GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de FIFA Soccer 06 para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Ronaldinho Gaúcho na capa já demonstra que o FIFA deste ano não está tão preocupado com a boa aparência, mas com a qualidade do seu futebol.

Claro, as licenças de 21 ligas de futebol de todo o planeta, 10 mil jogadores com nomes reais, uniformes e plantéis atualizados, trilha sonora EA Trax ??? e toda a firula visual ainda são pontos fortes da série, mas as maiores novidades desta vez ficam por conta da jogabilidade, e da tentativa de aproximar a série do realismo do concorrente Winning Eleven.

Bem apresentável


Sendo lançado após o período de transferências do futebol europeu, FIFA 06 pode trazer times bem atualizados, como é o caso do Real Madrid -- já com Julio Baptista e Robinho em seu plantel. E os times brasileiros da última versão -- Atlético Mineiro, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Bahia, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Atlético Paranaense, Santos, São Caetano, São Paulo, Vasco e Vitória -- voltam com suas escalações atualizadas, embora a versão usada nesta análise ainda não tenha acompanhado todo o êxodo futebolístico das últimas semanas de Agosto, quando algumas centenas de jogadores trocaram de clube. Para a versão que chega às lojas no final de setembro, pode-se esperar a mais fiel representação dos times, dos uniformes e jogadores aos cantos da torcida, como a do Santos que grita ???Peixeeee??? incessantemente, ao longo dos 90 minutos.

Outro característica já esperada de FIFA 06, e que volta mais completa e interessante, é o modo de gerenciamento de time, um mini-Total Club Manager no qual é possível assumir o controle de uma equipe da beira do gramado à cadeira do presidente, definindo o orçamento anual, a comissão técnica, táticas, negociando amistosos, patrocínios e até o preço dos ingressos.

Os menus do jogo, acompanhados de uma EA Trax??? que conta com nomes como Oasis, Jamiroquai e Carlinhos Brown, revelam ainda alguns segredinhos interessantes para os fãs do esporte bretão: o EA Retro???, por exemplo, traz vídeos contando a história da série FIFA desde o primeiro jogo no Mega-Drive, e perfis de jogadores clássicos como Zico, Leonardo, Baresi e Cantona. Uma seleção composta por esses anciões ainda está disponível para um excitante confrontinho fictício.

O sucesso nas partidas ainda recompensa o jogador com créditos para desbloquear um monte de extras, dos perfis dos jogadores clássicos a uniformes e comemorações de gols diferentes.

Visualmente o jogo é praticamente o mesmo da última edição, com exceção de uma ou outra animação e de um balançar de rede mais bonito. Seria bom se a EA pensasse em uma grande atualização gráfica para a próxima temporada, pois é difícil aceitar a feiúra e o aspecto de porcelana dos modelos de jogadores, ainda mais quando esses comemoram os gols com algumas caretas assustadoras.

Jogabilidade???


Se FIFA ainda está longe no nível de realismo e detalhamento de Winning Eleven, esta nova versão pelo menos se esforça para evoluir e se aproximar do ideal nipônico de simulador.

A jogabilidade está melhor, menos dependente de scripts, e com passes sendo executados com maior velocidade e precisão ??? às vezes até precisos demais ??? algo que privilegia a criatividade do jogador para criar lances de perigo. Outros detalhes que aproximam 06 do concorrente japonês são a tabela (1-2), funcionando de forma bem parecida; a opção de alterar a mentalidade ofensiva ou defensiva do time com a bola rolando; e a proteção da bola com o corpo, que permite ao atacante neutralizar a investida de um zagueiro truculento com classe.

Mas mesmo com a evolução feita na jogabilidade, FIFA 06 continua preso a algumas limitações notórias da série: a física da bola não convence -- é bastante artificial e previsível -- e o jogo flui como um futebol arcade, fácil e superficial, sem as nuances de uma partida real.

Algo que vem para dar algum dinamismo ao certame é a existência da ???química do time???, ou seja, o entrosamento entre os 11 jogadores. Equipes bem entrosadas como Chelsea e Juventus têm altos índices desta ???química??? em suas estatísticas, o que, na prática, serve como aviso para o jogador que não se deve tentar muitas mudanças naquele elenco.

Fora isso, é o futebol simples e descomplicado de sempre, que pode ser uma ótima para quem só quer marcar uns golzinhos em grande estilo, sem se preocupar com o realismo e a complexidade de um simulador.

O Veredicto:
Com times atualizados e a ótima apresentação sendo itens assegurados em qualquer edição de FIFA, este ano a EA investiu no que mais importa: a jogabilidade. FIFA 06 é um futebol mais natural, que sabe valorizar melhor o controle e a criatividade do jogador. Ainda não tem o poder de converter os fãs do concorrente japonês, mas pelo menos mostra que a EA está no caminho certo.


Prós:

+ Jogabilidade mais solta e menos dependente de scripts;
+ Muitos itens desbloqueáveis e extras na tradição FIFA;
+ Zilhões de times, bem atualizados.


Contras:

- Ainda bem longe do realismo e jogabilidade do concorrente;
- Gráficos precisam desesperadamente de uma atualização.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

9 / 10
GameVicio
©2016 GameVicio