GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de The Sims 2: Open for business para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Desde o lançamento do primeiro The Sims, em 2000, um aspecto sempre desagradou os jogadores: o trabalho. Isto porque o fato de poder apenas escolher a carreira profissional do seu Sim, mas não ter controle sobre ele enquanto trabalhava, diminui bastante tempo de interação do jogador com seu personagem durante um dia do jogo.

Depois de 6 anos, a EA finalmente resolveu atacar este ponto com o lançamento de Aberto para Negócios, uma expansão que finalmente faz com que o jogador participe ativamente da vida profissional de seu Sim, permitindo curtir o personagem durante as 24 horas do dia.

Hora de ganhar dinheiro


Se você sempre quis abrir o seu negócio, mas nunca teve coragem, em Aberto para Negócios a iniciação de uma carreira de pequeno empreendedor é bem simples: basta pegar um telefone, ligar para Negócios (sabe-se lá que lugar seria esse) e criar uma empresa doméstica ou comprar um lote comunitário, onde a empresa será instalada. Não existe burocracia, papelada, impostos, nada. A partir desse momento, a sua casa passa a ser um ponto comercial, onde podem ser comercializados quaisquer tipos de produtos e serviços.

Caso escolha uma loja, o jogador terá em mãos toda a biblioteca de itens existente em The Sims 2, antes utilizada apenas para decorar e equipar a própria casa. Quadros, luminárias, plantas, equipamentos eletrônicos, peças e artigos de cama, mesa e banho, tudo pode ser vendido. Basta você escolher em que tipo de produto vai se especializar, mas não existe problema algum se quiser vender de tudo, como se fosse um mini-mercado.

Obviamente, existem algumas limitações à criação das empresas, como o dinheiro e o tempo dedicado ao trabalho. O Sim deve ter alguma grana em caixa para viabilizar o negócio, como comprar um imóvel (a empresa pode ser feita na própria casa, se tiver um espaço para isso), decorá-lo, comprar o estoque inicial, o equipamento operacional e, se preciso, contratar funcionários. Como o início de qualquer empresa é apertado, o mais recomendável seria ter um segundo Sim na família que tenha uma profissão convencional, que garanta uma renda enquanto o negócio do outro não decola. Também, deve-se observar os horários, pois o Sim ainda tem as suas necessidades sociais e fisiológicas que devem ser respeitadas.

Com o evoluir do negócio próprio, a empresa vai se tornando auto-suficiente até começar a dar lucro, mas não se engane: Não é fácil ter sucesso como empresário e poucos negócios realmente crescerão do jeito que o jogador quer.

Sim Business


A maior virtude de Aberto para Negócios é ser a primeira expansão na história da série The Sims a realmente trazer uma jogabilidade diferente, que muda o andamento do jogo original, o que é muito bem vindo. Obviamente, a base continua a mesma, com todas aquelas conhecidas funções, necessidades e aspirações, mas no que diz respeito ao gerenciamento da própria empresa, a expansão pode até ser encarada como um jogo diferente. Tanto que existe até um novo menu no canto superior direito da tela, feito exclusivamente para a expansão, destinado a lidar com as novidades.

No menu, o jogador vai encontrar uma variedade de estatísticas, habilidades, funções e variáveis inéditas que terá que acompanhar para se dar bem com o seu negócio. São elas:

- Lealdade dos clientes: Aqui o jogador acompanha a satisfação dos consumidores. Muitas variáveis influenciam esse quesito, como preço dos produtos, qualidade e velocidade do atendimento, bom relacionamento com vendedor, etc. Clientes satisfeitos comprarão mais e voltarão sempre;

- Informação do funcionário: Tudo sobre os funcionários contratados pode ser encontrado aqui, como suas habilidades, cargo, salário, etc. Além dos conhecimentos básicos, como criatividade, cozinha, mecânica, etc, que já são conhecidos do The Sims 2, os Sims agora recebem uma espécie de medalha de especialização, que pode ser de ouro, prata ou bronze. As medalhas significam a experiência e capacitação em determinadas áreas, como trabalhar em vendas, no caixa, com estética, fabricando robôs, e por aí vai. Na hora de contratar, vale a pena ficar de olho em tudo isso;

- Registro de caixa: Apenas para acompanhar a entrada e saída de dinheiro;

- Informações comerciais: Classificação da empresa, valor de mesma, número de clientes leais, essas coisas;

