GameVicio Entretenimento: GameVicio | FlashVicio | Hhide.ME | ClubVicio | Fórum | Flow | MovieVicio

Review de Max Payne para PC de GameVicio

por Junior Xtreme, data  editar remover


Não é de estranhar-se que esse game ainda seja jogado atualmente, após cinco anos de seu lançamento, tendo em vista que ultimamente as desenvolvedoras priorizam mais os gráficos e se esquecem de criar algo que prenda o jogador, salvo algumas exceções.

Início: Intrigante e instigante

Logo nas primeiras cenas do jogo, a frase que vem a cabeça do jogador é ???O que está acontecendo????. Sirenes e comunicações policiais são o prenúncio de que muita ação está por vir. Payne regozija-se de modo frio e até macabro no alto de um prédio, dizendo que seria necessário retornar a três anos atrás para que tudo aquilo fizesse algum sentido, com isso o controle passa a ser do jogador.

O enredo

Se a Remedy queria que os jogadores se enraivecessem com os vilões do jogo, o objetivo foi alcançado com êxito! Tudo é muito cruel, Max é da polícia de Nova Iorque, vive feliz com sua esposa e filhinha de berço. Um ???Sonho Americano???, como o próprio game ressalva. Numa bela tarde, ao chegar do trabalho, o protagonista percebe que algo está errado; Móveis quebrados e toda casa revirada. Payne saca um revólver, nota uma pichação diferente na parede e atende a um telefonema, que sem sombra de duvidas não era direcionado a ele. Ao ouvir os gritos de sua esposa, Payne vai até o quarto de sua filha, e então, acontece o maior choque do jogo. Os bandidos não tiveram piedade e a mataram. Já em prantos, ele continua avançando e matando os ladrões, por fim depara-se com a esposa, já sem vida estirada na cama.
Após o velório, Max pede transferência para o Departamento de Narcóticos, disposto a descobrir quem encomendou a morte de sua família. Um encontro com seu parceiro numa estação de trem, e a verdadeira ação se inicia.

Dificuldade

Não podemos dizer que os inimigos são burros, no entanto, chamá-los de inteligentes seria exagero. Eles te perseguem tendo plena consciência de sua localização, porém, não se preocupam em esquivar-se das balas, como se nada importasse, e suas vidas não corressem perigo. No caso de drogados isso é até compreensível, mas quando se trata de pessoas lúcidas, é inaceitável.

A ausência de dificuldade fez com que os criadores colocassem verdadeiras gangues na rota do jogador, a impressão que se tem é que o mundo está contra você. Após finalizar o jogo, fizemos um teste, inserimos o código de imortalidade, e jogamos, não matamos inimigo algum e continuamos prosseguindo, após breves minutos, um verdadeiro formigueiro formou-se atrás do personagem, chegando a deixar o jogo lento. Isso, realmente equilibra as coisas, mas, sem dúvida não foi a maneira mais inteligente.

Os chefes das fases complicam, não por méritos próprios, mas por uma armadilha criada pelo próprio jogo. ?? evidente que após superar uma legião de inimigos sua condição não é das melhores, principalmente quando o jogador não tem paciência alguma de explorar o cenário atrás dos analgésicos.

As fases foram bem desenvolvidas, apesar de terem uma trajetória linear, exigem do jogador raciocínio rápido e agilidade. Nada que requeira inteligência, o jogo é completamente voltado para a ação, a ponto de levá-lo ao cansaço físico realmente. Perseguições, emboscadas, risco de vida, adrenalina pura!

Jogabilidade

A jogabilidade é boa, o único problema é a câmera mover-se muito rapidamente, a impressão que se tem quando está jogando é que a sensibilidade do mouse é duas vezes maior, principalmente quando se joga muitos jogos ao mesmo tempo, se você for pro jogo antes de passar pelo tutorial, passará por alguns problemas até se adaptar ao ritmo do jogo.

Armas podem ser facilmente selecionadas, o uso do famigerado ???E??? é constante, como o jogo é antigo nada mais é novidade.


Tecnicamente...

Não é nenhum pecado a engine desse jogo conter bugs, convenhamos. Mas o que mais chama a atenção é o fato deles serem poucos sendo comparado a games de tecnologia mais avançada, como por exemplo, Call of Duty.

Podemos ver que o game é bem ???arrumado???, não contém nenhuma falha grave, como personagens flutuantes ou sons atrasados, o Bullet Time, lançado junto com o jogo, é a prova que o jogo é bom em conceitos técnicos, perfeitamente jogável, e útil ao player.

Algumas pessoas se queixam de que o jogo apresenta incompatibilidade com o Windows XP. O game não apresentou nenhum problema nesse quesito

Linguajar pesado

"Max Payne não é coisa para crianças"

Essa frase daria um bom e verdadeiro ditado.

Durante o game inteiro ouve-se falar de drogas e sexo, nas horas vagas, jogo ilegalizado. Ainda de quebra, Max sempre arranja alguma maneira de fazer referência ao andar de baixo. Não é a toa que o jogo tem um sistema para ativar a censura, cortando assim, as partes impróprias para menores durante o jogo.

O sistema de censura tinha tudo para dar certo, a não ser pelo fato de simplesmente acabar com a graça e o sentido do jogo. Com a censura ativada, as histórias em quadrinhos que precedem o início das fases não aparecem, tornando o jogo apenas uma carnificina sem fundamento. Tudo bem, adaptar o game para a censura após tudo estar concluído não é fácil, além do mais se tratando de uma história policial, mas, definitivamente os produtores acabaram com a alma do jogo no modo censurado. Devem ter passado por um dilema, optar por um formato de história mais abrangente e falso, ou um mais realista, apesar das restrições. Podemos perceber pelo que optaram.

Gráficos

Os gráficos do jogo são bons pra época de lançamento. Os criadores pareciam projetar os gráficos para uma atualização constante, que pode ser comprovada nos anos subseqüentes ao lançamento do game.

Portanto, podemos dizer que a qualidade gráfica de Max Payne ainda é suportável.

Áudio

Max Payne é um dos poucos jogos em que não precisamos recorrer à GameVicio para entender o que se passa no game. O jogo pode ser encontrado totalmente em português, é gratificante jogar um jogo desde o início entendendo tudo que se passa durante a trama. Realmente é lamentável a forma que as desenvolvedoras de jogos esqueceram-se do Brasil, esperamos que algum dia isso possa mudar.
No mais, as vozes, efeitos, e trilha sonora, cumprem seus papéis, sem decepcionar.

Conclusão

Max Payne apesar de antigo torna-se ainda uma boa opção para o gamer que deseja se divertir, e não dá tanta importância assim para os gráficos. Claro que apreciar uma boa paisagem, personagens bem modelados agrada a qualquer um, porém, nem todos têm meios para realizar tal feito... é nessa hora que agradecemos por existir um game como esse.

Se você é alguém que prioriza desafios e não está nem aí com enredo, é bom procurar outro título. Digamos que metade da consistência de Max Payne encontra-se no enredo.

Por fim, Max Payne apresneta uma boa trama, jogabilidade quase perfeita, áudio excelente e gráficos aceitáveis... um ótimo saldo no final.


Nenhum comentário

comments powered by Disqus
GameVicio
8.7/ 10
Média da crítica
Média dos usuários
Sua nota

Sobre o colaborador

avatar de Junior Xtreme

Reviews da crítica

9 / 10
Outer Space
8.7 / 10
GameVicio
©2016 GameVicio