GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de 4x4 Evolution para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Na briga pelo realismo, a produtoras de jogos estão trabalhando arduamente em gráficos, texturas, efeitos visuais e físicas cada vez mais bem elaboradas. Com estas promessas foi anunciado 4x4 Evolution, um jogo de corridas offroad desenvolvido pela Terminal Reality. Mas será que ele cumpriu com o que prometido ou se comportou como os políticos brasileiros em época de candidatura? Veremos.

Boas variedades


4x4 Evolution é um jogo de corrida off-road, onde a aceleração e a velocidade máxima exagerada dos carros possantes são substituídas pela potência e torque dos grandes utilitários esportivos, como caminhonetes e pequenos furgões. Veículos com tração nas quatro rodas, que encaram qualquer terreno, são os que ditam as regras aqui. Podemos encontrar: Chevrolet Blazer, Silverado, Suburban e Tahoe; Dodge Dakota e Durango; Ford F-150, F-250, Explorer, Excursion e Expedition; GMC Jimmy, Yukon e Sierra; Lexus LX 470 e RX 300; Mitsubishi Montero e Pajero; Nissan Pathfinder e Xterra; e Toyota 4Runner, Land Cruiser, RAV4, Tacoma e Tundra. Além deles, existem outros modelos preparados para competição, como o Chevrolet Trailblazer Race, e alguns outros derivados dos citados acima, com variações de 4x4 e 2x2, cabine normal e dupla, diferentes motorizações, etc.

4x4 Evolution é composto por diversas pistas, todas elas muito grandes e que permitem uma liberdade enorme de escolher o melhor caminho a ser seguido. Esqueça aquela obrigação de ter que continuar na pista ou pegar um ou outro atalho. Aqui, o jogador pode fazer o trajeto que quiser, desde que passe pelos checkpoints determinados. Por exemplo, se um checkpoint está em linha reta e a pista é cheia de curvas, você pode escolher entre enfrentar tudo quanto é montanha ou rio que estiver na frente para chegar até o ponto determinado ou simplesmente seguir normalmente pela estrada. Esta característica é muito interessante, mas, no final das contas, acaba que, quase sempre, os veículos seguem pela mesma trajetória, cortando os mesmos caminhos e passando pelos mesmos locais.

A variedade de campeonatos também é enorme, porém nem todos estão disponíveis desde o início. 4x4 Evolution segue um estilo similar a Gran Turismo, do Playstation, no que diz respeito à liberação das competições. Existem restrições quanto ao peso, marca, potência e até aparência dos utilitários, o que força você a comprar vários veículos e equipa-los sempre. Juntando a boa variedade e extensão de pistas, campeonatos e veículos, a durabilidade ficou excelente.

O jogo tem os seguintes modos: Corrida rápida, disputa contra o relógio, carreira e multiplayer. A corrida rápida e a disputa contra o tempo são aquelas opções velhas e superficiais que existem, que na maioria das vezes, só serve pra descontrair um pouco. O modo multiplayer é interessante e divertido devido à extensão e variedade das pistas, mas a velocidade não é um dos fatores mais agradáveis nele. A novidade nos confrontos on-line é que tanto os jogadores da versão de PC, quantos os de Mac e Dreamcast, podem se enfrentar sem discriminação, pela rede do site americano Gamespy.

Entretanto, a opção que mais merece destaque é a de carreira. Nela, você inicia com um determinado montante de dinheiro, suficiente para a sua primeira aquisição automotiva. Na tela de compra de veículos, uma boa opção de utilitários e peças fizeram com que eu gastasse uns trinta minutos analisando qual seria a minha compra. Optei pela Dakota e segui o meu caminho, correndo em alguns eventos.

Um fator bastante inovador é na hora de comprar acessórios e peças para os veículos. Ao contrário dos demais jogos do gênero, onde existem apenas pneus, motor, transmissão e suspensão para a compra, em 4x4 Evolution uma cacetada de equipamentos está disponível. Temos peças eletrônicas, grades de proteção, faróis de milha e neblina, reforço para pára-choques, & 147;Santo Antônio& 148; e mais uma infinidade de badulaques muito bacanas. Mas não pense que isso é apenas perfumaria, pois cada um destes itens tem a sua necessidade nas corridas. Por exemplo, as grades frontais fazem com que o veículo não perca velocidade quando bater em um obstáculo.

Visual é "tinino"


Os gráficos chutam bundas. Nos cenários, temos uma variedade enorme de objetos e de outros veículos que interagem, principalmente se você for muito & 147;roda dura& 148;. São aviões voando, tratores trabalhando, carros trafegando, tubarões nadando pelos mares e mais uma infinidade de coisinhas que se mexem por aí. Estes ambientes ficaram belos e ricos em detalhes, além de variados (são desertos, florestas, pistas de neve, estradas e montanhas). Também, sempre existe algo de diferente nos circuitos, como galpões, construções, postos de gasolina e até hangares de avião.

