GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Tetris para DS de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Ele pode ser jogado até pelas janelas de edifícios, mas a imensa popularidade da versão criada em 1989 para o Gameboy não deixa dúvidas de que Tetris sempre se adequou melhor ao formato de videogame portátil.

A versão para Nintendo DS tem não apenas o benefício da portabilidade como a oportunidade de trazer conteúdo no e interessante à fórmula do puzzle com blocos, graças às duas telas, uma tela sensível ao toque, o multiplayer via conexão WiFi e celebridades como Mario, Samus e Link ilustrando os vários modos de jogo.

Tetris moderno


A fórmula do jogo é essencialmente a mesma inventada por Alexey Pazhitnov em 1985, porém Tetris DS traz vários dos incrementos estabelecidos ao longo dos últimos anos pelas inúmeras versões do jogo. ?? o caso da opção de descer a peça rapidamente colocando o direcional para cima, ou da possibilidade de ???segurar??? uma peça e guarda-la para uso a posteriori, de um indicador transparente de onde a peça irá cair e de um polêmico recurso que permite girar a peça infinitas vezes quando esta já toca os blocos empilhados.

Dois destes recursos ??? o contorno ???fantasma??? que indica a posição de encaixe da peça e a queda rápida ??? são opcionais e podem ser desligadas a contento, porém as outras duas são regra para o modo principal e não podem ser eliminadas pelo jogador. O único inconveniente neste caso está exatamente no recurso que mais influi na jogabilidade: o de girar as peças mesmo quando elas já caíram. Muitos podem considerá-lo uma ajuda muito generosa e desnecessária, e que torna o modo principal um bocado mais fácil, já que o jogador pode retardar o jogo o quanto quiser desde que fique rodando a peça ???ad infinitum???.

No modo multiplayer, a opção de rotação infinita ainda existe, porém não influencia em quase nada já que o ritmo das partidas é ditado muito mais pelo jogador oponente que pela cadência das peças. Também, o jogo automaticamente fixa a peça após alguns giros para evitar que o jogador impeça o fim da partida com este artifício.

Sete formas de encaixar blocos


Além de oferecer uma opção multiplayer por conexão direta ou por Internet via WiFi, a Nintendo se esforçou para criar alguns modos bastante originais baseados nas clássicas peças chamadas ???Tetriminos???. O menu do jogo traz sete modalidades básicas:

Mission: Tendo The Legend of Zelda como tema ao fundo, este modo coloca o jogador em missões contra o relógio, com a tela de cima servindo para mostrar os objetivos que sempre envolvem destruir a pilha de blocos com uma determinada peça. Alguns objetivos pedem ao jogador para destruir um número específico de linhas também, o que torna este um dos modos mais difíceis e desafiadores.

Catch: Neste modo baseado no tema Metroid os blocos estão flutuando no espaço, e as novas peças que caem devem ser encaixadas para formar blocos de 4 por 4, que irão explodir e cair. O jogador movimenta a pilha de blocos como se ela estivesse solta no espaço, com gravidade zero. ?? provavelmente o mais exótico dos novos modos.

Puzzle: Duzentos quebra-cabeças envolvendo as peças de Tetris. Aqui o jogador escolhe a peça que irá cair e em que sentido ela estará, sem poder alterar sua posição novamente depois que foi selecionada. A idéia é pensar a longo prazo, porém o jogo permite reiniciar o puzzle a qualquer instante caso o jogador constate que entrou em uma armadilha insolúvel. Mario cozinheiro, e Yoshi aparecem como personagens do tema.

Standard: O modo clássico de Tetris, agora com Mario dando seus saltos ao fundo. Pode ser jogado contra o CPU ou à moda tradicional, chamada aqui de ???Marathon???;

Touch: Aproveitando da tela sensível ao toque, este modo inédito deixa o jogador reorganizar os blocos horizontalmente e gira-los através da caneta stylus. As duas telas ficam cheias de peças e há uma caixa com balões em cima que precisa cair até o fundo da tela para se completar uma fase. O tema é o antigo Baloon Fight.

Push: Com o tema Donkey Kong, este é um modo de confronto que coloca os dois jogadores compartilhando o mesmo espaço entre as duas telas. O objetivo é limpar os blocos rapidamente e espremer o oponente em sua tela até que ele chegue a uma linha-limite e não possa mais posicionar peças. Lembra bastante o modo VS de Lumines do PSP e é um dos mais divertidos.

Quando as duas telas não são usadas, a de cima sempre mostra animações baseadas nos jogos clássicos da Nintendo, como uma reprodução de Super Mario Bros. que ocorre no modo ???Standard???. Mas, dada a intensidade do jogo e a necessidade de prestar total atenção nas próximas peças que cairão e no layout criado pelos blocos abaixo, vislumbrar a decoração na tela de cima, nem que seja por um milésimo de segundo, torna-se praticamente impossível. Pelo menos, os sons memoráveis dos jogos de 8-bits da Nintendo, têm grande presença e criam uma ambientação mais agradável para os fãs.

A variedade dos modos de jogo é bem interessante. Alguns, como o Touch e Catch são puzzles totalmente diferentes de Tetris e atraem interesse imediato pela originalidade. Mas, obviamente nada se compara ao brilhantismo do modo clássico e é normal que, passada a novidade, o jogador vá dedicar seu tempo ao modo tradicional ou às suas variações mais próximas, como o ???Push??? ou o confronto multiplayer.

Partidas multiplayer podem ser curtidas com até dez jogadores via conexão direta, ou simples confrontos um contra um via Nintendo WiFi Connection. Mais uma vez, as opções de jogo on-line do serviço WiFi da Nintendo são limitadíssimas ??? apenas o modo de ???batalha??? (dois jogadores tentando limpar a maior quantidade no menor tempo) pode ser jogado em multiplayer, e o lobby não oferece nada além da seleção de oponente global, local ou por amigos registrados no seu DS.

A conexão direta pelo menos tem o conveniente de exigir apenas um cartucho do jogo para os dez participantes, o que é bastante prático e econômico.

O Veredicto:
Não há nada melhor para um portátil que um bom Tetris, e não há versão mais completa e bem polida do clássico que esta para Nintendo DS. Os cinco modos inéditos são bem bolados e interessantes, embora não devam sustentar o interesse a longo prazo como o modo tradicional. Já o modo multiplayer, tanto por conexão direta ou por Internet, é simples, prático e incrivelmente viciante, como sempre.


Prós:

+ ?? Tetris;
+ Personagens e sons dos jogos de 8-Bits da Nintendo;
+ Farto em modos de jogo, alguns bem originais;
+ Multiplayer on-line simples e rápido.


Contras:

- Apenas o modo tradicional 1vs1 on-line;
- Modos novos são interessantes, mas servem mais como um complemento;
- Recurso de girar peças até o infinito poderia ser desligado.


Nenhum comentário

||
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach
©2016 GameVicio