GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Sid Meier's Railroads! para PC de Outer Space

por Giordano Trabach, fonte Outer Space, data  editar remover


Simples, divertido e viciante. Parece a recita de mais um jogo casual, mas na verdade, essas três características descrevem melhor ainda Sid Meier???s Railroads!, a mais nova simulação de trens e ferrovias produzida por Sid Meier.

Railroads foi lançado nos Estados Unidos e na Europa em outubro do ano passado, mas chegou ao Brasil há pouquíssimo tempo. Faz até algum sentido, afinal, o Brasil sempre foi mais atrasado que outros paises em relação a videogames e ferrovias.

Das Kapital


Em Sid Meier???s Railroads!, os jogadores assumem o papel de grandes empreendedores das estradas de ferro, que vão desde o ???chanceler de ferro??? Otto Von Bismark até o pioneiro americano Jay Gould. Os objetivos do jogo são bem simples: levar o desenvolvimento e a indústria para todas as cidades do mapa, usando as estradas de ferro para isso.

No início, o jogador deve escolher em qual cenário histórico irá jogar, entre vários disponíveis, que retratam desenvolvimento das ferrovias em países como os E.U.A., Inglaterra, Alemanha e França, em um período que começa no início do século IX e termina só no meio do século XX. Talvez fosse até interessante se cenários modernos fossem acrescentados, como o Japão pós-Segunda Guerra Mundial, ou a Itália recente (ou o Brasil um dia, quem sabe...), com trens avançados e tudo mais, mas parece que dessa vez Sid Meier quis focar apenas na chamada era imperial, onde o capitalismo e as estradas de ferro avançavam a passos de gigante.

Já a jogabilidade de Railroads! consegue ser excelente. Nunca um jogo de estratégia em tempo real foi tão simples: começar a ???irrigar??? os mapas com estradas de ferro é mais fácil que usar o Word: basta apertar o botão e arrastar o mouse pelo cenário que túneis, pontes e curvas são construídas automaticamente, e até mesmo os prédios das cidades abrem espaço para as ferrovias passarem, que são as verdadeiras estrelas do jogo.

Mas, obviamente, o jogo não consiste apenas em desenhar linhas de trem pra lá e pra cá. Tão logo o jogador crie suas primeiras ferrovias, é preciso, naturalmente, construir estações nos lugares onde passageiros e carga irão embarcar e desembarcar, geralmente cidades e indústrias. Depois disso, é preciso delimitar as rotas e adquirir as locomotivas que irão circular pelas ferrovias, além de escolher as cargas que cada uma irá carregar, entre passageiros, produtos e correio. A mecânica por trás disso é a seguinte: cada cidade tem certa necessidade de passageiros, correio e produtos que deve ser suprida para que a mesma cresça, e da mesma forma, cada cidade oferece certa quantia de passageiros, correios e produtos. A idéia é simples: interligar as cidades para que elas se livrem da oferta e consigam cumprir com sua procura -- o mais básico do capitalismo. ??s vezes, certos produtos são produzidos em lugares fora da cidade, mas basta ligar estes locais com linhas de ferro que tudo se resolve. Em outras ocasiões, os produtos vão precisar passar por certos processos, como por exemplo, um carro precisa de aço para ser produzido, e aço precisa de ferro e carvão para ser fabricado. Dessa forma, o jogador que queira levar automóveis às suas cidades deve primeiro criar ferrovias levando carvão e ferro para uma fabrica de aço, para depois levar o aço às fabricas de carros e finalmente levar os carros as cidades. E a grande diversão em Railroads! é dar conta de suportar toda essa complexa indústria.

Além de ferrovias, os empreendedores do aço podem assumir outros negócios, em prol do desenvolvimento. Pode ser bem vantajoso criar um jornal para suprir uma demanda de papel e lucrar com isso, entre outros. Também é possível adquirir tecnologias exclusivas em leilões para melhorar o desempenho dos trens, o que é bem vantajoso em jogos contra o computador ou mesmo oponentes humanos.

Ainda assim, algumas críticas


Nem tudo é digno de elogios em Railroads!. Apesar de uma ótima jogabilidade, existem alguns contras bem significativos, como bugs e crashes, o que faz com que seja bom sempre salvar o progresso de jogo para não passar mais raiva. Bom, nada que algumas atualizações consigam corrigir, mas é decepcionante a impressão de que o jogo não foi testado adequadamente. Outro problema que pode (e deve) ser corrigido com atualizações é a inteligência artificial das locomotivas. ??s vezes, ao definir uma rota para um trem, pode ser que este pegue um caminho bem ruim para seu destino, algo mais comum quando o jogo está mais avançado e o mapa vira um emaranhado de ferrovias, mas ainda assim é um fator incômodo.

Outro ???problema??? de Railroads! é que a simplicidade extrema do jogo pode incomodar alguns jogadores veteranos da série. Apesar de a economia continuar boa e fácil de aprender, a simplificação bem grande da mecânica faz com que estratégias criativas que funcionavam anteriormente sejam impossíveis em Railroads!. Acaba que com jogadores experientes, o jogo fica demasiadamente repetitivo, e vale mais a velocidade em fazer as mesmas coisas do que a criatividade.

A simplicidade de Railroads! não perdoa nem mesmo os gráficos. O estilo cartunesco dos personagens que também existe em Civilization está presente, mas o que realmente fica feio visualmente são as locomotivas e vagões extramente simplificados, ao ponto de parecerem brinquedos. Talvez seja exatamente essa a intenção, mas mesmo se for, um pouquinho mais de detalhamento não faria mal, e pelo menos deixaria as locomotivas mais distintas. Outro detalhe é a câmera com ângulos limitados. Apesar do jogo ser inteiramente 3D, só é possível mexer a câmera um pouquinho, ao contrario da câmera livre no antecessor Railroad Tycoon 3. ?? fato que uma visão ???de cima??? basta para o jogo, mas às vezes, seria bom dar closes nas locomotivas chegando nas estações, entre outras coisas.

O Veredicto:
Sid Meier???s Railroads! é um bom exemplo de que nem todo jogo simples é casual. Com uma jogabilidade dinâmica e bem ???redonda???, é o tipo de diversão que pode deixar qualquer um horas na frente do PC sem que este nem perceba o tempo passando. Mas pode ser que a simplicidade extrema incomode alguns, principalmente no que diz respeito a gráficos e estratégias. Ainda assim, é um bom título para quem quer diversão pura e simples.

Prós:

- Fácil de aprender, fácil de jogar;
- Simulação bem divertida de ferrovias.


Contras:

- Alguns Bugs;
- Gráficos muito simples;
- Câmera restrita.


Nenhum comentário

||
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Giordano Trabach

Tópicos relacionados

©2016 GameVicio