- Ferramenta da construção comercial: ?? idêntica à ferramenta de construção e compra de itens do The Sims 2. A diferença é que aqui compramos todos os itens do jogo com um preço mais baixo, para revenda. Agora existe a possibilidade de comprar por atacado, o que derruba ainda mais o preço unitário dos itens. Aqui também se define qual será a margem de lucro do Sim para a venda;

- Vantagens comerciais: ?? medida que a empresa vai tendo mais clientes leais, ela vai subindo sua classificação e o jogador vai ganhando pontos que podem ser gastos com algumas habilidades especiais bem interessantes, como capacidade de articular contatos, conseguir descontos, motivar funcionários, convencer um comprador e ganhar prêmios e investimentos.

Novas quinquilharias


Como não poderia deixar de ser, Aberto para Negócios traz mais uma porção de itens novos, mas a grande maioria é apenas estética, objetos decorativos e temáticos que não trazem qualquer mudança ao jogo em si. Entretanto, temos alguns poucos que realmente são úteis ou necessários na nova função de empreendedor, como a caixa registradora, necessária para a cobrança das mercadorias dos clientes, ou a placa de Aberto/Fechado, que define o funcionamento do estabelecimento.

Como se pode vender qualquer item normal do jogo, quase não existe limites para um ramo de negócio de vendas a escolher, o que estimula a criatividade do jogador. Os produtos e negócios mais específicos exigem objetos especializados, como é o caso do fogão industrial para um restaurante, a Estação de Embelezamento ???Dragão Never More??? para cuidar dos cabelos e pele dos outros Sims, a bancada para fabricar brinquedos e até mesmo a barraquinha de limonada, para os empreendedores com menos condições de investimento. Uma das novidades mais interessantes nestes equipamentos é a máquina de fazer robôs. Pode-se ter andróides agora, e estes são bastante interessantes, pois se comportam como um ser humano, têm vontades, emoções, podem até se casar. Eles não comem, não dormem e não fazem xixi nem cocô, mas precisam de uma recarga diária na bateria para funcionarem. São muito úteis na limpeza e conservação da casa.

Aberto para Negócios realmente tem muitas novidades bacanas que vão acrescentar bastante na sua experiência com The Sims 2, mas tudo isso tem um preço. Como a expansão trata de coisas mais complexas, seu funcionamento não é tão simples como o habitual do jogo original. Talvez a EA não tenha conseguido facilitar ao máximo o mecanismo do processo de empreendedorismo, o que pode assustar alguns jogadores mais casuais ??? que é o público principal da série. Alguns objetos necessários a um estabelecimento estão muito escondidos no meio dos outros, umas ações novas são feitas pelo menu e outras clicando diretamente nos outros Sims. Em certos momentos, fica meio confuso entender como realizar certas tarefas.

Outros defeitos menos importantes, que também aparecem nas outras expansões, são os excessos de cliques para se chegar a um local, as telas de loading demoradas e aquela sensação de que o bairro comercial é apenas um bairro comum, porém com lojas ao invés de casas.

Um detalhe interessante para quem tem as outras duas expansões, Vida de Universitário e Vida Norturna: se instaladas, liberam novas modalidades de negócios a Aberto para Negócios, que valem a pena conferir.

O Veredicto:
Além de adicionar a perfumaria básica que é de praxe das expansões de The Sims, Aberto para Negócio consegue o feito inédito de alterar a jogabilidade do jogo original e trazer uma experiência nova. O pacote tem seus defeitos, como uma complexidade um pouco acima da aceitável para este tipo de jogo, mas, quem tirar essas dificuldades de letra, verá que esta é a melhor expansão já lançada para The Sims e The Sims 2.


Prós:

+ Processo de gerenciamento de um negócio é quase um jogo diferente;
+ Muitas opções de produtos, serviços e ramos de negócios;
+ Robôs;
+ Muitas habilidades, estatísticas, funções e variáveis novas;
+ Mais um bom pacote de bugingangas decorativas para o lar;
+ Finalmente, o jogador pode interagir com os Sims durante o trabalho;

Contras:

- Complexidade pode espantar os jogadores mais casuais;
- Mesma sensação de que o bairro comercial é um bairro residencial normal de The Sims 2;
- Movimentação pelos locais do jogo e telas de loading continuam lentas.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Reviews da crítica

9 / 10
GameVicio
©2016 GameVicio