GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Half-Life 2 para PC de GameVicio

por Junior Xtreme, data  editar remover


???Cinco anos de espera, muito bem recompensados???

Algumas recordações

O início da segunda aventura do cientista Gordon Freeman, nos faz lembrar seus primeiros passos no título anterior da série. Você está dentro de um trem, que já possui sua rota traçada, passa por um ambiente totalmente desconhecido, sem conseguir qualquer explicação.

Logo nos primeiros passos dentro do jogo, você sente a impressão de estar dentro de um gigantesco quebra-cabeças onde as primeiras informações não fazem sentido algum, o ambiente é totalmente surreal, e sua única ação é prosseguir andando.

Ao desenrolar da trama, mais especificamente na fase preliminar do game, onde não há nenhuma ação de verdade, o protagonista vai percebendo que está envolvido em algo perigoso, e começa a ter noção da sua importância para o futuro da humanidade.

Enredo manjado, mas não tediante

O jogo é repleto de raças alienígenas e armas futuristas, elementos de ficção científica, como teletransportadores e raios laser.

Half-Life 2, não deixa de ter um enredo batido, como ???em um futuro, não muito distante, os alienígenas irão invadir a Terra???, porém, desenrola a história de uma maneira, que o torna empolgante de ser jogado, com procura de informações, e fatos imprevistos, como um acidente eletrônico, ou a traição de uma aliada.

Realismo

Half-Life 2, apresenta um grau de realismo pouco visto em jogos ultimamente, o primeiro sinal dessa realidade, é a interação que se pode ter com qualquer objeto do cenário, enquanto alguns jogos se preocupam apenas em fazer uma lata voar com um tiro, Hl² faz com que o jogador tenha total domínio da lata, segurando-a e podendo fazer o que quiser com ela.

Outro ponto em que o jogo mostra realismo são com os corpos dos inimigos, eles ficam estirados no chão, como na vida real, e não somem imediatamente como acontece em vários jogos.

Os objetos quebráveis realmente se despedaçam com a ação do jogador, eles são divididos em partículas cada vez menores, a cada pancada que o jogador aplica.
Porém, algumas vezes Hl² deixa a desejar no realismo, apesar do jogador ter domínio sobre os objetos, ele é exercido com "o poder da mente", pois a mão do personagem aparece somente uma vez em todo o game, nem para dirigir ele as utiliza, um detalhe quase imperceptível, mas crucial para um jogo tão bem planejado como Hl².

Um fator mais relevante que prejudica o realismo de Hl² é o fato de não se poder matar inocentes... As balas simplesmente os transpassam quando tentamos atingi-los, ao contrário de seu antecessor Hl¹.

Física

O game também apresenta uma grande qualidade em sua Engine, os objetos reproduzem fielmente o movimento real das coisas, quando expostas a alguma ação do jogador. Por exemplo, arremessar um barril na parede, ou derrubar alguma caixa na água.

A.I Inovadora, mas as vezes burra

Hl² também contém uma excelente Inteligência Artificial, com todos os personagens, incluindo os NPC???s tendo consciência de tudo que ocorre em sua volta, como mudanças de posição dos personagens durante algum diálogo, e a presença de inimigos. Porém o jogo peca em alguns momentos, como quando se trabalha junto com uma equipe, seus companheiros obstruem seu caminho, provocando alguns momentos de nervosismo, principalmente quando se está sendo perseguido, o que lhe faz chegar ao ponto de torcer pela morte de seus ditos "aliados???.

Jogabilidade

A jogablidade de Hl² é boa, com apenas o controle do mouse e apertando 6 teclas pode se levar o jogo até o fim, sem problemas nenhum.

Gráficos, à frente de seu tempo

Os gráficos desse game, são um espetáculo à parte, tudo foi pensado nos mínimos detalhes, as infiltrações nas paredes e as falhas nos elementos do jogo, como a ferrugem de uma porta, ou as falhas da grama em alguns terrenos. Sem contar as áreas abertas, com árvores e vários córregos, o game tem gráficos a frente de seu tempo, por ser um game de 2004, com seu conjunto de iluminação e texturas detalhadas, Half-Life 2 ainda causa inveja a muitos jogos de 2005 e 2006, além de não precisar de um PC top de linha, para rodá-lo com todos os seus atributos ligados.

Sons

Nesse jogo, o som também é algo a ser destacado, enquanto em outros jogos, o mesmo som é utilizado várias vezes, para ações diversas, em Half-Life 2, dificilmente se vê isso. Cada ação tem seu efeito sonoro próprio, por exemplo; se você bater com o pé de cabra no chão, um som será reproduzido, porém se você bater com o mesmo pé de cabra, em uma superfície metálica, um som totalmente diferente será ouvido, mostrando grande realismo.
Porém, Half Life 2 erra, em não ter uma trilha sonora definida, possui apenas algumas músicas curtas nos inícios das fases, muito pouco, para um game tão bom.

Conclusão

Half-Life 2, é um excelente jogo, que pode lhe proporcionar até 10 horas de muita ação, sem maiores problemas para dominar os controles, ou passar ???aquela fase???. O jogo é empolgante do início ao fim, porém lhe faz passar alguns momentos de raiva durante a trama, por falhas na I.A de seus companheiros ou na física dos objetos, quando você fica preso em um pedaço de madeira.
O jogo tem uma coisa incomum aos outros; se jogado aos poucos, pode parecer curto, porém se for ???devorado??? pode parecer bastante longo, e interminável.

A história é muito boa, realmente envolvente, um fato incomum por se tratar de um enredo já batido, ela consegue fazer o jogador passar pelo game sem notar o tempo que já se passou.

O jogo é um conjunto de boa história, belos gráficos, bons sons e excelente física. Além de ser leve, podendo ser jogado em PCs pouco potentes.


4 comentários

comments powered by Disqus
GameVicio
9.5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Junior Xtreme

Reviews da crítica

4.4 / 5
Fliperama
10 / 10
Outer Space
©2016 GameVicio