GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de The Chosen para PC de GameVicio

por Tiago Zunino, data  editar remover


Introdução


Um poderoso feiticeiro chamado Marcus Domingus Ingens, se torna imortal logo após decifrar um grande segredo de seus antepassados, no qual era escondido hà séculos. Com tanto poder em mãos, e com uma ambição e crueldade maior que seu caráter, ele matou todos os alquimistas que tinham um grande conhecimento e um grande poder assim como ele.

Não tendo em mãos a imortalidade, os demais alquimistas vinham anos e anos de batalha contra o mal que Marcus fizera.

Depois de assassinar todos os alquimistas, Marcus trancafiou suas almas em chamados "tanques dourados", e as tem usado para seus desejos e propósitos de maldade e infamidade.

Seu objetivo final, é aquele de quase todo vilão: Conquistar o mundo! Sendo assim, ele usará legiões inteiras de monstros e demônios, para destruir o guerreiro enviado por um grande Deus. Enquanto ainda não tem poder suficiente para isso, ele continua com toda a sua gangue de demõnios, recolhendo seres humanos. Cada alma colhida, enfraquece o poder de Deus, e engrandece ainda mais seu poder e sua fome de destruição.

Guerreiros, treinados em alquimia, magia e artes marciais, usarão de toda sua força e esperança para combater as forças do mal, e fazer com que a paz reine no planeta. Seremos um deles nesta aventura mágica, cheia de ação, com um enredo intrigante capaz de deixar qualquer jogador aflito.


Jogabilidade


Seguindo a mesma linha de Dungeon Siege, o jogo é bem interessante por conter itens pouco explorados nesse tipo de jogo, como o uso de armas de fogo, e o cenário, se passando entre as épocas "iluministas" (meados de XIX).

Com a jogabilidade bem simples no estilo "Mouse Click", os controles DEFAULT sofreram algumas alterações como os de praxe, sendo: O Scroll Lock é usado para manusear a rotatividade da câmera, e as letras "Q" e "E" usadas para controle do Zoom.

O jogo contém muitas teclas de atalho, como também visto em outros games, como "C" para status do personagem, "H" para saúde e "M" para mana.

O enredo é intrigante, obscuro, tornando o jogo muito difícil até mesmo na dificuldade "Very High" (Muito Fácil). Diferente de jogos do gênero, em The Chosen: Well of Souls, no caso de morte, você terá que retornar do último "Save Point", e não do centro da cidade como ja é de praxe nesse tipo de game.

Horas de jogo são necessárias para que se possa entender e desvendar toda a história, no qual cada personagem vive uma história diferente.


IA


Os NPC´s bem programados, reagem corretamente ao rendimento do jogo, nada de Bug´s de monstros que não atacam ou travados em "cantos fantasmas". Basta passar perto de um deles para que seja atacado, basta efetuar um ataque mais forte, que alguns monstros fugirão e outros mais fortes, atacarão com mais força.

Seus amigos de Party são espertos, sendo que os membros que usam armas de fogo, atacam primeiramente os monstros voadores que são praticamente impossíveis de matar com um personagem lutador (Knight => Cavaleiro).

A interação é grande por parte dos NPC´s, possibilitando até mesmo criar ações pré-configuradas para cada um deles. Nada de membros de party deixados para trás!

O mapeamento do jogo permite que os NPC´s sigam o seu personagem pelo mapa, indiferente da velocidade e do local em que se locomove, tornando assim a jogabilidade mais fácil, sem que tenha que se preocupar em voltar para buscar um membro de party.


Gráficos


A parte gráfica é bem leve e agradável, não necessitando de uma máquina super potente para ter seu melhor desempenho, mesmo assim temos itens como explosões e a água dos rios, com perfeição inegável.

A variedade de objetos e set´s, torna o jogo empolgante e não o pesa, podendo assim estar a tela cheia de monstros, NPC´s, items, que irá manter o mesmo rendimento.

As "loading screens" não são demoradas, tornando o carregamento do jogo mais leve, e praticamente sem travamento.


Áudio


A trilha sonora foi bem trabalhada, mantendo músicas calmas conforme vai ultrapassando cenários, e colocando sons arrepiantes e de orquestras quando chega em alguma área mais importante do game.

?? só prestar atenção no som para saber se está ou não em algum lugar primordial. Sons ambientais bem feitos também, perdendo apenas para a parte em que não se houve o som da fauna na mata, e os sons dos NPC´s, como os que atiram com arma de fogo, também não tem boa qualidade.



Características Principais



- Enredo se passa no século XIX, com direito ao uso de armas e espingardas.

- 3 personagens já prontos, cada um com sua devida habilidade.

- Uma grande variedade de cenários, com bastante detalhes e lugares secretos.

- Mais de 180 armaduras, objetos, espadas, armas e rings.

- 12 missões bem elaboradas e bem difíceis de se cumprir.

- Uma grande liberdade para evoluir seu personagem da forma que achar mais conveniente.

- Interação com NPC´s, podendo reuní-los em um pequeno exército, como uma espécie de party.

- Uso de feitiçaria para que suba o nível de suas armas.

- Realismo impressionante nas mudanças de tempo e clima do jogo, efeitos 3D de explosões bem realistas.

- Possibilidade de summonar monstros para lhe ajudar, independente da raça de seu personagem.


Resoluções Finais


O jogo lembra muito Diablo II, Dungeon Siege e Neverwinter Nights. Seu diferencial, é o enredo, a época em que se passa o jogo e a "party mode", em que joga juntamente com um pequeno exército. A possibilidade de upar seu personagem como achar melhor também deixa o jogo bem flexível, não se tornando repetitivo, muito menos tediante.

O jogo perde um pouco de popularidade por não haver um modo Multiplayer ou Online, sendo muitas vezes deixado de lado por users mais exigentes.

O jogo é digno de uma boa tradução, é bem leve, tem bons gráficos, uma ótima opção para quem deseja um bom RPG em tempo real.


Notas


Gráficos: 8,0
Jogabilidade: 8,5
Áudio: 8,0
Enredo: 9,0


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GameVicio
8/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Tiago Zunino

Tópicos relacionados

©2016 GameVicio