GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de The Wheelman para PS3 de Top Games

por Rodrigo Petraca, fonte Top Games, data  editar remover


Vin Diesel está de volta. Desta vez estrelando Wheelman, um jogo de ação automobilística dos mais divertidos para PC, PlayStation 3 e Xbox 360.

Wheelman nasceu originalmente como um projeto multimídia. A ideia era lançar um jogo e um filme, ambos estrelados por Vin Diesel, astro de filmes de ação com muita adrenalina ??? aliás, dono também do estúdio Tigon, que produziu o game. O projeto do longa-metragem foi engavetado, mas felizmente a versão digital interativa teve melhor sorte. Apesar de algumas falhas feias, Wheelman é um dos títulos de ação automobilísticas mais simples e divertidos já vistos.

Veloz e furioso
O protagonista da aventura é o próprio Vin Diesel, aqui como o personagem Milo Burik, um motorista de mão cheia e cabeça vazia. Se a tarefa envolve dirigir de um ponto a outro da cidade ele é o cara perfeito para o trabalho: não faz perguntas, não questiona motivos e realiza o serviço com excelência.

A metrópole onde a destruição em massa de carros acontece, por sua vez, é a encantadora Barcelona, que acaba servindo como cenário perfeito para perseguições automobilísticas graças às suas amplas avenidas e ruas planejadas, que propiciam perseguições emocionantes e ainda tornam o mapa fácil de memorizar.

A jogabilidade busca inspiração direta em GTA e não tem a menor vergonha de escancarar isso. A esmagadora maioria das missões envolve dirigir de um ponto a outro, matar hordas de inimigos e retornar à base fugindo da polícia ou inimigos no caminho. Há estrelinhas no canto superior direito da tela para indicar a intensidade da perseguição feita pelos adversários. Familiar, não é?

Perseguições fantásticas
A ação sobre veículos é o foco, este aspecto é muito bem realizado. Nada de realismo, impera aqui o estilo arcade e a subversão total das leis da física. O aspecto mais bacana é que há um sistema de combate para os carros e motos disponíveis. Quando dirigindo, a alavanca analógica da direita serve para realizar investidas laterais e frontais ??? uma grande mentira divertida.

Milo dispõe também de outros truques que gastam uma barra especial. O mais manjado é o turbo, que aumenta absurdamente a velocidade do carro durante um breve período, mas não adianta muito já que os inimigos mesmo assim misteriosamente sempre conseguem lhe alcançar. Os outros artifícios envolvem armas de fogo, câmera lenta e visão em primeira pessoa: o primeiro permite explodir instantaneamente veículos adversários, bastando para isso alinhar a mira com os alvos e atirar. O outro faz a mesma coisa, só que em vez de usar a visão frontal, a perspectiva mostra os perseguidores.

Por fim, Milo conta com uma habilidade digna do próprio Homem-Aranha. Enquanto persegue alucinadamente carros pelas ruas de Barcelona, ele pode dar saltos gigantescos e alcançar veículos em movimento para roubá-los. Não passa de uma grande fantasia absurda, quase ridícula, mas no jogo é divertido e útil, pois permite trocar de condução sem quebrar o ritmo frenético da caçada.

Fora do carro Wheelman é um jogo quase medíocre. Os tiroteios são chatos e repetitivos e a variedade de armas é pequena e desanimadora. Felizmente a quantidade de segmentos deste tipo é bem menor do que as missões no carro.

Falho e divertido
Apesar da premissa empolgante, Wheelman padece de falhas cruciais. O potencial da cidade de Barcelona é praticamente inexplorado. Salvo um ou outro ponto turístico marcante, é uma metrópole chata e sem vida de explorar. Os pedestres quase não reagem a suas ações e há poucos lugares para visitar ??? além de um trânsito inexplicavelmente caótico, pontuado por motoristas imprudentes.

O enredo é totalmente sem pé nem cabeça e segue a máxima de filmes de ação: desligue o cérebro e seja feliz. Os motivos de Milo nunca ficam claros e ele parece agir de forma errática e compulsiva. Isso gera situações bizarras já que, às vezes, você acaba atacando gangues para as quais você trabalhava antes ??? e o roteiro sequer tenta explicar tal contradição.

Os gráficos também não são nenhuma pérola, realizando a proposta com competência, mas sem se esforçar muito. Por exemplo, a taxa de quadros é estável, algo crucial para um jogo de ação sobre carros, mas é patente a simplicidade dos modelos ??? sejam pessoas ou veículos ??? e até da própria cidade. Uma pena. Dublagem e música seguem caminho parecido: não comprometem nem são memoráveis.

Pelo menos a variedade de missões é grande, ainda que não tenham qualquer tipo de vínculo com o enredo. Vão de corridas até missões simples de entrega e outras em que deve-se roubar um número determinado de carros em um certo período.

Enfim, Wheelman é um jogo de ação automobilística dos mais divertidos para PC, PlayStation 3 e Xbox 360 . Não há o esmero de Burnout Paradise tampouco de GTA IV, mas consegue reunir com um mínimo de competência elementos divertidos de ambos os universos. Passe por cima da repetição patente e as falhas de acabamento que a diversão vem fácil.


Nenhum comentário

||
Top Games
7.5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Rodrigo Petraca
©2016 GameVicio