Os veículos também ficaram muito bem detalhados e quase idênticos aos reais. Certas minúcias destes utilitários esportivos podem ser percebidas a todo instante, seja pelas rodas de liga leve ou pelos adesivos e marcas na lataria. Uma belezura.

Já nos quesitos sons e músicas, 4x4 é uma decepção. As músicas irritam profundamente, mesmo com a ingestão forçada de um Lexotan, e merecem ser desligadas o mais rápido que você conseguir entrar no menu de opções possível. Os sons também não agradaram nada. Qual seria a sua sensação em pilotar uma caminhonete envenenada com barulho de enceradeira Arno? Com certeza a mesma que a minha: péssima. Os demais barulhos dos cenários são legais, mas não merecem destaque.

Dementes artificiais


Mas apesar de ter os utilitários fielmente retratados, e estes possuírem um punhado de configurações, o que traz um ar enorme de simulação, 4x4 Evolution não passa de mais uma corrida arcade para o PC. Dirigir nos mais diferentes terrenos é uma tarefa simplérrima e que não exige alguma habilidade técnica ou de raciocínio do jogador: apenas o seu reflexo e sua constância são explorados. E a inteligência artificial precária contribui para isso. Os pilotos controlados pelo computador são um bando de dementes que não conseguem sequer desviar de uma tora de madeira que se encontra estática no caminho, e que pode ser vista com muita antecedência. ?? lamentável, em um & 147;pega& 148; acirrado com o segundo colocado, ver que ele não teve cérebro para sair da frente de um trator que vinha em linha reta e pôde ser visto pelo menos 10 segundos antes. Mas esta não é a pior parte: imagine-se em uma curva fechada e cheia de obstáculos, com todos os bobocas, digo, pilotos tentando faze-la ao mesmo tempo. ?? um desastre, todo mundo embola, fica aquele agarra-agarra, com carro em cima do outro e tudo mais. Agora, uma vez que você deixa os oponentes muito para trás, a inteligência deles vira a melhor do mundo. Os pilotos, que antes ficavam trombando e gastando um tempo enorme, ficam espertos de uma hora pra outra e conseguem te alcançar facilmente. E depois de te passar, eles começam a & 147;trombação& 148; novamente.

Pilotos ou astronautas?


Mas mesmo com estes probleminhas, 4x4 não consegue ser um jogo que se aproxima um pouco com uma simulação? Não. A física surreal frustra a todo instante e dá impressão de que as corridas estão acontecendo na lua. ?? carro voando para tudo quanto é lado e a gravidade não exerce uma influência terráquea nos mesmos. Quando se executa um salto, o que ocorre com freqüência, a demora para voltar ao solo chega a dar sono. E quando se passa em pequenos buracos e depressões, parece que o veículo não vai conseguir colocar as quatro rodas no chão novamente. A física ainda peca na detecção de colisões e o fato de trombar com um container gigante não chega a acarretar em uma perda considerável de velocidade. Já uma árvore fará com que você pare imediatamente.

Como em Gran Turismo, os veículos não se danificam com impacto, devido ao contrato de licença junto aos fabricantes não permitir que eles tenham seus produtos amassados virtualmente. E para somar ainda mais com os problemas, 4x4 Evolution ainda sofre de uma sensação de velocidade baixa, que não chega a trazer muita adrenalina.

Em uma visão geral, 4x4 ficou sem foco. Apesar de divertido, se menosprezando algumas falhas, vários quesitos se contradizem: um excesso de equipamentos automotivos para comprar o torna mais complicado, como uma simulação, mas na hora de jogar, ele é puramente arcade; Existe muita atenção para certas coisinhas, como detalhes dos pneus, por outro lado a física é incoerente com a realidade; Os utilitários são idênticos aos que existem no mundo real, mas quando saltam eles quase voam, e quando entram em um rio, conseguem andar normalmente no fundo, como se nada de diferente estivesse acontecendo. Não dá pra entender nada!

O Veredicto:
4x4 Evolution segue um estilo fiel ao de Test Drive 6, da Infogrames: um jogo sem compromisso com o realismo e que serve pra você, que não é muito exigente, se divertir com trombadas frenéticas, vôos alucinantes ou corridas subaquáticas. Os gráficos são belos e o modo multiplayer multiplataforma adiciona um valor enorme à jogatina via internet, mas sem dúvida este não é o jogo que eu gostaria de deliciar on-line (ou offline).

Prós:
+ Visual bacana, com gráficos muito bons e detalhados;
+ Pistas vastas e que permitem que você escolha o seu caminho;
+ Modo multiplayer interessante e sem barreiras de plataformas;
+ Boa quantidade de veículos e equipamentos;

Contras:
- Sons e músicas irritantes;
- Física provoca risos;
- Baixa sensação de velocidade;
- Veículos nadam e voam.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
6/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach
©2016 GameVicio