GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Call of Duty 4: Modern Warfare para PS3 de Eurogamer

por ekans, fonte Eurogamer, data  editar remover


Desde há muito tempo que existem jogos, não só os bons jogos como também os piores têm direito a sequelas. Uma sequela é uma faca de dois gumes, tanto pode elevar uma série ao céu e imortalizá-la como colocar a melhor das séries na lama.

Nos últimos anos temos assistido a uma constante reciclagem de séries, todos os anos vemos os nossos jogos preferidos receberem novas versões, jogos de sucesso que vendem pelo nome e que fazem as produtoras descansar à sobra da bananeira, jogos com um número mínimo de adições que os faz parecer incompletos perante os olhos do consumidor, desiludindo-o.

Felizmente ainda existem jogos que embora lançados anualmente mostram um trabalho final com um alto nível de qualidade, capazes de nos surpreender em qualquer aspecto e um desses jogos é Call of Duty 4, um jogo que pertence a uma série que já nos habituou a títulos de grande qualidade e embora que com jogos lançados anualmente, o curto período de tempo de produção não afecta de modo algum o trabalho final.

Call of Duty 4: Modern Warfare marca a entrada da série no mundo dos jogos de guerras mais recentes, afastando-se pela primeira vez dos já habituais cenários da segunda Guerra Mundial. Para dizer a verdade apoiamos a 100% este novo visual da série pois jogos da segunda Guerra Mundial há muitos, já de Guerras no Iraque não podemos dizer o mesmo.

Como muitos o descrevem: ???tudo acontece ao mesmo tempo???, e é isso mesmo que torna este jogo memorável, faz-nos sentir que estamos mesmo em Guerra, explodem carros, caiem helicópteros, morrem pessoas e ouvem-se gritos, o cenário perfeito. Com uma história simplesmente espectacular e atraente, Modern Warfare entrosa-se rapidamente com o jogador, sentimos a emoção que o jogo deve transmitir e isso faz-nos querer jogar. Obviamente não queremos revelar pormenores da história pois isso tiraria todo o seu esplendor, apenas adiantamos que todo o enredo se passará em países que estão actualmente em guerra tal como Iraque, e o jogador irá jogar com as tropas dos U.S. Marines numa luta contra os terroristas na qual deverá aniquilar os chefes máximos do poder. Todas as armas utilizadas são as presentes no mundo real por esta altura, para além disso temos ainda a possibilidade de utilizar armas como Lança-Rockets e outras do género, que nos dão uma sensação excelente de estar numa Guerra.

Pela primeira vez o modo história não se limita apenas as batalhas em solo, existem momentos de grande qualidade e dignos de notas, um desses momentos é sem duvida o ataque aéreo presente no modo história e mais não vamos adiantar. Call of Duty 4 é um jogo que ganha pelo conjunto de todos os bons momentos que passamos a jogar. Ainda que com uma história curta, é no entanto uma história cheia de intensidade. Preferimos antes histórias curtas com esta intensidade do que grandes e pouco motivadoras.

Quando o modo Single Player é terminado são desbloqueadas as opções de Cheats, poderemos usar determinada cheat conforme o número de ???artefactos??? coleccionados ao longo do jogo (existem artefactos chamados ???Intel Enemy Pieces??? que estão escondidos pelo cenário). Para além disso é desbloqueado o modo Arcada, poderemos tentar matar inimigos num determinado espaço de tempo e com um determinado número de vidas.

O grafismo foi algo muito cuidado neste jogo, é belo. Muitos o descrevem como foto realístico, cá para nós, realista ou não, este é um grafismo que transpira arte. Com pormenores deliciosos, como as explosões, fumo e expressões faciais, não são estes pormenores que tornam este grafismo excelente mais sim todo o conjunto em si.

O voice acting é também ele excelente, as vozes estão sempre bem enquadradas, o som das explosões é do melhor, não só vemos tudo a acontecer ao nosso redor como também ouvimos, ouvem-se gritos, tiros explosões, ou seja, um mimo.

Mas onde Call of Duty 4 ganha é no online, com um modo online extremamente viciante e intuitivo, muitas serão as horas agarradas a ele. Existem 55 patentes a percorrer, a cada patente alcançada são desbloqueados PERKS (habilidades físicas como correr mais depressa, recarregar as armas mais depressa, deixar cair granadas ao morrer, entre outras, e também a possibilidade de utilizar c4, RPG, etc.), novas armas, camuflagens e acessórios. Quando se alcança a 55ª patente é desbloqueado o Prestige mode, que permite ao jogador voltar a fazer todo o percurso da 55 patentes mais 10 vezes ganhando sempre distintivos diferentes.

O modo online é composto por modos de jogo como:

-Sabotage, no qual as duas equipas têm um objectivo comum, teremos que desactivar uma bomba;

-Team Deathmatch, é a batalha derradeira entre equipas, a equipa que somar mais pontos ganha;

-Free for All, o típico todos contra todos;

-Old school, todos os jogadores começam em pé de igualdade, as armas serão recolhidas em campo;

- Captura de Bandeira, as equipas devem capturar as zonas com bandeira de modo a fazer o número máximo de pontos e ganhar.

Todos estes modos de jogo dão uma longevidade ao jogo que colmata o dito pequeno Single Player. Além disso existem imensas Challenges que ao cumprirmos ganhamos bónus de pontos, para dar um exemplo temos por exemplo uma Challenge que consiste em correr uma série de Km com a nossa personagem, outra delas é matar um certo número de inimigos com uma certa arma, ou ainda matar um certo número de inimigos à facada.

Call of Duty 4 é neste momento a melhor aposta para a Playstation 3 a nível de online, tudo isto aliado a uma história muito atraente e envolvente torna este jogo um dos melhores do ano, um jogo feito de momentos.


Nenhum comentário

||
Eurogamer
9/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de ekans
©2016 GameVicio