GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Super Smash Bros. Brawl para Wii de Outer Space

por Guimephiles, fonte Outer Space, data  editar remover


Depois de um ???gap??? de quase sete anos, Super Smash Bros Brawl chega ao Wii cheio de expectativas e novidades a mostrar. A série que começou despretensiosa, quase como uma auto-homenagem, ganhou força com a versão para GameCube e chega ao Wii como um dos títulos mais esperados da plataforma. Diante dessas expectativas, a Nintendo caprichou ao apresentar grandes melhorias gráficas, personagens símbolo dos videogames e modos de jogo novos, incluindo aí um modo online.

Let´s get ready to rumble!
Três anos depois do relativo sucesso do primeiro Super Smash Bros, a Nintendo resolveu editar a fórmula acrescentando a ela mais personalidade e elementos que fizessem o jogo ser visto como muito mais que uma mescla estranha entre um jogo de luta e um party-game. O resultado foi o aclamado SSB Melee, que é até hoje o título mais vendido do GameCube, e com folga. A idéia de SSB Brawl é a mesma: dar aos fãs algo novo e ao mesmo tempo nostálgico, e imputar-lhe elementos inovadores, mantendo a singularidade da série. Para isso foram necessárias algumas mudanças sutis que só acrescentaram à qualidade da série.

O modo adventure, desta vez denominado ???Subspace Emissary???, foi um dos que sofreu alterações. Nele o jogador vai mais uma vez seguir por várias fases melhor estilo ???side-scroll??? para vencer uma nova ameaça desconhecida que vem trazer a destruição para o inusitado mundo onde vivem Mario e seus companheiros de plataforma. A cada fase se utiliza personagens diferentes, dando ao jogador a oportunidade de conhecer a fundo as habilidades de cada um deles e também de destravá-los para o modo principal. E este modo de aventura agora apresenta, além de um enredo mais bem cuidado e que utiliza um pouco do que cada personagem tem a oferecer (e aproveitando para conectá-los de uma forma que faça pelo menos um pouco de sentido), a possibilidade de enfrentar os desafios com a ajuda de um amigo. Mas independente de ter ou não um companheiro, o novo adventure mode é bastante divertido e longo o suficiente para envolver o jogador. Vale cada minuto das 8 ou mais horas, nem que seja pelas belas cenas de corte.

Foram implementadas também algumas alterações nos modos multiplayer, mas a idéia básica continua a mesma: escolher um de vários personagens clássicos e com esse espancar os adversários para assim conseguir jogá-los para fora da área de combate. Se o jogador é um veterano, tudo bem. A mecânica continua praticamente a mesma vista em SSB Melee, com todo o caos e diversão que lhe são de direito. Caso contrário, não tem tanto problema, pois, apesar de ser bastante frenética, a jogabilidade é simples e acessível a todo tipo de jogador.

A principal diferença, na verdade, é que agora é possível escolher entre 35 personagens diferentes e mais de 40 estágios interativos, sem falar nos estágios personalizados que o jogo permite criar. Dentre os 35 personagens há muitos novatos, como Ike da série Fire Emblem, Wolf, de Star Fox, Diddy Kong e um treinador de Pokémons. Mas o mais interessante foi a iniciativa da Nintendo de incluir na peleja dois personagens ???estrangeiros???: Solid Snake, da série Metal Gear, e o porco-espinho Sonic -- cada um com seus trejeitos.

Além disso, o modo multiplayer apresenta diversas opções para diferenciar um pouco que seja a experiência passada ao jogador. ?? possível customizar as batalhas alterando os parâmetros de vitória, seja por ???vidas??? (estilo survival), por tempo, onde vence quem matar mais, ou ainda por número de moedas coletadas. E para quem tem uma turma grande de amigos há o modo Tournament, que permite a entrada de até 32 jogadores.

Para complementar ainda mais a jogabilidade, foram introduzidos os modos de batalha online, através da Nintendo WiFi Connection. Lá os jogadores têm uma série de opções, podendo lutar apenas com os amigos registrados através do Friend Code ou com qualquer pessoa que esteja disposta, permitindo a alteração de alguns dos parâmetros editáveis do modo multiplayer tradicional, mas sem tantas opções. Há também modos cooperativos rápidos, um mini-game onde o objetivo é arremessar longe um saco de pancadas e um outro modo, onde o jogador assiste a uma luta aleatória e aposta fichas em quem ele acha que irá vencer.

E se todos esses modos de jogo não forem o suficiente para entreter o jogador mais hardcore, ele ainda pode gastar horas e horas tentado juntar os milhares de colecionáveis do jogo, incluindo troféus, adesivos, músicas da trilha sonora e mais uma porção de tralhas. Destaque para as versões ???demo??? dos jogos antigos que são liberados, permitindo ao jogador saber de onde vieram os personagens mais obscuros.

Extreme makeover
Deixando a jogabilidade um pouco de lado, a alteração que mais chama a atenção em SSB Brawl está na parte visual. Comparado a seu antecessor, SSBB é melhor em tudo: os personagens passaram por melhoras, tanto nos modelos quanto nas texturas, os movimentos são mais suaves, os cenários possuem mais detalhes e os efeitos visuais, como o de luz, são mais bem trabalhados. Mesmo havendo jogos mais bonitos, é ainda um bom exemplo de como explorar a capacidade gráfica do Wii e separá-lo definitivamente do padrão gráfico do Gamecube. E para quem possui os equipamentos adequados, o jogo suporta o modo 480p, rodando a 60 quadros por segundo. Uma beleza.

Outra característica marcante do gameplay de SSB Brawl é a diversidade de modos de controle permitidos pelo jogo. O jogador pode optar por utilizar o combo Remote + Nunchuck, e inclusive usar a sensibilidade ao movimento para atacar (como em Mario Galaxy); pode utilizar somente o Remote, segurando horizontalmente; pode utilizar o Classic Controller; e além disso pode também escolher por usar o controle de GameCube, que para agradar os fãs de longa data manteve o mesmo mapeamento de botões da versão anterior.

Sonoramente, SSB Brawl é genial desde a trilha sonora que inclui clássicos, trilhas originais e remixes de clássicos aos efeitos sonoros são bem aquilo que se espera de um jogo de luta.

O Veredicto:
Super Smash Bros Brawl é um jogo de luta dinâmico e diferente, que consegue reunir todas as características positivas de seus antecessores e somar a elas uma jogabilidade ainda mais equilibrada e fluida, gráficos bastante melhorados, uma seleção ampliada de lutadores, incluindo personagens não-Nintendo, zilhões de coisas para destravar e um modo online para fechar o pacote. Definitivamente é o melhor jogo da série e uma das melhores opções multiplayer para o Wii.

Prós:
  1. Muitos personagens e cenários;
  2. Modo multiplayer extremamente divertido;
  3. Suporte a jogos online;
  4. Solid Snake e a caixa de papelão;
  5. Lutadores bem equilibrados.


Contras:
  1. Gráficos poderiam ser melhores;
  2. Pouca opção nos modos online;
  3. Kirby obliterador



Nenhum comentário

comments powered by Disqus
Outer Space
9/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Guimephiles

Reviews da crítica

4.5 / 5
Fliperama
©2016 GameVicio