GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Age of Mythology para PC de GameVicio

por Umdoiscinco, data  editar remover


"Age of Mythology é um jogo de heróis e monstros, exércitos poderosos e façanhas épicas"

Jogabilidade

?? muito simples. Você seleciona o personagem e clica com o botão direito para onde você quer que ele se mova. Se você arrastar uma "caixa" em torno dos personagens, ela vai selecionar todos que estão dentro da sua seleção, sendo no máximo até 30 unidades. Caso clique duas vezes numa unidade, irá selecionar todos da mesma unidade (ex: se clicar em "Toxotes", os arqueiros gregos, irá selecionar no máximo trinta Toxotes se eles estiverem próximos uns aos outros). Você pode fazer exércitos de arqueiros, infantaria, cavalaria, unidades míticas (seres mitológicos, que custam bastantes recursos e são muito fortes) e heróis (guerreiros com vantagem sobre os outros e sobre unidades míticas). Além disso, escolha três civilizações: Grega, Egípcia ou Nórdica, cada uma com suas funções e peculiaridades. Você precisa de "Aldeões", que (nos casos Greco-Egípcios) constroem edificações, coletam recursos e formam a base da economia. No caso dos Nórdicos, coletores apenas coletam recursos, sendo a infantaria a responsável para construir edificações. Existem quatro moedas básicas: Alimento, Madeira, Ouro e Proteção. A Proteção geralmente só é usada em unidades míticas e em heróis gregos. Já os outros, são importantes em edificações e exércitos. Também à o fator "população", quando você constroe centros da cidade e casas. No mais, a jogabilidade do jogo se aprende jogando, como os poderes divinos, habilidades especiais de cada deus, idades a avançar, etc.

Gráficos

Os gráficos são incríveis para a época, mas você necessita jogar no máximo. As casas são bem desenhadas, como a maioria das edificações. Um detalhe interessante é que conforme você vai avançando de idade, suas edificações mudam o formato, e a qualidade também. Por isso, uma cidade na idade "Arcaica" (a primeira) tende a perder para uma na idade "Clássica" (a segunda), e assim por diante. Em determinadas construções, você vê até fumaça saindo (cais, arsenal, etc.), e o Farol Egípcio possui um brilho muito interessante. O gráfico dos guerreiros chega a ser espantoso, tal é a perfeição (nota-se que o jogo possui visão aérea, então não dá pra ver os rostos definidos, mas até armaduras são bem representadas). As unidades míticas são super bem desenhadas, e as flechinhas dos seus arqueiros saem até com fogo na ponta se você pedir por essa melhoria! Entretanto, há um problema sério nas "fazendas", que aparecem apenas os aldeões trabalhando, e não colhendo nem nada (e os espaços de terra são pequenininhos...). E, se algum exército te atacar ou você matar qualquer unidade no jogo, sai até sangue no chão e fica a estrutura óssea! Realmente, são gráficos estarrecedores. O jogo não necessita de uma máquina potente (aliás, não precisa ser nem um pouco potente) para rodar no máximo de seus gráficos.

Sons

Selecionando uma unidade, ela vai responder a seu comando (com uma palavra ininteligível, mas que varia de unidade, até mesmo a altura da voz). Unidades míticas respondem com uma espécie de sibilo ou uma voz toda estilosa (isso chega a ser engraçado). Caso você mande um soldado atacar alguma coisa, ele vai gritar, entusiasmado. Quando você ataca um povoado com um exército humano muito grande, dá até pra ouvir os gritos de empolgação dos soldados! O mesmo vale para uma unidade morta. O som desse jogo faz você sentir a emoção da batalha, de verdade. E a campanha, que são os personagens falando de verdade, é incrível! Cada edificação também faz um barulhinho próprio. Esse jogo tem uma qualidade sonora especial, que foi a pioneira em muitos jogos desse tipo e que veio para ficar, com certeza.

Ação!

A campanha do AOM é grande, com 32 fases, e passa por todos os povoados. A qualidade das missões também é bem interessante. O nível fácil é realmente fácil, mas o moderado já é bem difícil. Em jogos de "mapa-aleatório", o nível fácil sequer te ataca, mas o nível moderado já vem pra cima, o nível difícil faz isso mais freqüentemente e o nível titã ataca mais rapidamente. Aliás, eles mandam mensagens de guerra quando a fase começa (no caso do moderado, difícil e titã). Se estiver acabando um determinado recurso, com exceção de proteção, e você estiver jogando com outro jogador, você pode pedir um "tributo" para ele. Portanto, jogos 2x2 ou mais tendem a ser bem demorados. Você pode fazer um exército do tamanho que a sua capacidade populacional permitir, sendo que o máximo é 300 (guerreiros humanos usam geralmente 2, heróis 3 e unidades míticas 4 ou 5, e você precisa considerar que aldeões usam 1 e eles são muito importantes). Toda melhoria influencia no seu exército ou na sua economia, portanto, é necessário fazê-las com cuidado. No meio da batalha, existem certos poderes que podem ser utilizados (não é preciso estar em guerra), que poderão lhe dar muita vantagem. ?? emoção sem igual!

Outros

O mais legal do Age of Mythology é que ele possui uma explicação sobre cada unidade, deus e objeto do jogo. Assim, você aprende muito, desde nomes científicos e hábitos de animais até a mitologia detalhada do seu povoado preferido. Ele possui um bando de dados enorme, e dá uma explicação excelente, às vezes citando poesias/contos, às vezes falando sobre fatos reais. ?? mais útil que filosofia xD~. Você entende a origem do nome, como era usado, etc. O jogo é "for windows", desenvolvido pela Microsoft. Existe uma expansão do jogo, o "The Titans Expansion" (quem não conhece, né?) mas, pessoalmente, eu prefiro o original, o primeiro.

Comentário final:

Um jogo conhecidíssimo, muito jogado já e que ainda continua excelente, propondo sempre novos desafios a nível de xadrez para nós. Sempre inovando por si só, é um jogo educativo e sangrento ao mesmo tempo, que deixa mesmo os mais céticos babando por história...


Nenhum comentário

||
GameVicio
9/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Umdoiscinco

Reviews da crítica

©2016 GameVicio