GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Driver: Parallel Lines para PS2 de GameVicio

por P.Raphael, data  editar remover


???Um jogo com uma história de cinema???


História


Nosso protagonista não tem nome é conhecido apenas como ???Kid??? (criança, garoto) o que gera seu apelido ???TK??? (The Kid).
TK chega a Nova York nos meados dos anos 70 para viver com seu amigo Ray e precisa de um emprego, para isso ajuda um ladrãozinho a fugir do local do crime o que chama a atenção dos maiores bandidões de NY(isso ocupa a primeira parte do jogo).
Logo, a equipe de TK recebe um grande trabalho de um homem conhecido como ???Coringuer??? que consiste em desmantelar um esquema de um traficante de drogas colombiano. Só que isso não termina aí, Agora 2006 TK quer vingança e para isso vai ter a ajuda da agente do FBI Maria Lopes para prender o atual chefe de polícia Coringuer.

Gráficos


O nome do jogo é Driver, ou seja, motorista. Então o foco do jogo está nos motoristas e carros.
Os gráficos dos mesmos são super caprichados, o sistema de danos nos carros é incrível, deixando marca de balas visíveis e vários tipos de danos o que o deixa Driver: Parallel Lines com ???O melhor sistema de danos em carros dos jogos de mundo aberto do PS2.???, só que nem tudo são rosas...
Fora isso a cidade de Nova York ficou enorme, (não rua por rua mais bem grande, maior que a Liberty City da Rockstar) só que não passa de quilômetros e quilômetros de concreto com portas e janelas pintadas nos prédios e ruas congestionadas, além de que só existe dia e noite nada de chuva ou outros fenômenos.
Os motoristas dentro do carro têm todas as atitudes de um motorista normal, batem a cabeça em uma batida, olha para traz na marcha ré e ainda é possível vê-los mudando de marcha ou freando, ponto positivo (+).
As colisões também são realistas, diversas peças do carro vão pelos "ares" como rodas, capôs, portas e o que o seu coração mandar...
Todas as ilhas de NY foram retratadas com os bairros de New Jersey, Queens, Bronx, Manhattan, e Brooklyn cada um com sua particularidade, você tem uma safe house em cada ilha e 3 garagens pela cidade com espaço infinito (que mudam, totalmente entre os anos 70 e 2006), mas como assim infinito?
Para ter seu amado carrinho nela basta você pegá-lo ???emprestado??? por aí, entrar na garagem e pronto, ele vai ficar lá eternamente e poderá torná-lo com direito à pinturas comuns e especiais, nitro, vidro fumê e rodas cromadas.
As roupas dos personagens possuem camadas visíveis fazendo com que você não tenha a impressão de que eles estão usando uma roupa só pintada com se fossem duas.

Os Carros


Os carros são divididos em categorias:
* Sedan de duas portas;
* Sedan de quatro portas;
* Esportivos;
* Utilitários;
* Utilitários de porte grande;
* Motos;
* Carros de corrida;

Eles são tanto dos anos 70 quanto de 2006, a frota não é muito extensa dos carros atuais mas podemos destacar SUVs da GM e da Suzuki o Crysler 300, o A180 e o pagani Zonda que tem o nome de Zenda... Da década de 70 temos os já clássicos Corvettes e Camaros, Lincons além de muitos outros...

A Cidade


Como você já deve saber não passa de quilômetros de concreto com ruas congestionadas, damos destaque ao trânsito caótico. O jogo consegue aumentar e diminuir o fluxo de carros dependendo do local e do horário, como por exemplo, é praticamente impossível sair dos 20mph na ponte do Brooklyn no começo da noite, já no meio do dia pode-se chegar aos 50mph. Uma coisa inexistente em outros jogos do mesmo estilo no PS2.
Fora isso a cidade retratou o sistema de metrô Nova-iorquino, o Emperie State, a Estátua da Liberdade e Wall Street, só que não existe nenhuma referência ao marco zero do World Trade Center.

Som


O som do motor dos carros pecou muito... sabe como? Todos os carros da mesma categoria têm o mesmo som de motor, se não o mesmo é muito parecido com o que ocorre também com as buzinas.
A trilha sonora varia bastante, Rock, Hip-Hop, Tecno e Pop americano da atualidade e dos anos 70. A trilha não é muito grande mais foi bem escolhida.
Os pedestres são bem silenciosos e não fazem nada além de andar e te xingar quando entra na frente de suas ferraris ou lexus e se cumprimentarem, típico de uma cidade grande.

