GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de FIFA Soccer 09 para PC de Outer Space

por Guimephiles, fonte Outer Space, data  editar remover


Assim como os dias que se renovam, depois de um FIFA, sempre vem um outro FIFA. Tem sido dessa forma por anos, sendo que em às vezes somos surpreendidos com um ótimo jogo, outras vezes, com uma decepção. Assim como os dias, que às vezes são melhores e piores.

A grande diferença é que, quando se tem um FIFA ruim, pode-se simplesmente ir jogar Winning Eleven. Sabendo que o concorrente não anda em boa fase, a EA neste ano se preocupou bastante com o jogo do esporte mais popular do mundo ??? e parece que dessa vez eles conseguiram.

Virando o jogo

O FIFA é como aquele time de futebol tradicional, que brilhou em anos distantes, mas acabou perdendo sua força com uma série de temporadas fracassadas. Então a diretoria do clube muda e entra uma nova equipe técnica, disposta a levar o time de volta aos dias gloriosos do passado. E depois um trabalho longo, desde a edição 06, finalmente o FIFA voltou a ser competitivo.

Afinal, como qualquer clube tradicional decadente, o FIFA também tem seu arqui-rival, o Winning Eleven (PES), que é como aquele time mais recente que passou a abocanhar todos os títulos e arrebanhar os torcedores do velho time. E hoje é praticamente impossível falar de FIFA sem falar de WE. Mas ao contrário dos anos anteriores, agora a comparação entre os dois é bem mais disputada. Parece que o velho clube recuperou o fôlego e ,com isso, os torcedores só tem a ganhar ??? é a volta do futebol virtual de qualidade.

A primeira coisa que chama a atenção no FIFA 09 é que o jogo está bem polido. Diferente das edições anteriores, que tinham bugs e erros que apareciam bastante, a edição 09 está caprichada, o que sem dúvidas é algo melhor que coisas como modos de jogo mirabolantes e um trilhão de licenças oficiais.

E não que as licenças oficias sejam algo pouco relevante. Muito pelo contrário, a maior parte do charme de FIFA é que ele é o único jogo em que é possível colocar o Ipatinga enfrentando o Milan, ou o São Paulo contra a seleção de um país desconhecido. Uniformes detalhados, escalações completas e quase atualizadas, esquemas táticos condizentes com a realidade, ou seja, o FIFA é craque em seduzir qualquer entusiasta de futebol. Sempre foi.

Mas com tanta coisa bacana, como o FIFA levou um verdadeiro chocolate do WE nos últimos oito anos, praticamente? Pelo simples fato de que a EA pisou na bola com o que é mais importante em um jogo qualquer: jogabilidade. E é justamente aí que a edição 2009 mostra mais avanço. Depois de imitar um pouco estilo de jogo do WE nas edições anteriores, o novo FIFA conseguiu se firmar bem com uma jogabilidade que ainda lembra o WE, mas definitivamente é diferente do arqui-rival. E dessa vez, o diferente é muito bom.

Os destaques aqui vão para a física da bola, que se move de uma forma mais independente no campo, os movimentos dos jogadores, que estão um tanto quando mais realistas e interessantes e, claro, o ritmo de jogo, que é mais lento que o WE e os últimos FIFAs, mas ao mesmo tempo, proporciona uma jogabilidade mais tática, facilitando o controle da equipe como um todo.

O controle da bola também está mais interessante. Passes de bola são um pouco menos precisos que o usual, exigindo mais atenção do jogador, mas não chega ser algo que incomoda. Pelo contrário, é até positivo. A disputa de bola entre os jogadores também mudou um pouco e agora é um pouco mais difícil driblar a marcação, mesmo com truques e dribles especiais (esses últimos, pouco úteis).

Mas se para chegar ao gol é preciso mais pensamento tático e mais estratégia para passar pela defesa, o mesmo não pode ser dito da questão dos chutes ao gol. Talvez a única grande falha desse novo FIFA é que é bem fácil marcar gols, o que possibilita placares elásticos, dignos de Polo Aquático, em qualquer partida.

Jogada Individual

E como já era esperado, o novo FIFA vem cheio de firulas. Trilha sonora caprichada da EA, modos diversos de jogo e ligas online. Disso tudo, o que mais chama a atenção é o modo Be a Pro, que agora permite partidas de 10 x 10 jogadores online. Na maior parte das vezes, os jogos assim terminam e desastre e/ou bagunça, mas quando funciona, é uma forma bem divertida de se jogar, mesmo com toda a indisciplina tática.

Já na questão gráfica, o FIFA está melhor, mas não tão bom quanto poderia ser. Alguns modelos de jogadores ??? principalmente os de times brasileiros --, são bem fracos. Claro, talvez seja pedir de mais detalhamento com os reservas do Botafogo, mas já que eles se propuseram a completar tudo, um pouco mais de capricho aí seria o suficiente para deixar melhor impressão. Os visuais em si não estão muito melhores que os do ano anterior e, definitivamente piores do que poderiam ser, mas nada que incomode muito. São visuais que estão na média, sem impressionar nem espantar ninguém.



O Veredicto: O novo FIFA é o mais consistente da série nos últimos anos. Sem grandes falhas ou invenções de moda, o novo jogo está mais tático, com uma jogabilidade e estilo diferenciados e tudo isso com o suporte de licenças de clubes que vão do Newcastle até o Cortiba. Agora, definitivamente, a EA Sports tem um jogo de peso capaz de competir de igual para igual com o Winning Eleven da Konami. Um bom ano para o futebol virtual.

Prós:

- Futebol mais tático;
- Licenças de muitos, muitos clubes, incluindo brasileiros;
- Modos online pode ser divertidos.


Contras:

- ?? fácil marcar gols uma vez que se pega o jeito;
- Gráficos medíocres na versão PC.


Nenhum comentário

||
Outer Space
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Guimephiles

Reviews da crítica

©2016 GameVicio