GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Dungeons & Dragons: Tactics para PSP de Outer Space

por Guimephiles, fonte Outer Space, data  editar remover


Apesar de contar com várias versões e adaptações para videogames, sempre existe um novo jeito de transportar o universo de Dungeons & Dragons para esta midia. No novo Dungeons & Dragons Tactics, da Kuju Entertainment, o foco são os combates estratégicos e a fidelidade ao conjunto de regras do D&D tradicional.

Dungeons & Dragons Tactics é baseado na edição 3.5 do RPG de papel e caneta de Dungeons & Dragons, que é o conjunto de regras mais recente do jogo. Mas é importante ressaltar que em maio de 2008 a Wizards of The Coast lançará a aguardada quarta edição, que deve trazer mudanças drásticas à mecânica de jogo, e conseqüentemente, deixará as regras de D&D Tactics desatualizadas.

Quase 100% fiel


?? realmente digno de nota o esforço da Kuju Entertainment em adaptar as regras do RPG tradicional de Dungeons & Dragons para um videogame, alterando um mínimo do jogo original. Quem já conhece D&D não terá dificuldade nenhuma em compreender o funcionamento do jogo, afinal, todas as raças e classes de personagem estão lá, assim como a maior parte dos talentos, magias e perícias. As poucas mudanças realizadas no sistema envolvem a exclusão de algumas habilidades não relacionadas ao combate, e são bem compreensíveis, pois D&D Tactics aborda apenas a parte da porrada do RPG, sem quase nada relevante envolvendo interpretação de personagens.

Já aqueles que nunca jogaram D&D tradicional, e que desconhecem o sistema, terão um bocado de dificuldades em entender a versão PSP do jogo. Como a jogabilidade é inteiramente baseada nas regras, é simplesmente impossível tentar jogar sem saber um mínimo do funcionamento do jogo. Existem quatro tutorias que, teoricamente, deveriam cumprir o papel de ensinar a jogar, mas na prática, eles são bem superficiais em relação aos sistemas de combate, e abordam apenas alguns aspectos relacionados à interface. A verdade é que os tutorias parecem servir apenas para ensinar ao veterano de D&D como manusear o jogo pelo PSP.

E mais difícil que aprender a jogar D&D Tactics, é aprender a gostar: como se não bastasse o sistema um pouco complexo do RPG, a interface não ajuda em nada. O sistema de menus funciona bem apenas na criação dos personagens, onde o jogador conta com total controle sobre as habilidades e atributos de todos os integrantes de seu grupo. Mas para trocar e vender itens em lojas, navegar pelo mapa, e principalmente, participar dos combates, a interface de D&D Tactics é bem falha. A qualidade e espaço da tela do PSP, relativamente grande para um portátil, são bem mal-aproveitados, já que todas as decisões são todas tomadas por menus de texto no melhor estilo ???menu iniciar??? do Windows. Sem dúvidas que soluções mais ???visuais???, utilizando alguns botões como teclas de atalho para ações comuns, seriam melhores.

Outro problema grave que atrapalha a experiência em D&D Tactics é a câmera e a visualização da ação no jogo. ?? bem difícil conseguir um bom ângulo para enxergar os combates, mesmo com o fato de que a câmera pode ser livremente movimentada, devido a diversos fatores. O principal deles é que as opções de visualização são bem limitadas. O zoom existe em apenas três níveis, e nenhum deles é realmente bom. Outro problema é que os objetos do cenário sempre atrapalham a visão: não seria tão complicado deixar algumas paredes e árvores transparentes em alguns momentos. Com isso, controlar os personagens é algo ainda mais complicado em D&D Tactics, e exige bastante paciência e persistência por parte dos jogadores.

Esse esforço poderia ser compensado por uma boa história, e considerando que bons enredos é o que não falta em D&D, as chances para isso eram muito boas. Mas parece que os desenvolvedores da Kuju até conseguiram bolar um bom pano de fundo para o cenário, mas não souberam desenvolver essa história de forma interessante. Os poucos diálogos que acontecem no jogo são rasos e mal-elaborados, e não existe nenhum personagem que tenha uma história realmente interessante e envolvente.

Multiplayer interessante


Apesar de todas os problemas de D&D Tactics ofuscarem suas qualidades, é importante destacar que o jogo tem um multiplayer bem interessante, que possibilita partidas com até seis jogadores pela conexão sem fio do PSP, em um modo cooperativo e um modo deathmatch, em que os personagens criados pelos jogadores se enfrentam. O único contraponto é que ambos os modos consumem um bom tempo, e é difícil achar pessoas com tempo e disposição para passar horas jogando D&D Tactics.

Graficamente, o jogo também não decepciona. Apesar de contar muitas vezes com visuais bem simples, os cenários, monstros e magias que só aparecem mesmo no final do jogo são bem caprichados na questão gráfica. Alguns efeitos de luz e sombra complementam a composição visual do jogo, que está dentre o esperado para um título do gênero.



O Veredicto
: Apesar de transportar muito bem as mecânicas de Dungeons & Dragons para o PSP, Dungeon & Dragons Tactics falha miseravelmente na jogabilidade, enredo e sistema de visualização, o que faz do título algo bem difícil de digerir, principalmente para aqueles que não conhecem o clássico D&D de papel e caneta. Já quem gosta muito da versão tradicional, e tem paciência e compreensão com os defeitos do jogo, até vale a pena experimentar.


Prós:

- Recriação fiel do sistema de D&D 3.5;
- Criação de personagens divertida.


Contras:

- Interfaces péssimas;
- Sistema de visualização incomoda muito;
- Enredo superficial.


Nenhum comentário

||
Outer Space
5/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Guimephiles

Reviews da crítica

©2016 GameVicio