito, e essa avaliação poderá ser crucial na construção de algumas edificações especiais, as quais trazem muitos benefícios para a sua cidade.

Funciona como um ciclo onde você investe e a cidade ganha, mas tudo no bom e velho estilo The Sims.

Observações finais


SimCity 4 foi testado em duas configurações de PC: uma com processador de 600Mhz e placa 3D Riva TNT2, e outra com processador de 1.7Ghz e placa 3D GeForce 3 Ti. Na configuração mais modesta, rodou razoavelmente bem desde que se abra mão de alguns detalhes gráficos, como o número de carros nas ruas, nuvens no céu e outras miudezas. O jogo fica bem lento quando se usa o zoom e quando ocorrem desastres.

Já no PC de 1.7 Ghz, rodou melhor, embora ainda agarrando em muitas situações, e pode-se observar com maior nitidez detalhes como a transição do tempo e o desenho perfeito dos prédios na visão (zoom) mais afastada.

O Veredicto:
SimCity 4 é a versão mais perfeita de toda a série, e certamente merece a atenção até dos que não curtem muito o estilo terapêutico do gênero: construir e crescer aos poucos ao som de uma música relaxante. Dentre todas as suas qualidades, destacam-se o balanceamento perfeito com um toque de inovação, e os gráficos lindos e detalhados em 3D. Este promete e realmente cumpre!

Prós:
+ Gráficos soberbos;
+ Todo em português com já é de praxe;
+ Bem mais polido em todos os aspectos;
+ Jogabilidade bem melhorada lembra os bons tempos da versão para o SNES;
+ Músicas relaxantes, como sempre;
+ Dá pra jogar em computadores mais fracos, apesar de ficar lento;
+ Tema sempre interessante, divertido, e para toda a família. Contra: - ?? um pouco pesado até para as super-máquinas devido à riqueza de detalhes; - Fazer dinheiro pode ser um pouco frustrante para os iniciantes e para os mais ávidos por desenvolvimento; - Interação com The Sims deixou um pouco a desejar, mas ainda assim é uma bom recurso a mais. Clique em uma das fotos abaixo para iniciar o slide-show com 72 fotos:

Contras:
- ?? um pouco pesado até para as super-máquinas devido à riqueza de detalhes;
- Fazer dinheiro pode ser um pouco frustrante para os iniciantes e para os mais ávidos por desenvolvimento;
- Interação com The Sims deixou um pouco a desejar, mas ainda assim é uma bom recurso a mais.


Nenhum comentário

||
Outer Space
9/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

©2016 GameVicio