Gameplay


Imagine-se em Nova York podendo causar uma confusão descomunal sem limites, imaginou? Então procure outro jogo por que Driver: Parallel Lines não é assim...
O sistema de combate é não é eficaz, nosso protagonista, não corre muito, não pula e não luta karatê, apenas agacha e atira em um péssimo sistema de tiroteio onde todo mundo fica parado atirando, um esperando alguém cair, a mira é horrível, é manual, onde para acabar com seu adversário você vai acabar por apagar todos os inocentes próximos antes de ferí-lo. Além de que ele só dirige, não nada, não voa e nem anda de trem. A polícia até que não é tão ruim: primeiro virão dois tiras, logo chegarão mais dois e depois a Swat e um helicóptero, nada de exército, a liga da justiça ou os vingadores.
Pra ser perseguido pela polícia, basta passar em um farol vermelho ultrapassando o limite de velocidade ou atropelar alguém, além de matar, explodir ou atentar a vida de alguém. Primeiro virá à seqüência amarela onde a policia irá te seguir discretamente, quando chegar à vermelha corra que a policia vem aí. Uma coisa interessante é que caso você cometa um crime, e a polícia veja e você a despiste ao entrar em um carro com vidros escuros, ela jamais irá te encontrar de novo, o mesmo acontece quando você é pego de carro, apenas saia do radar e desça de sua caranga.
O sistema de perseguição funciona pelo radar dos carros de polícia, que quanto maior é o nível de criminalidade maior é.

Dos Anos 70 a 2006 as Coisas Mudam Bastante ou Não?


Irá perceber que desde os pedestres o velocímetro do seu carro aos menus e até a cor do asfalto muda dos anos 70 até 2006 e, acredite, marcas de derrapagem que fizer nos anos 70 ainda estão lá em 2006.
Mas apesar de que não vai ver nenhuma construção nova ou melhorada apenas com uma pintura diferente.

Minigames


Uma coisa que diverte bastante em Driver são os minigames, são 4:
* Corridas em circuito: Corra em 3 circuitos Nova-iorquinos valendo grana.
* Corridas de rua: No melhor estilo Need for Speed, você pode até explodir seus concorrentes para vencer.
* Guincheiro: Maus pagadores merecem guincho, não pagaram o aluguel do carro, vá lá e o guinche de volta a locadora.
* Hitman: Não, você não será o agente 47, mas agirá como tal.

IA (Inteligência Artificial)


?? fraca. Nos tiroteios apenas ficam parados atirando, dirigem sem nenhuma manobra arriscada, não tentam disviar de atropelamentos e correm quando te vêem armado.

Arsenal


O arsenal é pequeno mais com armas de calibre pesado, como fuzis, metralhadoras e um Lançador de granadas, todas podem ser utilizadas dentro do carro.

Missões


As missões mais inteligentes, divertidas e emocionantes do PS2, que tal, destruir todo o sistema de metrô de Nova York? Ou fugir de um túnel desmoronando ou ainda eliminar todos os concorrentes de uma corrida discretamente, usando três covers automotivos, além de ter que destruir três lojas com um carro blindado tendo apenas 05h00min para fazer isso. Essa será sua rotina de missões.

Cheats


Os chetas são ativados conforme seu tempo no volante e variam desde munição e arsenal infinito à troca de corpos... isso mesmo troque de corpo com qualquer outro personagem.

Durabilidade


O jogo é extremamente pequeno. Termina ele em 2 dias, e quando terminar as missões, poderá cambiar 2006 com os anos 70 a qualquer momento.

Conclusão


Driver: Parallel Lines é um jogo que beira o fracasso com um gameplay que parece mais um jogo de uns 32bits, do que de um PS2 ou PC, porém com gráficos interessantes, missões emocionantes e uma história de 1º nível. Não posso dizer que deva comprá-lo. ?? um jogo que vai passar em branco, se comprar, legal se não, não vai perder nada de mais.

-------

Prós:
+ Uma história interessante;
+ Missões emocionantes;
+ Uma mapa enorme;
+ Um trânsito inteligente;

Contras:
- Duas eras com nenhuma mudança;
- Quilômetros de concreto e prédios e só pode dirigir;
- Um arsenal pequeno;
- Pouca durabilidade;
- Uma IA fraca;


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GameVicio
7.3/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de P.Raphael

Reviews da crítica

7.3 / 10
GameVicio
©2016 GameVicio