GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Beowulf: The Game para PC de Outer Space

por Guimephiles, fonte Outer Space, data  editar remover


Baseado no recém-lançado filme homônimo escrito por Neil Gaiman e Roger Avary, que por sua vez é inspirado em um antiqüíssimo poema anglo-saxão, escrito em algum momento entre os séculos 8 e 11, Beowulf tinha pelo menos uma boa história para aproveitar. Mas os bons antecedentes não foram o suficiente para que o título desmentisse a máxima de que jogos baseados em filmes costumam ser fracos.

Jogo do filme do poema antigo


Considerando que tanto o filme quanto o poema de Beowulf contam com um roteiro muito bom, teoricamente essa seria uma parte difícil de errar na adaptação para os games: bastava tentar fazer algo parecido com um dos dois que já seria o suficiente para se ter um bom enredo. Só que a adaptação mal-feita da história no jogo Beowulf é o primeiro de uma vasta lista de defeitos.

A história ficou, basicamente, mal-contada: a seqüência de fatos é confusa e com cortes bruscos, os diálogos são rasos e muitas vezes sem pé nem cabeça, e os personagens têm tanta personalidade e carisma quanto uma porta. Pode-se dizer que o enredo, que tinha potencial para ser o melhor do jogo, é o pior, e o que mais decepciona e desanima quem se arriscar a jogá-lo. Quem não sabe nada sobre o filme ou a lenda é melhor não chegar nem perto, porque além de não entender quase nada, ainda irá conhecer uns poucos spoilers de uma história que vale mais a pena no cinema ou em um livro.

Mas até aí o problema ainda não é tão grave, já que muitos jogos com história ruim conseguem compensar em outros aspectos seus enredos fracos. Só que no caso de Beowulf, não existem pontos positivos suficientes para salvar a história mal-desenvolvida. Na verdade, pontos positivos são difíceis de encontrar por aqui. O combate, por exemplo, é algo semelhante ao visto em God of War, com botões para aplicar golpes fortes, rápidos e agarramentos, mas, mesmo agradável, a pancadaria de Beowulf não chega aos pés da de Kratos.

E o porquê disso envolve uma série de fatores, sendo que o mais óbvio deles é o design de fases. Assim como a história, a construção das fases, a hierarquização dos desafios e mesmo os próprios mapas de Beowulf são confusos. ??s vezes é um pouco difícil avançar do jogo não pela dificuldade, mas sim porque o jogador não faz idéia do que tem que fazer, que pode ser desde um puzzle sem graça até apenas bater em algum objeto para abrir caminho. Outra falha na jogabilidade está na questão da ausência de variações de combos suaves e intuitivos, o que ajuda para deixar o combate um pouco chato e repetitivo no decorrer do jogo, e ainda que algumas das finalizações de inimigos em combates sejam bacanas de se ver, não é nada de mais para quem já viu Kratos depenando um grifo ou engasgando um minotauro.

Mas não é só de imitar God of War que vive a jogabilidade de Beowulf. Existem algumas mecânicas particulares que definitivamente chamam a atenção pela idéia criativa, e mais tarde, pela má execução. A mais notável é o sistema de controle dos aliados: com uns poucos comandos, Beowulf pode ordenar que os marinheiros-guerreiros que o acompanham realizem algumas ações, que vão desde lutar e andar até ajudar a resolver alguns quebra-cabeças menores. E se seus companheiros fazem algo em um momento que estiver desocupado, o herói nórdico pode incentivá-los com uma música: um mini-game ao estilo de Dance Dance Revolution, onde é preciso apertar botões no tempo certo.

São conceitos bem legais, mas infelizmente nenhum deles foi bem explorado. Os camaradas de Beowulf não são dotados de inteligência artificial alguma, ao ponto que enquanto alguns empurram uma pedra do caminho, outros ficam embaixo da mesma e acabam atingidos. E os momentos em que o herói está em combate, os aliados usualmente são mais coadjuvantes que ajuda real. O sistema musical para incentivá-los funciona ainda pior: só existem dois botões que o jogador deve pressionar, um para notas longas e outro para notas curtas, e as melodias não são muito elaboradas, de forma que tudo é bem menos atrativo do que poderia ser. Para piorar, o timing é um pouco atrasado em relação à interface gráfica, portanto até se acostumar com isso o jogador irá se atrapalhar com esse sistema.

Feito na correria


A pressa em concluir Beowulf a tempo para acompanhar a estréia do filme é algo que fica mais evidente ao analisar os gráficos do jogo. Enquanto alguns elementos como as texturas de alguns personagens e a água são bonitos muitas vezes, a maior parte do resto é bem feia, incluindo aí cenários, animações e modelagem de inimigos. Falhas como personagens que ao trombarem se ???atravessam??? são comuns, e a taxa de quadros por segundo é inconstante e ruim, independente do sistema e da configuração de jogo.

Parece que a equipe responsável começou o projeto de Beowulf com uma dedicação real em criar um bom jogo, mas ao perceber que não teria muito tempo, terminou o jogo do jeito que pôde. E como era de se esperar, o resultado não foi satisfatório. Na parte técnica, ele desagrada em quase tudo, a exceção das dublagens: essas são apenas medianas, e não péssimas como o resto.


O Veredicto
: Até para o típico jogo de filme, Beowulf consegue ser decepcionante. O sistema de combate é falho e repetitivo, basicamente um clone mal-feito de God of War. As outras mecânicas do jogo também não agradam, e não pelas idéias, que são até boas, mas sim pela execução, que é péssima. Graficamente, Beowulf às vezes até parece bonito, mas na maior parte do tempo se mostra feio, mal-acabado e com a impressão de ter sido feito às pressas para acompanhar a estréia do filme no cinema. Uma decepção.


Prós:

- Algumas finalizações de combate a La Kratos agradam;
- A mecânica de controle dos aliados é até interessante.


Contras:

- Jogo mal-acabado, com falhas técnicas em excesso;
- História mal-contada;
- Jogabilidade fraca;
- Péssimo design de fases.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
3/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Guimephiles
©2016 GameVicio